Poder

Prefeitura de São Luís fecha com empresa proibida de contratar com o poder público

A Prefeitura de São Luís contratou a empresa paranaense Dataprom Equipamentos e Serviços de Informática, no ano de 2014, para realizar o serviço de bilhetagem automática no município por R$ 8.630.000,00 milhões.

No entanto, a empresa estava impedida, desde 2013, de licitar com a administração pública pelo prazo de cinco anos.

A decisão foi do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, que detectou uma série de irregularidades na empresa, por meio de uma auditoria designada pela Portaria nº 704/13. Como se percebe, o Município de São Luís negligenciou a determinação do órgão fiscalizador e firmou parceria com a empresa em situação irregular.

As suspeitas de irregularidade da parceria vão além da contratação da empresa impedida. A Dataprom havia sido contratada com uma finalidade, expressa em licitação, mas acabou desenvolvendo outras atividades, por meio de vários aditivos.

IMG-20160511-WA0007

IMG-20160511-WA0164

IMG-20160511-WA0008

IMG-20160511-WA0009

1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Criança leva arma do pai pra escola e dá tiro na própria cabeça sem querer

estudante-1024x768

Um caso triste aconteceu no Paranã, em Paço do Lumiar. Uma criança que estuda na Unidade de Educação Básica daquele bairro, identificado como  Mateus Rodrigues, de 12 anos morreu após dar um tiro na própria cabeça quando estava brincando com uma arma no interior da escola.

Informações dão conta de que Mateus, tirava fotos com a  pistola .380 quando a mesma teria disparado, ele ainda teria conseguido sair do banheiro da escola onde fazia as fotos, mas acabou caindo já sem vida no pátio.

A policia já está investigando a origem da arma. Aguarde mais informações


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.