Cidade

Acidente no Jaracaty deixa mais de 7 mil unidades consumidoras sem energia elétrica no Renascença

No início da noite de ontem parte do Renascença ficou sem energia elétrica por conta de mais um acidente em via pública com quebra de poste.

A falta de energia elétrica aconteceu às 18 horas e 23 minutos desta quarta-feira, dia 27, em virtude de um acidente envolvendo a quebra de 2 postes, provocado pelo condutor de caminhão na rua entre o CEUMA Renascença e o Jaracaty Shopping. Como resultado, 7.324 unidades consumidoras ficaram sem energia em parte do Renascença.

Equipes de plantão da CEMAR foram mobilizadas e trabalharam intensamente com o isolamento a área do acidente, transferência de cargas e finalmente, o restabelecimento do fornecimento da energia às 19 horas e 45 minutos para 90% dos clientes atingidos. O restabelecimento total aconteceu às 22 horas e 50 minutos.

De janeiro a maio deste ano a CEMAR já registrou 221 acidentes em vias públicas com quebra de postes na ilha de São Luís. No Estado, este número sobe para 824 postes quebrados por acidentes em vias públicas, uma média de 5 acidentes por dia.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Blitz Urbana retira bancas de revista próximo ao Ceuma I

Com o objetivo de cumprir com o direito de ir e vir dos cidadãos e desobstruir o passeio público, a Blitz Urbana, em ação conjunta com o Ministério Público, realizou, na manhã desta quarta-feira (25), a retirada de uma banca de revista que estava localizada em frente ao Ceuma I, no bairro do Renascença.

De acordo com o diretor geral da Blitz Urbana, Ricardo Medeiros, a retirada da banca de revista se fez necessária devido à obstrução do passeio público, que vinha ocasionando transtornos aos transeuntes, principalmente aos estudantes da região, e também ao cumprimento do Código de Postura do Município.

O imóvel foi removido e relocado para um local adequado e já se encontra devidamente regularizado. “A ação de remoção da banca foi realizada em consentimento e comum acordo com o proprietário da banca”, ressaltou o diretor da Blitz Urbana.

Segundo o proprietário da banca de revista, Dover Araújo, “a ação foi satisfatória porque, além da Prefeitura estar cumprindo com as determinações da lei, foi feita uma negociação de forma amigável. Foram sugeridos alguns pontos para colocar a banca e a Prefeitura escolheu o local mais adequado para a sua instalação”.

Termo de Ajustamento – Na ocasião, além da banca de revista, várias estruturas de toldos das tendas de lanches, localizadas próximo à banca de revista, também foram retiradas para posteriormente haver uma adequação de forma regularizada pelos proprietários dos mesmos.

Apenas uma estrutura foi levada para a sede da Blitz Urbana por não comparecimento do proprietário no local. As demais foram devolvidas para os respectivos donos.

Há cerca de um mês, todos os proprietários dessas barracas de lanches do local assinaram um termo de ajustamento de conduta que prevê a adequação das mesmas em trailers móveis. “A nossa intenção não é expulsar ninguém desta área, mas sim deixar livre a área de calçada para a passagem de pedestres e garantir a segurança de quem passa pelo local, haja vista o grande fluxo de pedestres no local”, explicou o superintendente de postura da Blitz Urbana, José Batista Da Hora.

Os proprietários de barracas de lanches, que já deram entrada junto à Blitz Urbana para regularização, receberão suas licenças para funcionamento nesta quinta-feira (26) na sede do órgão no bairro da Alemanha.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Carro bate em poste no Renascença, na madrugada

O acidente deixou o bairro do Renascença II sem energia elétrica por mais de três horas.

Foto: Raquel Soares/ Imirante.com

Foto: Raquel Soares/ Imirante.com

Veículo bateu em poste e virou, por volta das 4h, quando transitava no sentido Renascença – Cohafuma.

A condutora, Luíza do Vale, perdeu o controle do carro. Além dela, mais duas mulheres estavam no carro. Segundo parentes, elas estariam sendo perseguidas por outro veículo e, por isso, dirigiam em alta velocidade.

Luíza do Vale, estudante de Odontologia, teve fratura em um dos braços e ferimento na cabeça.

O acidente deixou o bairro do Renascença II sem energia elétrica por mais de três horas.

De janeiro a 14 de setembro, já foram 369 acidentes que causaram queda de postes em São Luís. Em todo o Estado, 1014.

(Com informações do Imirante)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.