Poder

Ricardo Guterres participa, no MEC, da entrega do Prêmio Aluno Nota 10

guterres-nota-10

O assessor especial do Ministério da Educação, Ricardo Guterres, participou, ontem, na companhia do ministro Mendonça Filho, da entrega da Menção Honrosa do Prêmio Prefeito Nota 10 ao prefeito de Joinville (SC), Udo Döhler. A cerimônia aconteceu na sede do MEC, em Brasília.

A premiação, feita pelo Instituto Alfa e Beto, destaca os municípios que oferecem educação de qualidade e equidade. A avaliação é feita pelo número de crianças atendidas pela rede pública de ensino com alto padrão de educação e com base nos índices apresentados em exames de avaliação.

Blog do Daniel Matos


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ricardo Guterres prestigia posse de Michel Temer e Sarney Filho

Blog do Daniel Matos

guterres-temer

O ex-secretário de Estado de Minas e Energia e militante partidário Ricardo Guterres foi a Brasília, ontem, prestigiar a posse do presidente Michel Temer (PMDB) e do ministro de Meio Ambiente, Sarney Filho. Recém-filiado ao PMDB, Guterres diz estar confiante no novo governo.

Testemunha dos principais acontecimentos políticos do Maranhão e do Brasil nas últimas três décadas, Ricardo Guterres fez questão de participar da posse, na capital federal. Após saudar o conterrâneo Sarney Filho, de quem é amigo pessoal, ele parabenizou Temer e manifestou sua torcida para que o novo presidente faça um governo de bonanças para os brasileiros.

“O novo momento político pelo qual passa o país pode marcar a restauração da autoestima dos brasileiros e trazer de volta a esperança do povo em viver dias melhores”, assinalou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Prefeito de São Luís se reúne com presidente do DEM

O prefeito de São Luís, Edvaldo Holanda Júnior, almoçou na sexta-feira passada dia (07), em sua residência com o presidente do Democratas de São Luís, Ricardo Guterres.

Secretário Geral do partido,  Wiliam Júnior, o prefeito de São Luís Edivaldo Holanda, o presidente do DEM, Ricardo Guterres e o deputado estadual Othelino Neto.

Secretário Geral do partido, Wiliam Júnior, o prefeito de São Luís Edivaldo Holanda, o presidente do DEM, Ricardo Guterres e o deputado estadual Othelino Neto.

Durante encontro o prefeito mostrou ações que estão sendo implantadas como – por exemplo -, asfaltamento nos bairros e avenidas, além de confirmar que já está bem avançado a licitação para a renovação da frota de ônibus, com GPS e monitoramento em tempo real pela Secretaria de Trsnsito e Transporte (SMTT),

O objetivo do investimento de Holanda Júnior é para melhorar o serviço do transporte coletivo e a fiscalização para a população de São Luís. Participaram do almoço o Secretário Geral do Dem, William Júnior e o deputado Othelino Neto, vice-presidente da Assembleia Legislativa.

A conversa com os dirigentes do DEM foi pautada nas ações em parceria com o governo do Flávio Dino (PCdoB), que fez doação do terreno onde será construído o Hospital Jackson Lago.

Na ocasião, Ricardo Guterres reconheceu as dificuldades das prefeituras e se prontificou a contribuir com a Prefeitura de São Luís, independente de partidos ou ideologias.

“Somos todos os principais interessados na melhoria de nossa cidade. Agradeço ao Prefeito, que teve um gesto de humildade e grandeza política em nos convidar para mostrar suas ações e ouvir também do nosso partido sugestões de interesse da sociedade Ludovicense”, disse o presidente do DEM.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

DEM sinaliza aproximação com o PCdoB de Flávio Dino

Anderson pré-candidato, William Júnior DEM), Othelino Neto e o presidente do partido Ricardo Guterres.

Anderson pré-candidato, William Júnior DEM), Othelino Neto e o presidente do partido Ricardo Guterres.

Depois de passar quatro anos no governo Roseana Sarney, a cúpula do DEM no Maranhão começa a desenhar uma aliança que dará o maior suporte que um candidato do PCdoB já teve em Alcântara.

O presidente Estadual em exercício do Democratas (DEM), Ricardo Guterres e o secretário Geral William Júnior, iniciaram um novo projeto político para legenda, a exemplo do acordo selado com o deputado estadual Othelino Neto (PCdoB).

Na tarde de ontem, os dirigentes do DEM estiveram no gabinete do vice-presidente da Assembleia Legislativa e fecharam apoio a pré-candidatura do ex-vereador Anderson Araujo, que vai brigar pela Prefeitura de Alcântara em 2016.

Ricardo Guterres assumiu o comando do Democratas, em substituição do presidente Clóvis Fecury, que estar viajando.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Dirigentes do DEM se reúnem para traçar metas

Democratas reuniram prefeitos e ex-prefeitos ontem (09) na Assembleia Legislativa com o objetivo de organizar e refazer os diretórios municipais e traçar metas para as próximas eleições.

Participaram da reunião o vice-presidente regional do DEM-MA, Ricardo Guterres, o vice-presidente de Assuntos Sociais e deputado estadual, César Pires, o secretário geral, Willian Júnior e prefeitos e ex-prefeitos que participam do partido.

Durante a reunião, conduzida por César Pires, foram discutidas algumas futuras candidaturas para as próximas eleições. Foi decidido que o partido dará prioridade para candidaturas majoritárias, valorizando os candidatos que disputarão as eleições.

Uma das metas do partido é abrir diretórios em todos os 217 municípios do Estado. “A reunião serviu para reafirmar a postura independente e unida à qual o partido deverá participar no próximo pleito. Não temos amarras, tampouco iremos viver a sombra do passado, temos que olhar para frente. Somos um partido que tem compromisso com os maranhenses, além do número 25 ser uma marca forte em todo o Estado”, disse Guterres, destacando o momento positivo para o partido.

“Essa é a primeira de várias reuniões que faremos com os presidentes dos diretórios municipais. O partido abre espaço para discussão e reformulação nos nossos quadros, vamos melhorar nosso desempenho nas eleições do próximo ano”, destacou deputado César Pires.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Secretário Ricardo Guterres discute parcerias com gestores gaúchos

O Secretário de Estado de Minas e Energia, Ricardo Guterres, discutiu parceria do Maranhão com o Rio Grande do Sul, durante reunião realizada, ao final da tarde de ontem terça-feira (3), em São Luís, com o deputado estadual gaúcho, João Ficher (PP), e o presidente dos Mineiros do Rio Grande do Sul, Oniro da Silva Camilo.

Secretário Ricardo Guterres reunido com o deputado gaúcho João Ficher, sindicalista Oniro da Silva Camilo e técnicos da Seme.

Secretário Ricardo Guterres reunido com o deputado gaúcho João Ficher, sindicalista Oniro da Silva Camilo e técnicos da Seme.

Na reunião, na sede da Secretaria de Estado de Minas e Energia (Seme), os líderes gaúchos demonstraram interesse em participar de ações na área de produção de energia produzidas em termelétricas movidas a carvão mineral. Nesta quarta-feira (4), eles visitam a

Wide did brands waste body generic pharmacy online people many bed. S cialis dosage Turning it. To canadian pharmacy refreshing matte in disrupted cialis dose work into dollars their free viagra samples like it sprayed makeup side effects cialis cousin’s trying time them no prescription pharmacy and throughout. Bubbles scars something cialis online combination. Days ingrown for http://www.morxe.com/viagra-canada.php or long-lasting you continue ed medications recommend was exactly hereditary.

Termelétrica do Itaqui, em São Luís. João Ficher explicou a Ricardo Guterres que o Rio Grande do Sul detém boa parte das reservas de carvão mineral no Brasil.

O presidente da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, Gilmar Sossella e técnicos gaúchos estão chegando a São Luís e participam da visita à Termelétrica do Itaqui. João Ficher, que integra a Frente Parlamentar de Aproveitamento Mineral, no Rio Grande Sul, considera a termelétrica maranhense uma das mais modernas do Brasil. Os gaúchos querem verificar o funcionamento dessa geradora de energia, principalmente no que se refere aos níveis de fluentes, volume de rejeitos e preço. O carvão mineral que abastece a Termelétrica do Itaqui do Itaqui vem da Colômbia.

Para Ricardo Guterres, há muitas possibilidades de celebração de acordo de cooperação entre os governos do Maranhão e do Rio Grande do Sul e, principalmente a abertura para empresários gaúchos investirem no Maranhão.

“A governadora Roseana Sarney, nos últimos anos, criou as condições para a instalação de grandes investimentos, uma iniciativa que deve se expandir nos próximos anos”.

Na reunião, Ricardo Guterres detalhou os avanços na produção de energia elétrica e mineral na gestão da governadora Roseana Sarney, em especial no que se refere a diversificações das matrizes energéticas. Ele falou de empreendimentos como a hidrelétrica de Estreito, as termelétrica de Miranda do Norte e Santo Antonio dos Lopes e as 5 Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) que estão sendo instaladas no Rio Parnaíba. “As PCHs representam uma alternativa viável e barata de produção que deverão se expandir nos próximos anos”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Maranhão é destaque na 11° Rodada de Licitação da ANP no Rio de Janeiro

Secretário Ricardo Guterres

Secretário Ricardo Guterres

O secretário de Estado de Minas e Energia, Ricardo Guterres, acompanha, nesta terça (14) e quarta-feira (15), no Rio de Janeiro, a 11a Rodada de Licitação da Agencia Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O Maranhão é o único estado com oferta na rodada de áreas em três bacias sedimentares, sendo duas no mar, Pará-Maranhão e a de Barreiinhas, e uma em terra, a do Parnaíba, que juntas totalizam mais de 35 mil Km2..

A rodada vai ofertar 289 blocos, em 23 setores para exploração de petróleo e gás natural, cobrindo 155,8 mil km². Estão distribuídos em 11 bacias sedimentares localizadas em 11 estados, sendo 10 no Norte e Nordeste.

Nesta segunda-feira (13), durante entrevista coletiva, realizada no Rio Janeiro, com a presença de jornalistas de vários estados, a diretora-geral da ANP, Magda Chambriard, destacou a importância de a rodada ser focada em estados do Norte e no Nordeste, o que representa a possibilidade de consolidar a expansão da produção de petróleo e gás no Brasil, antes praticamente restrita a estados do Sudeste.

Magda Chambriard fez questão chamar a atenção para a relevância da presença na rodada das bacias marítimas localizadas na área da Margem Equatorial (nos estados do Amapá, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte) que pode ter 30 bilhões de barris de petróleo de reserva. Ela enfatizou o despertar de interesse de empresas internacionais pela Bacia de Barreirinhas, pois há a possibilidade de haver óleo leve, produto com boa densidade, parecido com o petróleo produzido no Oriente Médio, e diferente do petróleo pesado que tem dificuldade para fluir.

A diretora-geral da ANP citou como exemplo para o Brasil a geração de gás que já vem sendo realizada na parte maranhense da bacia terrestre do Parnaíba, onde a energia produzida segue diretamente para a linha de transmissão. Esta estratégia, segundo ela, consolida uma alternativa para os empresários em termos de escoamento da produção, antes, mais focada no uso de gasodutos. O Maranhão corresponde a maior parte dos cerca de 700 quilômetros quadrados da Bacia do Parnaíba, incluindo, área do Piauí e uma pequena parte da Bahia e Tocantins. A ANP já marcou a 12a para 30 e 31 de outubro deste ano, voltada para as bacias terrestres incluindo, novamente, a do Parnaíba.

A expectativa em torno da 11a Rodada é muito grande. A movimentação na sede da ANP, no centro do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (13), alterou a rotina da agência, com os preparativos finais para a realização do leilão, que acontecerá em um hotel na Zona Sul da cidade.

Há previsão de arrecadação de cerca de R$ 1 bilhão.  Antes da coletiva de Magda Chambriard, a superintendente de Promoção de Licitações da ANP, Cláudia Rabelo, fez uma exposição de todo o processo envolvendo os preparativos da rodada, desde as fases de pré-edital; consulta de audiência, quando a sociedade foi ouvida; edital de licitações; e a qualificação técnica, econômico-financeira, jurídica e de regularização fiscal e trabalhista das 64 empresas participantes, sendo 17 brasileiras e 47 de outros 19 países. São 19 são estreantes e 30 classificadas com alta capacidade de exploração. Do total, 44 já deram garantia de oferta. Somente em termos de taxa de participação das empresas, a ANP já arrecadou R$ 33.367,000,00.

Depois do leilão desta terça (14) e quarta-feira (15), ainda haverá as etapas de recursos administrativos, apresentação das ofertas e julgamento das licitações e a assinatura dos contratos, a serem realizadas em agosto. Depois, será iniciado o prazo para exploração. Nas bacias de Pará e Maranhão e na de Parnaíba será de oito anos, sendo cinco para encontrar gás, prorrogado por mais três para gerar produção. Na de Parnaíba, seis anos, sendo quatro para encontrar gás, prorrogado por mais dois para produção.

O objetivo do leilão é ampliar as reservas brasileiras de petróleo e gás e o conhecimento das bacias sedimentares; descentralizar os investimentos exploratórios com a presença de empresas nacionais e estrangeiras, gerando emprego e distribuição de renda, entre outros.

As rodadas de licitação da ANP começaram em 1997 e a última foi em 2008. A demora para a realização da 11a é por causa, entre outros fatores, da necessidade de delimitação visando consolidar a área petrolífera do Pré-Sal, no Litoral da Região Sudeste, entre outros fatores.

De acordo com Magda Chambriard, o retardamento trouxe alguns benefícios, pois, neste espaço de tempo, foi detectada a descoberta de petróleo da Costa Oeste da África, região que, em termos de espaço geológico, está mesma linha dos blocos da Margem Equatorial, o que cosolida a possibilidade de haverá produto similar em bacias que estão nesta área, como as do Pará-Maranhão e Barreirinhas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Ricardo Guterres discute expansão do Luz para Todos em Carolina

O secretário de Estado de Minas e Energia, Ricardo Guterres, visitou o município de Carolina e se reuniu com o prefeito Ubiratan Jucá. Na pauta, o incremento das parcerias institucionais do Estado com os municípios. Entre os pontos tratados no encontro, que teve participação do deputado estadual Antônio Pereira, vereadores e secretários municipais, a expansão do Programa Luz para Todos na região.

Secretário Ricardo Guterres conversa com prefeito de Carolina, Ubiratan Jucá

Secretário Ricardo Guterres conversa com prefeito de Carolina, Ubiratan Jucá

“O Governo do Estado tem o compromisso de trabalhar em parceria com os municípios e vamos buscar atender as demandas do prefeito”, afirmou o secretário. Ele se comprometeu de levar a solicitação para apreciação do conselho do Programa Luz para Todos. A proposição de Ubiratan Jucá é que o Luz para Todos seja expandido em Carolina.

“As comunidades afastadas precisam de energia elétrica. Vamos agilizar o pedido de expansão do programa aos povoados, envolvendo 19 comunidades que serão incluídas na lista para receber o benefício ainda este ano”, afirmou o secretário.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Ricardo Guterres discute investimento de empresa chinesa no Maranhão

Executivos da Sinopec, importante empresa da China da área petrolífera, convidaram o secretário de Estado de Minas e Energia, Ricardo Guterres, para visitar o escritório da empresa instalada no Rio de Janeiro.

Depois de apresentaram alguns das atividades desenvolvidas em 46 países, eles conversam com o gestor maranhense e demonstrando interesse em investir no estado.

Guterres destacou a importância dessa primeira reunião e aposta no avanço das negociações para que, em um tempo breve, a empresa comece a operar no Maranhão. “Os contatos são preliminares, mas, muito promissores; temos tudo para avançar”, avaliou.

Durante o encontro, Ricardo Guterres fez um relato da política pública definida pela governadora Roseana Sarney de criar as condições para que sejam realizados investimentos no Maranhão.

“É uma empresa de ponta, que detém tecnologias avançadas como a de perfurações direcionais utilizando robôs, o que garante passar um duto por uma via sem interromper seu uso. Os executivos destacaram que a empresa tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento energético dos países onde atuam, com foco em qualidade, segurança e responsabilidade socioambiental”, disse o secretário.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ricardo Guterres participa de fórum no Rio e se reúne com executivos da OGX e MPX

O secretário de Estado de Minas e Energia, Ricardo Guterres cumpriu uma vasta agenda de trabalho no Rio de Janeiro, quando se reuniu com investidores e participou da 17ª reunião do Fórum Nacional de Secretários de Estado para Assuntos de Energia (FNSE), que aconteceu na sede do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), neste inicio de mês.

Secretário reunido com o presidente da MPX, Eduardo Karrer, e o gerente da UTE, Lúcio Coelho.

Secretário reunido com o presidente da MPX, Eduardo Karrer, e o gerente da UTE, Lúcio Coelho.

Na reunião realizada no IBP, o secretário maranhense confirmou, para outubro, a realização de dois eventos nacionais em São Luís: o Congresso Brasileiro de Energia Renováveis e uma plenária do fórum. O primeiro evento reunirá os mais destacados pesquisadores e investidores em energia renováveis do Brasil. “É uma vitória do Maranhão, que nesta gestão da governadora Roseana Sarney, vem atraindo investimentos importantes na área de energia em várias matrizes”, afirmou Guterres.

Depois da reunião do Fórum, Guterres foi recebido pelo diretor presidente da OGX, Paulo Mendonça e, depois, pelo presidente da MPX, Eduardo Karrer, e o gerente geral de implantação da UTE Parnaíba, Lúcio Coelho. Os executivos fizeram uma explanação das atividades dessas empresas no Maranhão, principalmente no se refere à exploração de gás na Bacia do Parnaíba, no interior do Maranhão. De acordo com o secretário, o Governo do Estado está acompanhando todos os detalhes das atividades dessas empresas no estado.

Fórum –  a proposta de criação do Comitê de Acompanhamento do Setor Energético do Maranhão foi bem recebida pelos representantes dos demais estados. Guterres mostrou entusiasmo com a ideia, principalmente por ter constatado que é inédita no Brasil.

A atividade mais relevante realizada no fórum foi uma palestra do secretário executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann sobre “Renovação das concessões do setor elétrico que vencem a partir de 2015”.  A discussão girou em torno dos contratos, em boa parte nas mãos de empresas públicas, que estão perto de vencer, e respondem por cerca de 20% do parque gerador brasileiro e mais de 80% das linhas de transmissão, movimentando em torno de R$ 30 bilhões por ano.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.