Política

Fábio Braga e Ricardo Archer mostram força politica em Timon

Na foto à esquerda Fábio Braga e à direita Ricardo Archer

Na foto à esquerda Fábio Braga e à direita Ricardo Archer

Os candidatos deputado estadual e federal, Fabio Braga (PTdoB) e Ricardo Archer (PSL) deram uma grande demonstração de força política em um dos maiores colégios eleitorais do Maranhão. Eles receberam apoio de diversas lideranças políticas da cidade de Timon.

Marcos Moura, filho de ex-vereador da cidade, conseguiu criar um grupo expressivo para somar no projeto dos candidatos do partido (PTdoB e PSL). Como – por exemplo -, 2 ex vereadores, 4 suplente de vereadores, 10 presidentes de bairro e 25 agentes de saúde.

O apoio criado por Moura dará um gás a mais em sua campanha nessa área do interior do estado o que trouxe satisfação aos candidatos pelo que viram, onde comprometeram-se a honrar os votos com trabalhos e compromissos com a cidade.

Em decorrência do sucesso da candidatura na cidade, a coordenação da candidatura dos deputados pretende até o final do mês promover outros eventos com os candidatos em Timon.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Governadora exonera Ricardo Archer

Blog do Jorge Aragão

Ricardo Archer, ex-prefeito de Codó pode ter contas reprovadas novamente.

Ricardo Archer, ex-prefeito de Codó.

O ex-prefeito de Codó e ex-deputado estadual, Ricardo Archer não é mais o secretário de Articulação Política do Governo do Maranhão. O Blog recebeu a informação que Archer já foi exonerado do cargo.A exoneração de Archer se deu pela questão da Lei da Ficha Limpa, de autoria do deputado estadual Zé Carlos (PT) e que já entrou em vigência. Na semana passada, o vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/MA, Rafael Silva, protocolou representação, no Ministério Público Estadual contra a permanência de Ricardo Archer no Governo do Maranhão.

Archer teve suas contas à frente da prefeitura reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e pela Câmara de Vereadores de Codó. Sendo assim, pela nova legislação, considerado ficha-suja e não pode assumir cargo público no Governo do Maranhão.

Além disso, a nomeação de Archer não foi bem recebida pela classe política. O nome preferido era o do ex-prefeito de Itapecuru-Mirim e ex-presidente da FAMEM, Júnior Marreca.

A governadora Roseana Sarney ainda não definiu que será o seu substituto, mas Júnior Marreca pode ser o escolhido, principalmente se depender do pedido de boa parte da classe política do Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.