Crime

Policiais militares são presos por integrar grupo de extermínio em Aldeias Altas

Cinco policiais militares foram presos durante a Operação Balaiada, deflagrada pela Superintendência Estadual de Homicídios, Delegacias Regionais de Caxias e Timon, com apoio da Polícia Militar e Centro Tático Aéreo na manhã desta terça-feira (30).

Além dos PMs, dois homens também foram detidos.

A ação ocorreu em Caxias e Aldeias Altas, onde foram cumpridos mandados de prisão temporária e busca e apreensão expedidos pela Primeira Vara da Comarca de São Luís-MA.

Os policiais são apontados como como integrantes de grupos organizado que cometia homicídios e outros delitos penais na região de Caxias e Aldeias Altas.

As investigações seguem na Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Comissário da Polícia Civil é preso acusado de integrar grupo criminoso

Uma operação deflagrada pela Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (SECCOR), culminou na prisão de um comissário da Polícia Civil, Eduardo Daniel Ribeiro, em Igarapé do Meio. Ele é acusado dos crimes de concussão, associação criminosa e receptação e era lotado na Delegacia Regional de Santa Inês.

A ação ocorreu nas cidades de Santa Inês, Santa Luzia e Igarapé do Meio.

Segundo informações policiais, Eduardo faz parte de um grupo que tem como integrantes o policial militar reformado José Alves dos Santos e o Jose Raimundo Alves dos Santos, irmão do PM, que já exerceu as funções de carcereiro na Delegacia de Santa Luzia. Os dos últimos estão foragidos.

A operação também cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do PM reformado, onde foi encontrada uma arma do tipo pistola e motocicletas.

Em investigação conduzida pela Seccor, foi constatado que os criminosos exigiam valores de proprietários de motocicletas que haviam sido roubadas para que estes tivessem seus veículos restituídos.

O mesmo grupo já havia sido investigado pela Seccor, no ano de 2016, acusados de exigir dinheiro de receptadores de motocicletas roubadas para que os não fossem presos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Sargento reformado da PM é preso com moto roubada em Viana

Um sargento reformado da Policia Militar do Maranhão identificado como Janilson Santos Corrêa foi preso com uma motocicleta roubada em Viana. José Nelson Pinto Pereira também foi detido.

Segundo informações, a dupla estava transitando com o veículo quando foi abordada pela Força Tática da PMMA. Na ocasião, foi constatado que a moto estava sem placas e com sinais visíveis de adulteração.

José Nelson afirmou que o proprietário daquela moto era o Sgt PMMA reformado Janilson.

Ainda de acordo com a polícia, Nelson apresentou, ainda, documento de identificação supostamente falso, tendo sido autuado também pelo uso de documento falso.

Além de usar moto roubada, foi descoberto que o sargento estava cometendo crime de de prevaricação, pois o objeto produto de crime, uma Motocicleta Bros, fora tomado de assalto na cidade de Cururupu/MA e posteriormente apreendido pela guarnição que o militar fazia parte, não tendo sido restituído ao proprietário, ficando na posse de Janilson, que alegou ter recebido o referido veículo de presente do Comandante daquela Unidade da PMMA, à época.

Ambos foram autuado pela prática de crimes previstos no Artigo 180, “caput” do Código Penal Brasileiro.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Candidata do concurso da PM morre após passar mal em teste físico em São Luís

Uma candidata do concurso da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) identificada como Daniele Nunes Silva, de 24 anos, morreu na tarde de terça-feira (30) após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) durante um Teste de Aptidão Física (TAF) realizado em São Luís. Daniele era natural do município de Barra do Corda.

Segundo Renilton Ferreira, delegado regional de Barra do Corda, Daniele exercia a função de escrivã de polícia na cidade de Barra do Corda e tinha o sonho de ingressar na carreira policial.

“Ela atuava como funcionária administrativa e exercia também a função de escrivã de polícia. Então, ela era quem cuidava de toda parte administrativa daqui da Regional juntamente comigo, e também fazia diversos procedimentos ao meu lado. Ela tinha esse sonho de ingressar na carreira policial”, desabafou o delegado.

O delegado acrescentou que Daniele Nunes já estava trabalhando na área policial há cerca de dois anos e meio. Ele disse também que a jovem já havia prestado também o concurso para a polícia do estado do Piauí antes de ser aprovada no Maranhão.“Ela já estava conosco há dois anos e meio aproximadamente. Ela já vinha estudando há muito tempo e bem antes de sair a prova ela já vinha estudando para concursos e tinha, inclusive, prestado o concurso da polícia do estado do Piauí e agora prestou aqui do estado do Maranhão, o estado natal dela, e teve aprovação”.

O corpo de Daniele Nunes Silva, que ainda se encontra no Instituto Médico Legal (IML), na capital, será encaminhado para Barra do Corpo onde será enterrado.

G1,MA


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Homem é preso após furtar televisões no Hotel Pestana

Um homem identificado como Davi Sodré de Jesus, de 30 anos, foi preso, nesta quinta-feira (14), furtando televisores no Hotel Pestana, localizado no Calhau.

Segundo a Polícia Militar, Davi foi flagrado por funcionários do hotel furtando 2 televisões de 32 polegadas, sendo, uma de marca PHILIPS, outra de marca SAMSUNG.

Após a prisão em flagrante, o criminoso foi encaminhado para a delegacia, onde foram tomadas as medidas cabíveis.

thumbnail_IMG-20170914-WA0100


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Policiais militares do Mato Grosso são presos após manter família refém no Maranhão

Do G1,MA

page

Da esquerda para direita: dois policiais militares de Mato Grosso e dois homens, cuja identidades não foram divulgadas.

Dois policiais militares da Rotam do Batalhão de Rondas Ostensivas Tático Móvel da Polícia Militar (PM) de Mato Grosso foram presos no município de Santa Luzia, a 294 km de São Luís.

Eles são suspeitos de fazerem uma família refém para cobrar uma dívida. O caso ocorreu no povoado Faíza, localizado na zona rural da cidade.

e74fdb3d1296ad58999b9eee9a58e3aa

Segundo a polícia, eles teriam chegado a manter uma família, refém, amarrada, sob a mira de armas para forçar o pagamento da tal dívida. O soldado Edoriel Tales Taques Albuquerque e o cabo Wellington Bispo Nunes agiram junto com outros dois homens, que também foram presos, de acordo com a polícia.

O comando da PM de Mato Grosso foi informado da prisão dos policiais e disse que os dois haviam pedido folga no início da semana.

Com o grupo, a polícia apreendeu armas as armas usadas para intimidar as vítimas, além de rádios de comunicação.

6d6d9262c26635a93551372daadea8f2


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Homem rouba viatura da PM e capota em Panaquatira

screenshot-2016-12-09-at-09-07-19

Um homem tomou uma viatura da polícia em Panaquatira, na zona Metropolitana de São Luís, e capotou com o veículo, nessa quinta‐feira, 9.

O suspeito não identificado, entrou no carro do 13º Batalhão da Polícia Militar, enquanto os policiais atendiam a um chamado em uma casa de shows no bairro do Cruzeiro, em São José de Ribamar.

Enquanto os policiais estavam no estabelecimento, o homem entrou no carro e saiu. Os PMs pediram ajuda para fazer buscas, e o carro foi encontrado capotado na estrada de Panaquatira.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Policial Militar morre durante assalto a agência dos Correios, em Tufilândia

IMG-20160617-WA0070
Um policial militar, identificado como soldado Caldas, morreu durante um assalto ocorrido, na tarde desta sexta-feira (17), na agência dos Correios, em Tufilândia.

Segundo informações, quatro bandidos invadiram o local e anunciaram o assalto, em seguida a Polícia Militar foi acionada. Quando os policiais estavam tentando negociar com os criminosos, um militar acabou virando refém dos bandidos.

Assim que o reforço policial chegou a agência, um dos assaltantes efetuou disparos contra o PM que estava em seu poder. Após a execução, houve confronto e dois bandidos também foram mortos.

O soldado estava lotado no 7º Batalhão de Pindaré-Mirim, no entanto trabalhava em Tufilândia.

A Polícia continua realizando buscas pela região, a fim de encontrar os outros dois bandidos que conseguiram se evadir do local.

Screenshot-2016-06-17-at-16.48.33

IMG-20160617-WA0069


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Por filha, mãe desesperada furta loja e comove policiais

1466073225-333014853

No último domingo (12), um acontecimento que resultaria em prisão acabou ganhando outro rumo após policiais militares se sensibilizarem com os motivos que levaram uma mãe a cometer um furto.

A mulher, identificada apenas como Alaneça, foi flagrada por seguranças de uma loja de varejo escondendo produtos dentro de uma bolsa para não pagar por eles. Na ocasião, a polícia foi chamada para detê-la, mas acabou não realizando o procedimento ao ouvir os motivos que a levaram a cometer o crime.

O tenente Ricardo contou que Alaneça teria furtado duas latas de leite, uma boneca, copos de empilhar fralda XG, um liquidificador e dois recipientes de detergente para remediar as necessidades da filha de quatro anos, que tem deficiência.

Após ser verificado que ela nunca havia sido presa e que realmente tem uma filha com deficiência, os policiais retornaram com ela para a loja, informaram as circunstâncias do furto e foram ao caixa pagar pelos produtos. A seguir, eles a conduziram para sua residência a apenas a advertiram para que a conduta não se repetisse.

Imirante


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tudo sobre:
Crime

Policial militar é preso acusado de integrar quadrilha especializada em roubo a Banco

Um policial militar, identificado como Karuzo Silva Oliveira, lotado no 3º BPM de Imperatriz, foi preso pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais – SEIC, em um cumprimento de mandado de prisão preventiva, nesta quarta-feira (1º), na cidade de Imperatriz, acusado de integrar uma quadrilha especializada em roubo a banco.

Segundo informações da SEIC, a prisão do PM foi possível após investigações do Departamento de Roubo a Banco, que detectou que ele seria o responsável pelos assaltos de Buriticupu e Santa Luzia e do armamento que foi apreendido em Imperatriz no dia 12 de abril de 2016.

Karuzo foi encaminhado para a sede da Seic, em São Luís, onde prestará maiores esclarecimentos. Em seguida, deverá ser recambiado para a prisão do quartel da Polícia Militar, no bairro do Calhau, onde ficará à disposição da Justiça.

thumbnail_IMG-20160601-WA0040


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.