Política

Deputado nega relação do prefeito de Lago Verde com agiotagem

O deputado Roberto Costa subiu à tribuna para defender o prefeito de Lago Verde, Raimundo Almeida, das acusações de um suposto envolvimento de agiotagem. De acordo com o parlamentar, eles estiveram reunidos com o secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, e pediram esclarecimentos quanto ao caso.

O parlamentar classificou como equivoco a relação do prefeito com os agiotas.

O parlamentar classificou como equivoco a relação do prefeito com os agiotas.

“Ontem, eu tive uma audiência com o secretário de Segurança, Dr. Aluísio, acompanhado do prefeito de Lago Verde, Raimundo Almeida, que entrou com um pedido na Secretaria de Segurança para pedir informações concretas do secretário a respeito da citação do nome dele no processo de investigação de crimes de agiotagem”, disse Costa.

O parlamentar esclareceu que houve um equívoco na citação do nome do prefeito Almeida, já que ele havia sido afastado da prefeitura por um período de 7 meses. “O prefeito Raimundo Almeida teve um processo de afastamento da prefeitura na sua primeira gestão, por sete meses, e assumiu o vice-prefeito que, supostamente, teria feito alguns pagamentos com cheque da prefeitura ao esquema do senhor Gláucio”, esclareceu o deputado.

Roberto Costa falou da boa conduta do prefeito Raimundo Almeida e reafirmou a disposição do gestor em colaborar com as investigações, para que se desfaça qualquer mal-entendido. “O prefeito Almeida é um homem sério que tem na região do Mearim, prefeito trabalhador que tem feito muito pela cidade de Lago Verde e que está disposto a prestar todo o tipo de esclarecimento necessário para que se desfaça esse mal-entendido”, declarou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.