Poder

Prefeito agride radialista em Imperatriz e diz que não tem “sangue de barata”

O prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, agrediu o radialista Justino Filho. O caso foi foi divulgado pelo comunicador nas redes sociais nesta sexta-feira (10).

Nas imagens, o profissional aparece com o supercílio ensanguentado.

De acordo com Filho, ele estava na Secretaria Municipal de Esportes para conversar com o titular da pasta, Bispo Eudes, quando Assis chegou e o agrediu.

“De repente o prefeito veio, num ato de covardia, aqui na Secretaria, alguém disse para ele, e ele pegou, veio e me agrediu covardemente”.

O radialista disse ainda que vai denunciar o prefeito na delegacia e que Assis Ramos não agrediu o Justino, mas sim o povo de Imperatriz.

“Isso é um costume dele. Ele disse que vai me matar”.

Após a denúncia, o prefeito confirmou ao Blog do Gilberto Léda a agressão e afirmou que não tem “sangue de barata”. “Uma coisa é criticar a gestão, outra é me atacar. Ele há dias vem me chamando de corrupto, dizendo que eu já era corrupto na polícia [Ramos é delegado da Polícia Civil]. E hoje, ele me esculhambou na frente dos meus servidores. Eu não tenho sangue de barata”, declarou.

Assis acrescentou que reagiu de maneira desproporcional, que reconhece o erro e que responderá por ele. Mas ressaltou que não aceita ofensas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.