Crime

Policial militar é preso com arsenal de armas de fogo e munições irregulares

IMG-20170329-WA0040

A Polícia CIvil, por intermédio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico, deu cumprimento nesta quarta-feira (29), por volta das 06h, a um mandado de busca e apreensão na residência do 3.° SGT PM Francleyton Chaves Botelho, 37 anos, situada no Bairro de Fátima. Ele foi preso em flagrante delito.

No local, foram apreendidas 5 armas de fogo, sendo: um revólver cal 38, marca Taurus, uma pistola cal. 9mm, duas espingardas, calibre 12, uma pistola cal. 380, bem como 684 munições de calibres diversos (permitidos e restritos).

Segundo informações policiais, várias denúncias davam conta de que na residência do referido policial existiam várias armas de fogo irregulares, e de que este estaria supostamente fazendo manutenção de armas de membros de facção criminosa.

Diante das circunstâncias apresentadas, Francleyton recebeu voz de prisão e foi conduzido a SENARC, onde foi autuado em flagrante pelo crime de posse irregular de armas de fogo e munições de uso restrito. Em seguida, foi encaminhado ao Presídio do Quartel do Comando Geral da PM onde ficará à disposição da justiça.

IMG-20170329-WA0038


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Policial é flagrado com sintomas de embriaguez em São Luís

3

Um policial militar ainda não identificado foi flagrado nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (29), com suspeitas de sintomas de embriaguez na Avenida Beira Mar, em São Luís. Ele foi abordado por policiais militares.

Segundo Marcos Chagas, sargento da Polícia Militar, a PM se deslocou até o local após receber contato do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops). Ele acrescentou que o Comando da Polícia Rodoviária Militar (CPRV) iria estar à frente do caso e também realizar o teste do bafômetro no militar.

4

“Nós recebemos determinações do CIOPS para deslocar até aqui para a Avenida Beira Mar que havia um carro abandonado com uma pessoa no volante. Deslocamos até o local. Foi feita a abordagem ao cidadão. Foi solicitada a documentação dele e como verificamos que ele está com sintomas nós informamos ao chefe de operações e esse por sua vez determinou uma equipe da CPRV, que é o Batalhão especializado que se deslocasse até aqui para fazer o procedimento pertinente ao caso”, relatou o sargento Marcos Chagas.

O caso vai ser conduzido pelos policiais da CPRV porque se trata de um policial militar. Os policiais militares não passaram a identificação porque eles foram orientados a não passar a identificação. A suspeita, segunda a própria PM, é de que ele esteja embriagado.

G1,MA


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Policial militar fica gravemente ferido durante acidente na BR-135

screenshot-2016-12-27-at-11-17-31

Um policial militar, lotado no 1º BPM de São Luís, identificado como Iran Mendes Martins Filho, ficou gravemente ferido durante um grave acidente ocorrido no bairro da Estiva, na BR-135, em São Luís.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o policial, que estava em um veículo Nissan Frontier, bateu na traseira na carreta de placa BAF 5632 do Paraná, com o reboque placa BAF 0218, que estava estacionada.

O condutor da caminhonete, que teve a parte frontal completamente destruída, teve lesões graves. Em seguida, ele foi encaminhado pelo Corpo de Bombeiros o Hospital Clementino Moura, o Socorrão II, na Cidade Operária.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Policial saca arma e ameaça atirar em motorista de ônibus

thumbnail_img-20161109-wa0012

Policial militar.

Um acidente de trânsito gerou uma confusão e quase acaba em tragédia, na terça-feira (08), em Sã Luís. O acidente envolveu um ônibus coletivo e o carro de um policial militar.

Imagens gravadas por um passageiro de um ônibus, que faz linha Vila Luizão/Holandeses, mostram o exato momento da discussão. Nesse momento, o PM, que ainda não foi identificado, invadiu o ônibus e ameaçou o condutor do veículo, após a batida que envolveu os dois automóveis. O filho do policial também se envolve na confusão.

No vídeo é possível ver que o motorista é xingado e ameaçado pelo filho do PM, que tenta entrar no ônibus, mas é impedido pelo pai. Logo em seguida, o próprio agente militar se dirige até o veículo, adentra o coletivo e inicia uma discussão.

Depois saca a arma da cintura e aponta para o motorista afirmando que vai atirar. A confusão deixou os passageiros em pânico. Veja o vídeo abaixo:

thumbnail_img-20161109-wa0009

Filho do policial militar.

img-20161109-wa0010


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Adolescente é apreendido suspeito de envolvimento na morte do policial militar

img-20160914-wa0006

Um adolescente de 17 anos de envolvimento na morte do sargento da Polícia Militar, executado a tiros na madrugada do último sábado (10), foi apreendido e encaminhado para Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa, na noite desta terça-feira (13).

Segundo o delegado da SHPP, Guilherme Sousa Filho, ele estava praticando uma série de assaltos na Cidade Olímpica e em outros pontos de São Luis em companhia de outras oito pessoas, quando foram abordados por policiais militares do 6º Batalhão.

As dez pessoas detidas pela Polícia Militar são suspeitas de integrarem uma quadrilha de assaltantes de carros que atua na capital. “Desse grupo, dois são suspeitos de estarem envolvidos na morte do policial. Eles disseram que foram assaltar o veiculo do sargento que teria esboçado reação o que teria motivado os disparos. Mas é apenas uma linha de investigação, pois acreditamos que pode ter sido crime por encomenda”, declarou o delegado.

O delegado ainda revelou que outros dois suspeitos de envolvimento na morte do policial já foram identificados, mas continuam foragidos. “Não vamos divulgar os nomes dos suspeitos para não atrapalhar a investigação. Foram identificados e continuam foragidos” finalizou.

Com o grupo foram apreendidos veículos, armas, drogas, balança de precisão e munição.

Entenda o caso

1473503232-427273598

O 2º Sargento Luiz Cláudio Cordeiro Baldez, lotado no Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão, foi assassinado a tiros, na madrugada de sábado (10), na porta de casa, no Ipem Turu. No momento do crime, a vítima arrumava as bagagens dentro do seu carro.

Ele estava na porta de sua residência, quando cinco homens em dois veículos efetuaram vários disparos. As primeiras informações dão conta de que a morte pode ter ligação com uma rixa entre o PM e um traficante que age na área.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Pm é preso por receptação

Um policial militar identificado como Carlos Alberto Vilanova Tavares foi preso, na manhã desta segunda-feira (23), pelo crime de receptação de roubo.

Segundo o titular da Delegacia de Roubos e Furto, Alexandre Craveiro, o agente militar adquiriu produto roubado de Robert Bruno Costa Balata, de 18 anos, suspeito de ter participado de um assalto a uma residência no bairro do Araçagy, no dia 9 de novembro.

Apos a prisão, o assaltante delatou os nomes dos outros comparsas que participaram do assalto, assim como os receptadores da mercadoria roubada.

Ainda de acordo com o delegado, um dos compradores era o policial Carlos Alberto, que adquiriu cerca de 69,5 gramas de ouro, um brinco, entre outros objetos, do autor do roubo.

O policial foi preso em seu escritório, situado na praça Deodoro, Centro de São Luís.

Robert foi detido em sua residência no bairro da Divinéia, em São Luís. Em sua residência, foram encontrados uma grande quantidade de drogas e uma balança, que caracteriza tráfico de drogas.

Robert Bruno e o policial militar Carlos Alberto Vilanova Tavares

Robert Bruno e o policial militar Carlos Alberto Vilanova Tavares


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Policial Militar e Pedreiro são assassinados na cidade de Arame

Barradocorda.news

Corpo do PM

Corpo do PM

O duplo homicídio aconteceu neste domingo (16) por volta das 22h00min no Parque de Vaquejada Augustinho Fernandes Cunha, há 2km da sede da cidade de Arame (MA).

O parque fica nas margens da MA-008 que dá acesso à cidade de Paulo Ramos (MA)No duplo homicídio foram vitimados o PM Afívio Alves Silva lotado na 5ª CIA Independente de Grajaú e atualmente desempenhando seu papel no destacamento da cidade de Arame, a outra vítima foi o pedreiro José Orlando Castro Silva, conhecido como: “Mantena”, residente na rua Rio Branco naquela cidade.

O autor do crime foi Josenilton ou (Josenildo) Carvalho Silva, vulgo “Jatobá” ou Márcio natural da cidade de Tntum-MA, solteiro, açougueiro, residente à rua Ulissis no centro de Arame.

Segundo informações José Orlando a vítima, teria derrubado sem querer o copo de cerveja do jovem conhecido como “Jatobá”, ao pedir as desculpas Jatobá não aceitou as mesmas e foi sacando a arma para atirar contra o rapaz, o polícial militar ao tentar defender o rapaz foi atingido com um disparo a altura da axila vindo a falecer no local do crime.

Os tiros também foram efetuados contra Jose Orlando que foram localizados a altura da clavícula, umbigo, tórax e mão esquerda.

Ao tomar conhecimento da morte do PM por volta das 22h00min os policiais civis Jorge Hilário e o escrivão Eldhon cumprindo sua determinação foram juntos com os policiais militares de Grajaú-MA, sob o comando do capitão Jean Leví, cabo Moura, cabo Roberto, soldado da Força Tática Ribeiro e F. Marques se dirigiram à cidade de Arame, localizada a 125 km de Grajaú, para ajudar na prisão do acusado e coletar os dados.

Foram realizadas diligencias em diversas localidades com objetivo de encontrar o acusado e coletar dados para facilitar a identificação do mesmo.

Na residência da namorada do autor a menor A.C.S.R.S que fica na rua Tancredo Neves na cidade, foram encontradas fotografias do acusado do duplo homicídio, a polícia localizou ainda o último número de telefone utilizado por “Jatobá”.

Com os disparos efetuados por “Jatobá” que matou o PM e o jovem José Orlando, houve ainda mais dois feridos, uma jovem de nome Daniela e seu namorado um atingido no pé outro na perna.

Para a polícia o crime deve ser desvendado, quem prestará depoimento sobre a tragédia será o carcereiro da DP da cidade de Arame-MA, de nome Mateus que presenciou o acontecido, e ainda pode indicar outras pessoas que foram testemunhas do fato. Segundo a polícia Mateus viu quando o acusado fugiu com o revolver calibre 38 em punho.

O PM Afívio encontrava-se apaisana no momento do homicídio, o sargento PM Welde e o cabo Carlos Augusto, estavam no local no momento do acontecido e também devem contribuir com o caso.

Policiais civil, militar e grupo de operações especiais, foram deslocados para a cidade de Arame nesta segunda-feira (17), para investigações do caso.

Jatobá esta foragido e é procurado pela polícia da região.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.