Poder

Procuradoria representa partidos por propaganda irregular

Ministerio_Publico_Federal

A Procuradoria Regional Eleitoral no Maranhão (PRE/MA) representou contra o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Partido Socialista Brasileiro (PSB) e Partido da Mobilização Nacional (PMN) junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão por prática de propaganda partidária irregular. De acordo com a ação, os partidos utilizaram o tempo destinado à propaganda partidária para promover pré-candidatos à Prefeitura de São Luís nas próximas eleições.

Em junho desse ano, os deputados estaduais Ubirajara do Pindaré Almeida Sousa, conhecido como Bira do Pindaré (PSB), e Eduardo Salim Braide (PMN) participaram ativamente de inserções de seus respectivos partidos em emissora de televisão local com o objetivo de atender a interesses pessoais, já que são apontados como pré-candidatos a prefeito da capital maranhense.

De acordo com o procurador regional eleitoral, Thiago Ferreira de Oliveira, os partidos “desvirtuaram a propaganda partidária, que tem como finalidade promover as ideias e programas do partido, e não ser usada como instrumento de promoção pessoal de qualquer filiado”.

O PTB, no mesmo mês, teria promovido o atual prefeito da capital maranhense, Edivaldo de Holanda Braga Júnior, filiado ao Partido Democrático Trabalhista (PDT). Nas inserções do partido, Edivaldo anunciou suas realizações no exercício do cargo. Segundo a ação, o “PTB submeteu-se a ser um veículo de propaganda do PDT e da futura candidatura do Sr. Edivaldo Holanda Júnior à reeleição ao cargo de Prefeito de São Luís”, o que também é vedado por lei.

De acordo com a PRE/MA, ao permitir a promoção pessoal de pretenso candidato a cargo eletivo em programa partidário e, no caso do PTB, permitir ainda a participação de pessoa não filiada, os partidos submeteram-se à aplicação de penalidade definida em lei, que prevê o desconto de tempo de programação no semestre seguinte àquele em que é praticado o ato ilícito.

Por esse motivo, a Procuradoria Regional Eleitoral no Maranhão pede que o direito de transmissão do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Partido Socialista Brasileiro (PSB) e Partido da Mobilização Nacional (PMN) seja reduzido em cinco vezes o tempo das inserções irregulares no primeiro semestre de 2017, já que a pena não pode ser aplicada no segundo semestre de 2016, por ser proibida a veiculação de propaganda partidária gratuita nesse período.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Envolvido em diversos escândalos e com corrupção, Márcio Coutinho filia-se ao PTB em Brasília

Advogado Márcio Coutinho

Advogado Márcio Coutinho

Márcio Coutinho já esteve envolvido em diversos escândalos com a família Lobão, recentemente ele foi apontado como o principal elo de ligação do ex-ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, com a holding Diamond Mountain, empresa que é alvo de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF).

O Advogado da família Lobão já exerceu o cargo de secretário de Articulação Política no governo Roseana, sendo exonerado e substituído pelo adjunto Rodrigo Valente e, foi o principal coordenador da campanha de Edinho em 2014.

Ele também já foi agraciado por outros políticos, como o deputado Juscelino Filho, que pagou R$ 25 mil para o advogado, com verbas da cota parlamentar da Câmara, destinada a consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos. O pagamento foi em favor dos votos que o advogado conseguiu para o deputado por meio de chantagem a lideranças políticas.

Bom em chantagens, Márcio ainda tentou se candidatar a deputado federal, mas desistiu por ser nomeado no governo Roseana e então pediu devolução do dinheiro que ele havia dado para garantir o apoio na sua pré-candidatura.

Coutinho ainda cometeu crime de nepotismo por empregar a cunhada, um primo e a esposa no governo. Exemplos não faltam para falar da boa índole do rapaz que é odiado nos quatro cantos do estado. Sua filiação ao PTB não dará em nada, pois ao contrário de simpatia, ele conquistou o desprezo de muita gente.

Não tem cabimento um homem com o passado tão sujo filia-se a um partido político, o que só aumentará a estatística de políticos corruptos no Brasil. Porque para outro fim ele certamente não servirá.

A filiação de Márcio Coutinho ao PTB aconteceu na manhã desta sexta-feira (21), em Brasília durante reunião da Executiva Nacional da legenda.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Bancadas de PDT e PTB na Câmara abandonam Dilma Rousseff

Do G1, em Brasília

O líderes de PDT e PTB na Câmara anunciaram nesta quarta-feira (5) que as bancadas dos dois partidos passarão a adotar uma posição de independência nas votações.

O deputado André Figueiredo (CE), líder do PDT, disse que a decisão foi tomada por unanimidade pela bancada do partido, em reunião à tarde, e acrescentou que não participará mais das reuniões da base aliada. A bancada pedetista tem 19 dos 513 deputados da Câmara.

O líder do PTB, deputado Jovair Arantes (PTB-GO), também anunciou no plenário que o partido votará as propostas em tramitação na Câmara de “forma independente”. O partido tem 25 deputados.

A justificativa dos deputados pedetistas é que a bancada discorda do governo em diversos temas e se sente desrespeitada ao ser acusada de infiel por tomar posições contrárias.

“Fomos frontalmente contra as medidas provisórias 665 e 664, que reduziam direitos ao seguro-desemprego e à pensão por morte. Temos tomado uma postura claramente a favor dos servidores públicos”, declarou o líder do PDT.

Figueiredo afirmou que a bancada era frequentemente desrespeitada e o partido, taxado de “infiel”. “Tomamos uma decisão porque estamos sendo, de forma recorrente, desrespeitados. O PDT está sendo chamado de infiel, traiçoeiro, quando o PDT é o único partido da base que se manifesta previamente sobre como vai se portar nas votações”, declarou Figueiredo após deixar o plenário.
PTB
Depois do PDT, o líder do PTB, Jovair Arantes, disse que a bancada do partido vai discutir as posições que adotará em cada votação.

“Hoje chegamos a uma conclusão de que a bancada declara independência em relação às votações e reserva o direito de estar votando da maneira que a bancada vai discutir. No caso do PTB, nós temos sempre pedido que a bancada acompanhe o líder do bloco, que é o deputado Leonardo Picciani (PMDB-RJ), que tem sido muito correto conosco”, afirmou o parlamentar.

Na prática, desde o início do ano, quando defendeu a eleição de Eduardo Cunha para a presidência da Câmara e passou a integrar o bloco do PMDB, o PTB já vem aderindo às posições defendidas pelos peemedebistas, inclusive em matérias que contrariam o governo. No entanto, a bancada decidiu, após reunião, oficializar a posição de independência em relação ao governo.

Ministério
André Figueiredo esclareceu que, apesar da decisão da bancada da Câmara, o partido não foi para a oposição. No entanto, quando questionado por jornalistas se a sigla poderia entregar o ministério que detém, o do Trabalho, Figueiredo não descartou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

PTB indica Roberto Fernandes para compor chapa de Washington

O Estado do Maranhão

O presidente regional do PTB no Maranhão, deputado federal Pedro Fernandes, anunciou ontem a indicação do jornalista e radialista Roberto Fernandes para compor a chapa do candidato do PT a prefeito de São Luís, Washington Luiz. Para Fernandes, Roberto agrega valor à chapa petista, na medida em que amplia sua credibilidade e respeitabilidade.

De acordo com Pedro Fernandes, a indicação de Roberto Fernandes surgiu do debate interno no PTB sobre a participação nas eleições de São Luís. “O PTB escolheu o nome de Roberto por entender ter ele o perfil adequado para compor a chapa petista. Agora vamos discutir com os demais partidos a indicação”, explicou Fernandes.

Roberto Fernandes é jornalista, radialista e estudante de Direito. Trabalha como âncora do “Ponto Final”, na Rádio Mirante AM, um dos programas jornalísticos de maior audiência no rádio maranhense. Também é apresentador e comentarista do programa “Bom Dia Mirante”, na TV Mirante.

O jornalista se disse surpreso com a indicação do seu nome, mas afirmou que, se for escolhido oficialmente, “aceitará o desafio”.

Responsável pela indicação dos nomes do PMDB, o presidente municipal da legenda, deputado estadual Roberto Costa, disse que a indicação de Roberto Fernandes vai valorizar ainda mais o debate para montagem da chapa de Washington. “O interesse dos partidos mostra também que a candidatura de Washington Luiz é absolutamente viável”, frisou.

Para o líder peemedebista, a escolha do vice deve ocorrer mesmo no início de junho, às vésperas das convenções partidárias. Até lá, outros nomes deverão surgir.

Além do PMDB e do PTB, também já manifestaram interesse em indicar o companheiro de chapa de Washington o PR e o PV.

Peemedebistas – Além de Roberto Fernandes, o PMDB já indicou a ex-prefeita Conceição Andrade, o ex-secretário estadual Luís Bulcão e o deputado estadual Afonso Manoel. O anúncio peemedebista foi feito na semana passada.

Segundo o deputado Roberto Costa, a definição da chapa majoritária se dará antes mesmo do prazo de convenções – que começa em 10 de junho. Por isso, o partido se adianta para definir quem será o seu indicado. “Temos valorosos membros nos demais partidos, mas temos os nossos nomes também. E vamos levar à discussão para o grupo”, explicou.

A coligação em torno de Washington Luiz conta, até agora, com nove partidos: PT, PMDB, PTB, PR, PSC, PRB, PV, DEM e PSD. A formação da chapa única colocará os candidatos a vereador de todos estes partidos na mesma chapa, independentemente de quantos candidatos competitivos há em cada legenda.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.