Geral

Mulher algemada há dias em Codó finalmente é transferida para SL

Foi preciso mais uma ocorrência do estado do Maranhão repercutir nacionalmente de forma negativa para que medidas fossem adotadas.

Trata-se do caso de uma presa que ficou algemada durante nove dias no corredor do Delegacia de Codó. No local não há celas apropriadas para mulheres.

Clenúbia de Souza, de 29 anos, finalmente foi transferida para o presídio feminino de São Luís, como foi mostrado na manhã desta sexta-feira (28) no Jornal Bom Dia Brasil, da Rede Globo. Ela e o marido, Juscelino Borges da Silva, foram presos com 14 pedras de crack.

Leia Mais no TopC


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.