Poder

Rejeição…

EdivaldoeEliziane

Os eleitores ludovicenses estão desacreditados nos pré-candidatos à Prefeitura de São Luís e não sabem em quem votar. Prova disso é a Pesquisa de Opinião Pública realizada pelo Instituto de Pesquisa Econométrica que apontou um alto índice de rejeição em relação aos pretensos candidatos, quando questionou em quem os entrevistados votariam, caso as eleições fossem hoje.

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior ficou no topo da lista dos rejeitados; 37,3% dos entrevistados disseram que não votariam nele. O número expressivo de desaprovação reflete a administração parada e inexpressiva do atual gestor de São Luís. Os ludovicenses mostraram mais uma vez que não estão nada satisfeitos com Holandinha e que querem mudanças.

A segunda mais rejeitada foi a deputada federal Eliziane Gama, com 15%. A parlamentar tem buscado parcerias que não agradam a população e geram desconfianças.  O terceiro mais rejeitado foi o deputado estadual Bira do Pindaré, com 6,3%; seguido do ex-vereador Bentivi, com 5,9%; do deputado estadual Wellington do Curso, com 5,6%; da vereadora Rose Sales, com 3,7%; da professora universitária Cláudia Durans, com 3,7%; do vereador Fábio Câmara, 2,9%; do sindicalista Valdeny Barros, com 1,7%; e do deputado Eduardo Braide, 1,6%.

Não souberam ou não responderam foram 16,3%. O Instituto de Pesquisa Econométrica entrevistou 985 eleitores, entre os dias 14 e 16 de julho.

thumbnail_IMG-20160725-WA0062


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

71 por cento reprovam Dilma, aponta Datafolha

Presidente Dilma Rousseff (PT)

Presidente Dilma Rousseff (PT)

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (6) pelo site do jornal “Folha de S.Paulo” indica os seguintes percentuais sobre como os eleitores avaliam o governo da presidente Dilma Rousseff (PT):

– Ótimo/bom: 8 por cento
– Regular: 20 por cento
– Ruim/péssimo: 71 por cento
– Não sabe: 1 por cento

Segundo a “Folha”, no histórico de pesquisas nacionais de avaliação presidencial do Datafolha, a atual taxa de reprovação da presidente da República (65 por cento) é a pior da história da pesquisa, superando os 68 por cento de “ruim” e “péssimo” registrados pelo ex-presidente Fernando Collor de Mello em setembro de 1992.

No levantamento anterior, de 20 de junho, o Datafolha indicou os seguintes percentuais sobre como os eleitores avaliam o governo Dilma: Ótimo/bom: 10 por cento; Regular: 24 por cento; Ruim/péssimo: 65 por cento; e Não sabe: 1 por cento.

O levantamento foi realizado pelo Datafolha com 3.358 pessoas de 201 municípios do país entre os dias 4 e 5 de agosto. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Por região

Considerando as regiões do país, os resultados da pesquisa foram:

– Sudeste:
— Ótimo/bom: 7 por cento
— Regular: 19 por cento
— Ruim/péssimo: 73 por cento
— Não sabe: 1 por cento

– Sul:

— Ótimo/bom: 7 por cento
— Regular: 20 por cento
— Ruim/péssimo: 73 por cento
— Não sabe: 1 por cento

– Nordeste:

— Ótimo/bom: 10 por cento
— Regular: 22 por cento
— Ruim/péssimo: 66 por cento
— Não sabe: 2 por cento

– Centro-Oeste:

— Ótimo/bom: 6 por cento
— Regular: 15 por cento
— Ruim/péssimo: 77 por cento
— Não sabe: 1 por cento

– Norte:

— Ótimo/bom: 9 por cento
— Regular: 24 por cento
— Ruim/péssimo: 65 por cento
— Não sabe: 2 por cento

Por renda

Considerando a renda em salários mínimos, os resultados da pesquisa foram:

– Até 2 SM:

— Ótimo/bom: 10 por cento
— Regular: 20 por cento
— Ruim/péssimo: 69 por cento
— Não sabe: 1 por cento

– De 2 a 5 SM:

— Ótimo/bom: 7 por cento
— Regular: 20 por cento
— Ruim/péssimo: 73 por cento
— Não sabe: 1 por cento

– De 5 a 10 SM:

— Ótimo/bom: 8 por cento
— Regular: 17 por cento
— Ruim/péssimo: 74 por cento
— Não sabe: 0 por cento

– Mais de 10 SM:

— Ótimo/bom: 6 por cento
— Regular: 19 por cento
— Ruim/péssimo: 75 por cento
— Não sabe: 0 por cento

*Observação: a soma dos valores pode não ser 100 por cento, devido a arredondamentos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.