Política

Prefeito de Altamira deixa população sem água e na miséria

Os moradores do Bairro Santa Terezinha, no município de Altamira do Maranhão, vão denunciar o prefeito pela falta de abastecimento de água na comunidade.

Mesmo o problema sendo resolvido ainda ontem (11), o Executivo Municipal terá que construir outros poços artesianos devido os que existem não possuírem mais água. De fato, uma calamidade pública.

O prefeito da cidade, que vive mais no Rio de Janeiro, onde trabalha como médico da Marinha do Brasil, não dá a mínima satisfação à população sobre quais medidas vai executar para levar água a quem precisa. Enquanto isso, crianças e idosos se submetem a carregar baldes.

De acordo com imagens obtidas pelo blog do Neto Ferreira, os moradores do bairro estão pagando R$ 25,00 (vinte e cinco reais) por mil litros de água. Pasmem! A água está sendo vendida por um funcionário da prefeitura que carrega o ‘produto precioso’ em sua hilux até a casa dos moradores.

O Ministério Público do Maranhão deve cobrar na Justiça ação de execução forçada contra o prefeito de Altamira do Maranhão, Ricardo Almeida Miranda, que é médico de formação e entende que água é questão de saúde pública. Ou parece que não.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.