Poder

Irregularidades em obra de quadra em Peritoró causaram prejuízo de R$ 252 mil, diz CGU

A Controladoria-Geral da União (CGU) realizou uma auditoria em obras da Prefeitura de Peritoró no período de 9 a 13 de novembro de 2015 e constatou diversas irregularidades.

Entre as construções visitadas, estava a Quadra Poliesportiva Eurenice, localizada na Vila Independência, que é fruto de um convênio entre o governo Federal e a Prefeitura. A obra foi orçada em R$ 509.980,20 mil.

Durante a fiscalização, os auditores da União verificaram que a execução dos serviços estava paralisada. Além disso, no local não havia restos de materiais de construção – areia, barro, brita, tijolos; tinham ervas daninhas florescendo no interior da construção, que tudo indica que estava abandonada; paredes semidestruídas por populares.

O relatório produzido pelos fiscalizadores ressalta que na área não foi identificado nenhum depósito, placa, nem serviço de vigilância da construção.

E ao analisar a documentação da obra, os agentes detectaram também que havia itens da planilha de execução físico-financeira, não foram executados, porém pagos indevidamente. “Tal fato revela a inexistência de fiscalização do contrato e/ou fragilidades no controle e acompanhamento na execução da obra por parte da Prefeitura” frisou a CGU.

O prejuízo causado pelas irregularidades giram em torno de R$ 252.997,08 mil.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

CGU aponta direcionamento de licitação de obra em Peritoró

Auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) aponta que houve direcionamento em licitação de obra de quadras poliesportivas em Peritoró.

Segundo o relatório da CGU, foram constatadas as práticas irregulares relacionadas ao limite à competitividade, que guardam relação a um possível direcionamento do processo licitatório.

No edital, de acordo com a auditoria, não ouve parcelamento do objeto, mas teve menção de dois lotes que foram definidos como Lote I – construção de Quadra Poliesportiva. Valor de R$ 508.765,50 (Quinhentos e oito mil setecentos e sessenta e cinco reais e cinquenta centavos); Lote II – cobertura de Quadra Pequena. Valor de R$
184.330,94 (Cento e oitenta e quatro mil trezentos e trinta reais e noventa e quatro centavos).

Além disso, teve a vedação à participação de consórcios sem a devida motivação e apesar do edital da licitação descrever os dois itens objetos da licitação, na publicação do resumo deste houve menção somente à Construção de Quadra Poliesportiva, entre outras irregularidades.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Diversa Cooperativa fatura contrato de R$ 8 milhões na Prefeitura de Peritoró

Para fornecer mão de obra terceirizada em caráter complementar de apoio administrativo e expediente para suprir a carência das Secretarias municipais de Peritoró, a Diversa Cooperativa de Trabalho de Serviços Múltiplos vai receber R$ 8.093.181,10 milhões dos cofres públicos.

A Cooperativa, que é de propriedade de Adriana Gomes Saraiva, Dulcijane do Lago Silva e Francisco Bezerra da Costa Júnior, fica localizada no bairro do Vinhais, em São Luís.

A empresa ludovicense enviará profissionais para trabalhar nas Secretarias de Saúde, Educação e Administração, Finanças e Gestão, segundo o Diário Oficial do Maranhão (DOE-MA).

Os acordos contratuais foram orçados nos valores de R$ 1.551.191,30 (Um Milhão Quinhentos e Cinquenta e Um Mil e Cento e Noventa e Um Reais e Trinta Centavos), R$ 4.896.715,00 (Quatro Milhões Oitocentos e Noventa e Seis Mil e Setecentos e Quinze Reais), R$ 1.645.274,80 (Um Milhão Seiscentos e Quarenta e Cinco Mil e Duzentos e Setenta e Quatro Reais e Oitenta Centavos).

peritoró

peritoró1

peritoró2


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Polícia apreende 120 kg de maconha em Peritoró

1487606939-388021728

Policiais da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc) apreenderam 120 KG de maconha, na tarde desse domingo (19), próximo ao terminal rodoviário da cidade Peritoró, no interior do Estado. De acordo com informações da polícia, a droga foi encontrada no bagageiro de um ônibus de turismo que vinha do Estado de Goiás. A droga estava embalada em caixas de papelão

Ainda segundo informações policiais, o homem identificado como Hugo Wendel da Silva, de 25 anos, confessou ser o proprietário da droga. Ele foi autuado pelo crime de tráfico interestadual de drogas, e foi encaminhado ao Centro de triagem de Pedrinhas.

Do Imirante


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de Peritoró vai gastar R$ 747 mil em recuperação de estradas vicinais

R$ 747.913,55 mil. Esse é o valor que será pago pelo prefeito de Peritoró, Jozias Oliveira, para realizar infraestrutura em estradas vicinais da cidade.

A ganhadora do contrato foi a empresa Agecom – Empreendimentos e Construções Ltda, que terá até julho de 2017 para executar as obras.

O dinheiro que será pago a empresa é oriundo do convênio nº 820400/2015 firmado entre a Prefeitura e a Codevasf. Veja quais serão os trechos asfaltados pela construtora:

peritoro


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Acidente mata três pessoas em Peritoró

acidente

Três pessoas morreram e duas ficaram gravemente feridos na tarde desta quinta-feira (15), na BR-316, durante uma colisão entre um veículo de passeio e um caminhão baú.

Segundo as primeiras informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu no município de Peritoró, a 236 km de São Luís, nas proximidades do Posto da PRF.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Empresa investigada pelo Gaeco já faturou R$ 13,6 milhões em Peritoró

A Cooperativa Maranhense de Trabalho e Prestação de Serviços – COOPMAR tem atuado fortemente na Prefeitura de Peritoró e lucrado cifras milionárias com contratos de prestação de serviços.

A gestão do referido município foi citada nas investigações do Ministério Público, que apuram desvios de mais de R$ 200 milhões em 17 Prefeituras do Maranhão. Somente a Coopmar, em três anos, faturou R$ 230 milhões com o esquema criminoso montado com o objetivo de fraudar licitações.

No ano de 2015, a Cooperativa ganhou contratos avaliados em R$ 5.860.199,25 milhões em Peritoró. Em 2016, a Prefeitura renovou os acordos contratuais e a Coopmar foi contemplada com R$ 7.755.485,76 milhões, que devem ser pagos até o final desse do ano corrente.

Ao todo, a empresa vai lucrar R$ 13.615.685,01 milhões dos cofres públicos. Veja, abaixo, os contratos extraídos do Diário Oficial.

Leia também:

Veja a lista das 17 Prefeituras investigadas pelo Gaeco por fraude em licitação

Esquema criminoso que envolve Prefeituras desviou R$ 170 milhões

Entenda o caso

As investigações do Ministério Público apontaram que as prefeituras maranhenses estavam envolvidas em um esquema que desviou cerca de R$ 170 milhões dos cofres públicos. Segundo representação do órgão, houve irregularidades na contratação da Cooperativa Maranhense de Trabalho e Prestação de Serviços – COOPMAR e mais de 10 empresas.

Ainda durante as investigações, foi apurado que a empresa envolvida no esquema, ao longo de três anos, recebeu repasses de prefeituras na ordem de R$ 230 milhões.

A investigação também apurou que alguns cooperados dirigentes receberam, diretamente ou por meio de suas empresas, cifras milionárias, enquanto a maioria dos trabalhadores recebia um salário mínimo mensal. Durante as investigações e a partir das solicitações feitas pela CGU, já foi possível recuperar mais de R$ 3 milhões em contribuições previdenciárias que haviam sido retidas dos trabalhadores, mas não eram declaradas nem recolhidas aos cofres da Previdência Social.

Como funcionava

Segundo as investigações, as prefeituras contratavam a COOPMAR, que não tinha estrutura de cooperativa com divisão de lucros, mas sim de uma empresa comum. O esquema era montado para que pudessem participar apenas cooperativas e por ser uma cooperativa de fachada era a única empresa a vencer os processos de licitação.

Um pequeno grupo da cooperativa se beneficiava com os recursos milionários por meio de suas empresas, enquanto a maioria dos trabalhadores recebia um salário mínimo mensal. Há indícios de montagem de licitação, além de pratica de subdimensionamento de valor a ser pago por profissional com a intenção de afastar os interessados e direcionar o objeto da contratação.

peritoro

Contratos de 2015.

peritoro1

Contratos de 2016.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Polícia apreende 30 kg de maconha em Peritoró

droga

Uma jovem identificada como Taís Carlos Lima da Silva, de 20 anos, foi presa nesta sexta-feira (7) no município de Peritoró, a 236 km de São Luís, após ser flagrada com 49 tabletes de maconha embalados.

Segundo informações da polícia, por meio de uma denúncia anônima, a equipe policial descobriu que Taís Carlos Lima da Silva passaria pela a rodoviária de Peritoró com a droga. Pelo o nome da empresa de transporte eles identificaram o ônibus e passaram a fazer uma revista minuciosa.

Ainda de acordo com os policiais, durante a abordagem no veículo foi encontrado os 49 tabletes de maconha embalados. Após o flagrante, a jovem foi presa e encaminhada para a polícia.

Taís Carlos Lima da Silva saiu da cidade de Teresina, no Piauí, de táxi fretado por traficantes até Caxias, a 360 km da capital, segundo a polícia, onde pegou o ônibus. De Peritoró, local onde foi presa em flagrante, ela seguiria para a entrega final em São Luís.

G1, MA


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Policial Militar é preso com 300 kg de maconha em Peritoró

IMG-20160816-WA0015

A Polícia Civil, por meio da Superintendência de Repressão ao Narcotráfico (SENARC), apreendeu 300 quilos de maconha, na cidade de Peritoró, na madrugada desta terça-feira (16). Na ocasião, um cabo da Polícia Militar, Jennylson, foi preso.

Segundo informações da polícia, as investigações iniciaram após denúncias de que o PM, que é lotado no Pelotão de Peritoró, estaria envolvido na distribuição de drogas nos municípios de Coroatá, Pedreiras e Peritoró.

Ainda de acordo com a SENARC, policial militar foi interceptado quando transportava, em uma carreta, mais de 300 quilos de maconha. No momento da prisão, mais duas pessoas foram detidas. A ação policial foi realizada próximo a rodoviária de Peritoró.

A substância ilícita seria distribuída em São Luís. O cabo da PM e os seus comparsas foram encaminhados para a sede da Superintendência de Repressão ao Narcotráfico, na capital maranhense e serão autuados em tráfico de drogas.

IMG-20160816-WA0013

IMG-20160816-WA0014


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Polícia prende ex-militar das Forças Armadas com 60 kg de drogas

IMG-20160704-WA0017

Policiais da Superintendência Estadual de Repressão ao Nacortráfico (Senarc) prendei um ex-militar das Forças Armadas, em Peritoró, com 60 quilos de maconha.

Segundo informações da polícia, o ex-militar foi identificado como Elton Silas Campos de Andrade, de 30 anos, e estava em veículo prisma de placas PVC-9072 de Minas Gerais quando foi abordado pelos policiais. Ele atuava na Aeronáutica.

A polícia suspeita de que a droga seja oriunda do Tocantins. Elton foi encaminhado para a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), onde está sendo apresentado. Ele foi autuado em flagrante delito por tráfico de drogas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.