Política

Roberto Costa pede que Banco da Amazônia não feche agência de Bacabal

522dab29c55b35491a9319758f5f7da8

O deputado Roberto Costa (PMDB) ocupou a tribuna, na manhã desta quinta-feira (16), para fazer um apelo: que o Banco da Amazônia não feche a agência localizada no município de Bacabal.

O deputado informou que irá formular um Requerimento à Mesa Diretora para pedir o apoio de toda a Assembleia Legislativa, no sentido de cobrar da direção nacional do Banco da Amazônia, que seja revista a decisão de promover o fechamento do Basa de Bacabal.

“Vamos lutar para que o Banco da Amazônia volte atrás da decisão desse fechamento dessa agência, porque será um prejuízo enorme para Bacabal e para toda a nossa região”, enfatizou Roberto Costa. Ele acrescentou que o Banco da Amazônia que é uma instituição muito importante em Bacabal, porque “é um banco de fomento que leva investimento para os comerciantes, leva investimento para a agricultura, especialmente para agricultura familiar”.

Roberto Costa frisou que a situação é tão preocupante, que logo tomou a iniciativa de entrar em contato com o senador João Alberto, para que este também lute em Brasília, tentando evitar o fechamento da única agência do Banco da Amazônia que existe na cidade de Bacabal.

“O sistema bancário de Bacabal é extremamente fragilizado. Quem conhece a cidade de Bacabal sabe das dificuldades que a população passa no sistema bancário. O Banco do Brasil com duas agências; a Caixa Econômica com apenas uma agência; o Bradesco com uma agência; o Itaú não consegue atender a grande demanda do município de Bacabal. Então, em razão disso, a perda desta agência do Banco da Amazônia é um tiro certeiro na economia de Bacabal, é um tiro certeiro para que a gente possa ver mais uma vez o povo de Bacabal sendo penalizado”, advertiu Roberto Costa.

Ao encerrar seu pronunciamento, o deputado ressaltou que o fechamento da agência do Banco da Amazônia irá acarretar um prejuízo enorme para a cidade de Bacabal e para todos os municípios circunvizinhos daquela região.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Deputado e o elogio

Deputado Roberto Costa.

Deputado Roberto Costa.

Em defesa de Sebastião Uchôa, o deputado estadual Roberto Costa (PMDB) ressaltou, na última quinta-feira (12), na Assembleia Legislativa, os serviços prestados e rasgou imensuráveis elogios ao delegado.

Não desmerecendo do trabalho, mas o parlamentar extrapolou um pouco no elogio – compreendo eu o motivo – ao dizer que as situações de maus tratos só passaram a ter visibilidade de forma clara e transparente quando Uchôa assumiu a Delegacia Especializada do Meio Ambiente.

O polêmico assunto “maus tratos a animais” inicialmente foi levantado pelo deputado Wellington do Curso, durante discurso na Assembleia.

Outros delegados também tiveram ações positivas levando a discussão para o Poder Público, mas o assunto foi neutralizado há seis anos no governo Roseana Sarney.

E isso ninguém lembra. É claro!


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

PMDB barra candidatura de Andrea Murad

Senador João Alberto durante coletiva.

Senador João Alberto durante coletiva.

Em coletiva realizada na manhã desta terça-feira (27), o atual diretório estadual do PMDB declarou indeferida a chapa “Renovar é Preciso”, da deputada estadual Andrea Murad. Assim, a chapa não poderá mais concorrer à Convenção da legenda, prevista para ser realizada na próxima sexta-feira (30), em São Luís. A chapa presidida pelo senador João Alberto será a única a concorrer no certame.

Os motivos que levaram ao indeferimento da chapa encabeçada pela deputada estadual ferem o estatuto do PMDB conforme afirmou o Secretário Geral, Carlos Couto. Segundo ele, três membros não são filiados ao partido, além de outro membro não ter direito ao voto por ser membro do Conselho de Ética e Disciplina, “o que fere o estatuto. Nos termos do regimento, eles não têm direito a voto”, enfatizou.

Sobre a polêmica gerada com o pedido de candidatura de Andrea Murad, o senador João Alberto afirmou que “dentro do PMDB não há disputa interna e o intuito da candidatura foi apenas para causar tumulto”, considerou. O senador informou ainda que, dos 79 nomes assinados na formação da chapa, 57 são da cidade de Coroatá. “A chapa só contempla 08 dos 217 municípios”, disse. Ainda de acordo com João Alberto, outro motivo do indeferimento da candidatura foi a suspeita de assinaturas falsificadas, ainda não confirmadas oficialmente.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Ricardo Murad é acusado de usar PMDB com fins pessoais

A deputada Andrea Murad foi repreendida, inclusive, seu pai Ricardo Murad, pelo deputado Roberto Costa, que acusou ambos de tumultuar o processo eleitoral para escolha do presidente estadual do PMDB.

“O processo eleitoral está devidamente respaldado no estatuto do partido e nas orientações da direção nacional do PMDB e todas as etapas jurídicas foram cumpridas. Portanto, não passa de factóide criado por Ricardo Murad, que a eleição poderá ser adiada. Na verdade eles estão espalhando isso, porque querem criar uma instabilidade em função de não ter conseguido o apoio da maioria dos diretórios, compostos por delegados e líderes políticos; Todos já conhecem sua história. Essa prática de Ricardo já é conhecida nos partidos por onde ele passou. Como ele não consegue construir espaços democráticos de diálogo, ele tenta inviabilizar a conjuntura partidária, tumultuando o processo. Não aceitaremos que o PMDB seja usado como escudo para defender os interesses pessoais de Ricardo Murad, e isso é consenso entre os partidários. Por essa razão, ele age de forma desesperada na tentativa de não ser desmoralizado, por não conseguir o apoio da maioria dos diretórios. Eles já perceberam que essa candidatura está sendo repudiada pelos membros do partido. Tanto é, que a chapa deles é formada por 90% de pessoas de Coroatá, isso reforça que eles não têm o apoio para continuar nessa disputa”, disparou Roberto Costa.

O peemedebista afirmou categoricamente que os espaços do partido sempre estiveram abertos, nunca havendo impedimento para que fossem ocupados por àqueles que verdadeiramente militam pelas causas do partido e que estão presentes diariamente na defesa dos ideais do PMDB.
“ A disputa faz parte da democracia e sempre fomentamos isso, em nossas discussões. Por essa razão, não aceitaremos acusações de membros do partido que nunca fizeram militância partidária e que nem mesmo sabem onde fica o endereço da sede do partido.

Talvez seja essa a razão, do desespero de Ricardo Murad por não conseguir o apoio da maioria dos membros do partido, e de não representar a preferência partidária dos membros do PMDB ”, pontuou.

O deputado reafirmou o seu apoio a chapa “Ulisses Guimarães”, encabeçada pelo senador João Alberto, declarando que esse é um sentimento de 95% dos diretórios municipais, de reconduzi-lo à presidência estadual do PMDB; inclusive, com o apoio da ex-governadora Roseana Sarney e do senador Edson Lobão e das demais lideranças partidárias, por entenderem que o Senador construiu uma história de respeito dentro do PMDB.

“O senador João Alberto sempre conduziu o partido com diálogos e, sobretudo com muito respeito. Sua militância rompeu barreiras ao longo desses anos, no intuito de promover às candidaturas de prefeitos e vereadores em todos os municípios do Maranhão, conquistando espaços importantes para a construção de políticas públicas para o desenvolvimento do nosso Estado, sua trajetória política é respeitada por todos, pois em nenhum momento tentou passar por cima de ninguém, razão pela qual, sua credibilidade o fará ser reconduzido ao cargo de presidente estadual do PMDB, no dia 30 de outubro”, afirmou Roberto Costa.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Charge

Charge eletrônica: essa luta promete!!!

Os deputados do PMDB Roberto Costa e Andrea Murad são reincidentes em discutirem nas sessões da Assembleia Legislativa. Eles travam lutas quando o assunto é partidário com declarações pessoais, inclusive, usando os nomes do senador João Alberto e do ex-secretário de Saúde Ricardo Murad. Dizem que a luta promete na sessão desta quarta-feira (27).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Senador João Alberto vai frear candidatura de Roberto Costa em Bacabal

Blog do Luís Cardoso

Na cidade de Bacabal não se fala em outra coisa: o prefeito Zé Alberto (a cria) chamou o senador João Alberto (o criador) na catraca e exigiu dele que o deputado estadual Roberto Costa pare de brincar de ser candidato a prefeito agora em 2016 por aquela cidade.

Espalharam por uma emissora de TV manifestações do deputado dizendo que devia a eleição dele para a irmã do atual prefeito, o que, somando os votos dados a Costa, não é verdade.

O que existe de verdadeiro em tudo isso é completamente diferente. O deputado estadual, pupilo do senador, faz o jogo dele (João Alberto) para criar dificuldades e impossibilitar a reeleição de Zé Alberto.

O eleitor bacabalense pode se preparar para deparar nas urnas com o nome do senador na disputa. Ele aposta que vai reunir todo o seu grupo e alguns que estejam de fora para ser o candidato único.

João Alberto tem capacidade e moral pra unir até os contrários, como Zé Vieira e Lisboa, por exemplo. E antes de entrar na disputa, deve passar o cargo de senador para Clóvis Fecury, seu primeiro suplente, e filho do ex-senador Mauro Fecury, dono do Ceuma.

Então, a partir deste acordo, dinheiro não será problema para a campanha de João Alberto em Bacabal. Diante do desgaste, não será nenhuma surpresa se Zé Alberto abrir mão da reeleição.

E no futuro, João Alberto não tem mais como se reeleger senador e nem reeleger o filho, Marcelo Sousa, deputado federal, além da própria reeleição de Roberto Costa, que em 2018 não terá mais a mesma estrutura de 2014.

Além disso, o sonho do velho Carcará, como gosta de ser chamado o senador, é encerrar a carreira como prefeito da cidade que ele adotou como sua pátria: Bacabal. O resto é só encenação.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Florêncios de Bacabal criticam Roseana, mas esquecem que já foram aliados de Sarney

Na semana passada, a passagem da Comissão de Obras da Assembleia em Bacabal, rendeu holofotes para o filho do deputado estadual Carlinhos Florêncio, o vereador Florêncio Neto, candidato a prefeito daquele município em 2016.

O showzinho provocado pelo filho do parlamentar recheado de desaforos contra o deputado Roberto Costa, renderam acusações de que o peemedebista é o maior culpado pelo fim de Bacabal junto com a ex-governadora Roseana Sarney. “Ela destruiu Bacabal”, gritava o vereador aos quatro cantos para quem quisesse ouvir.

Mas o rapaz esqueceu que povo tem boa memória, e sabe que o mesmo irritado, mal educado que aparece nas imagens achincalhando a ex-governadora, é o mesmo aliado declarado do clã Sarney, que há não muito tempo atrás, recebeu Roseana em Bacabal, onde teceu palavras de elogio e gratidão.

Infelizmente, a política não tem cara, caráter e nem passado. Confira o vídeo e comprove esta teoria:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Filho de deputado desrespeita comissão da Assembleia em Bacabal

Foi ridículo a atitude do filho do deputado Carinhos Florêncio, o imberbe Florêncio Neto, que promoveu barraco durante a passagem de um grupo de deputados em Bacabal.

Florêncio Neto.

Florêncio Neto.

Vereador de primeiro mandato, Neto desrespeitou não somente o deputado Roberto Costa, mas também os parlamentares que integram a Comissão de Obras e Serviços Públicos da Assembleia.

O barraco que teve a conivência do pai deputado, deveria ser reprimido imediatamente pelo presidente da Comissão, deputado Vinicios Louro. Mas, não foi o que aconteceu. Confira abaixo o vídeo:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Roberto presidirá da Comissão de Educação da Assembleia

Deputado Roberto Costa

Deputado Roberto Costa

O deputado estadual Roberto Costa, líder da Bancada do PMDB na Assembleia, será o presidente da importante Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia do Legislativo. Não à toa, esta é a terceira vez que o parlamentar preside a Comissão.

O deputado deixou o seu trabalho registrado em importantes ações que demonstraram apoio e preocupação com a educação no estado. À frente dos trabalhos da Comissão, em anos anteriores, Roberto Costa teve atuação marcante na aprovação do Estatuto do Educador. Nas universidades do estado trabalhou para que alunos, professores e as próprias instituições tivessem avanços. Apoiou a implantação do I Mestrado do Curso de Direito da Universidade Federal do Maranhão. Já na Universidade Estadual do Maranhão, Roberto alterou a Lei de Contratação de Professores Substitutos, o que permitiu a prorrogação do contrato dos professores, evitando que as aulas fossem prejudicados pela falta de profissionais. Já em Bacabal, o deputado atuou para que os cursos de Educação Física e Direito da UEMA, fossem reconhecidos.

Para a nova passagem pela Comissão, Roberto promete ainda mais engajamento com a causa no Maranhão. “A educação é a grande saída para dar esperança a milhares de famílias que precisam de uma vida melhor; quero honrar este lugar conquistado com o apoio do nosso presidente Humberto Coutinho, e poder corresponder aos anseios daqueles que chegarem até nós”, destacou Costa.

Os representantes das Comissões Permanentes, que atuarão no período 2015/2018, foram eleitos semana passada.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Roberto Costa reforça postura do PMDB em apoio a Dilma no MA

Na reta final da campanha presidencial, o futuro político do Brasil é assunto que passa, também pelo Legislativo Maranhense. Na sessão desta segunda-feira, 20, o deputado estadual Roberto Costa (PMDB), foi à tribuna para reforçar o posicionamento pró-Dilma do grupo político ao qual pertence.

“O PMDB faz parte dessa grande coligação juntamente com o PT; os números mostram que o governo do presidente Lula, com a presidente Dilma, foram fundamentais para avanços no estado e para o fortalecimento da população em diversos setores”, defendeu Costa, no início do discurso.

Com base em números, Costa demonstrou como os programas federais e as propostas dos programas sociais, desenvolvidos no primeiro mandato da presidenta Dilma, trouxeram melhorias para o Maranhão.

O Bolsa Família, considerado o maior programa popular do atual governo, contempla atualmente, 997.443 famílias maranhenses, de modo que, 2. 280.402 pessoas saíram da considerada extrema pobreza desde 2011, por meio da ampliação do projeto. E de 2011 até aqui, alguns números mostram as ações do governo Dilma Rousseff no Maranhão, a exemplo do Programa Água para Todos, que propôs a construção de 4.295 cisternas no estado e do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar-PRONAF, que no período 2013-2014, fechou 97.470 contratos.

Segundo pesquisa do Datafolha, divulgada nesta segunda-feira, Dilma tem 52% da intenção de votos válidos contra 48% do candidato.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.