Poder

Polícia prende dois acusados de tentarem atear fogo em ônibus na Vila Maracujá

Na noite da última segunda-feira (23), criminosos tentaram atear fogo em um ônibus da linha Maracujá, no entanto não lograram êxito.

Em seguida, a Polícia Militar iniciou buscas por toda região da Vila Maracujá a fim de localizar os envolvidos. Já na noite de terça-feira (24), por volta das 23h30, os policias militares obtiveram informações do esconderijos dos suspeitos.

Ao chegar ao local, na Rua da União, no Alto do Paraíso/ Residencial 2000, a equipe militar encontrou dois indivíduos suspeitos dos ataques. Foi feita uma revista no imóvel e foram apreendidos dois revólveres calibre 38.

A dupla foi encaminhada para o Plantão da Cidade Operária, onde foram feitos os procedimentos cabíveis.

Ataque

Os bombeiros confirmaram mais uma tentativa de ataque a coletivo em São Luís. De acordo com o órgão, o fato aconteceu por volta das 20h de hoje, na localidade conhecida por Vila Maracujá, nas proximidades do Aterro da Ribeira, São Luís. De acordo com os bombeiros, homens obrigaram o motorista e alguns passageiros a descer do veículo e jogaram álcool no veículo.

Ainda segundo os bombeiros, após lançarem fogo, populares impediram que as chamas tomassem conta do veículo. Após o fato, a polícia foi acionada.

thumbnail_IMG-20160525-WA0000


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ônibus circulam normalmente nesta segunda-feira, em São Luís

1432666301-513661585
Os coletivos circulam, normalmente, na manhã desta segunda-feira (23), após quatro dias de ataques a ônibus na Região Metropolitana de São Luís. O caso mais recente aconteceu na noite de ontem (22), no bairro Alto do Turu, em São José de Ribamar.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) garantiu, por meio de nota divulgada na noite de ontem, o funcionamento de 100% da frota de ônibus de São Luís hoje. O recolhimento foi feito mais cedo, por volta das 22h, para evitar novos ataques.

Leia a nota na íntegra:

O SET – Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís vem, por meio desta nota, esclarecer que:

1 – lamenta profundamente a ação dos vândalos que, por motivos complementares alheios ao transporte público, estão incendiando ônibus na cidade de São Luís;

2 – manterá 100% da frota programada nas ruas, ao contrário do que vem sendo veiculado em alguns meios de comunicação;

3 – confia totalmente no sistema de segurança do governo do estado doMaranhão, e na captura dos vândalos envolvidos nestes episódios;

Nem o SET, nem os nossos colaboradores e muito menos a população de São Luís será refém de bandidos e vândalos que estão tentando implantar o pânico e o terror na nossa cidade.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Ônibus são recolhidos após novos ataques, em São Luís

onibus_parquejair

Ônibus incendiado no Parque Jair

Os ônibus que circulam em São Luís serão todos recolhidos ainda nesta noite (20). A decisão foi do presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, Isaías Castelo Branco, após novos ataques ocorridos no início da noite desta sexta-feira nas proximidades do ponto final do Parque Jair (Paço do Lumiar), no bairro Nova Terra (São José de Ribamar) e na Estrada do Cajueiro, na Vila Maranhão (São Luís). Tod noos ficam na região metropolitana da capital.

Segundo o presidente do Sttrema, o ataque no Parque Jair ocorreu por volta das 18h30 e o coletivo que faz linha para a localidade Vassoural foi completamente destruído.

Ainda conforme o presidente do Sttrema, com esses novos ataques a ordem a partir de agora é retirar todas as frotas de circulação na grande São Luís. “Nós não vamos correr riscos. Os ônibus serão recolhidos e eu acredito que até no máximo umas oito e meia da noite já estejam todos guardados”.

O presidente do Sttrema disse que os ônibus só voltarão a circular na capital a partir das 5h deste sábado, e caso haja novos ataques à ordem é recolher novamente. “Nós voltamos a circular a partir das cinco horas, mas se tiver algum ataque nós nos reuniremos e se for preciso recolheremos toda a frota novamente”, finalizou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Ordem dos ataques partiu de Pedrinhas e acusados são apresentados pela Polícia

1463765245-987369584

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP­MA) apresentou, na tarde desta sexta-­feira (20), os acusados de comandar os ataques a ônibus em São Luís, que começaram na noite de ontem. Pelo menos sete veículos foram incendiados em vários bairros da capital. Segundo a polícia, 12 pessoas foram presas e dois menores apreendidos.

Destes, cinco já estavam no presídio e, mesmo assim, são acusados de participação nas ações criminosas. Segundo a cúpula da PM, líderes de facões comandaram de dentro do Complexo Penitenciários os ataques. “Alguns têm ligação com a quadrilha que realizou ataques semelhantes a dois anos. Estes criminosos sentirão o poder da força da Segurança”, ressaltou o secretário de segurança, Jefferson Portela.

Ele falou ainda que as prisões devem continuar, mesmo com identificação dos autores intelectuais. Estas informações, segundo a polícia, foram levantadas pela investigação e apresentadas ao Poder Judiciário ainda na manhã desta sexta. Portela se reuniu com dois juízes da Vara de Execuções Penais para solicitar a imediata emissão do mandado de prisão em flagrante dos suspeitos.

“Esses criminosos foram presos na ocasião do primeiro evento, há dois anos, e deveriam permanecer presos. Querem implantar o mesmo clima de terror que houve em 2014, mas isso não será aceito”, afirmou.

NOMES DOS ACUSADOS DE LIDERAR ATAQUES

Dentro da cadeia
Wandeley Moraes (Paiakan)
Carlos César Viegas (Carlito)
Henrique Borges Chagas (Black)
Eliakim Davila Machado (Sadrak)
Leandersson Nonato dos Santos (Léo Pirento)

Fora da cadeia
Welington José Almeida
Benta Azevedo Souza
Rayan Vitor Nogueira
Janilson Nunes Ribeiro
Bruno Sá Pereira
Alciane Pereira Brandão

Do Estadão


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Sindicato dos Rodoviários nega recolhimento total da frota de ônibus

onibus
No começo da tarde desta sexta-feira (20), o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários do Maranhão (Sttrema), Isaías Castelo Branco, afirmou por meio de nota, que não haverá paralisação total da frota de ônibus na capital.

Três linhas já foram retiradas de circulação: João de Deus, Coroadinho e Sol e Mar, na ordem de ataque ocorrido desde a manhã de hoje. O presidente disse que “Se continuar os ataques serão recolhidos os carros.

Todas as linhas que forem sendo atacadas nós vamos recolhendo”, e comentou sobre os boatos de recolhimento total às 18h30 de hoje “Essa decisão ainda não foi tomada, porque ainda vamos nos reunir na tarde deste sexta-feira, com a Secretaria de Segurança Pública no Palácio dos Leões, para decidirmos se faremos ou não o recolhimento.

Veja a nota na íntegra:

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão informa que após reunião entre o Presidente e demais diretores da entidade no final da manhã desta sexta-feira, ficou definido que a proporção que mais ônibus forem atacados, a frota da linha em questão será recolhida e os veículos levados para as garagens, até que a situação seja normalizada na grande São Luís.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Mais um ônibus é atacado por bandidos em São Luís

A onda de terror em São Luís parece que vai continuar por toda sexta-feira (20). Mais um ônibus foi alvo de ataque de criminosos no bairro do Coroadinho.

A ação criminosa não foi exitosa contra o veículo que faz a linha Coroadinho­/Bom Jesus e os bandidos se evadiram. A Polícia Militar já está no local tomando as medidas cabíveis.

A informação foi confirmada pelo superintendente do Sindicato das Empresas de Transportes (SET), Luís Cláudio, que negou que os ônibus serão recolhidos às garagens agora pela manhã. Ele disse que o ônibus ficou parcialmente queimado

Até o momento foram quatro ataques a ônibus confirmados e duas tentativas.

thumbnail_IMG-20160520-WA0072


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Presos suspeitos de ataques a ônibus em São Luís

ataque
Na madrugada desta sexta-feira (20), a polícia prendeu os suspeitos pelos ataques a ônibus ocorridos na noite de quinta-feira (19), em São Luís.

Os envolvidos no crime são cinco homens, duas mulheres e um adolescente. Dois deles participaram dos ataques em 2014, que resultaram na morte de uma criança de seis anos, segundo a polícia. Os nomes, no entanto, ainda não foram divulgados pela polícia.

Segundo informou comandante do Batalhão Tiradentes, coronel Marques Neto, as prisões foram efetuadas por volta de 1h40, na região da Forquilha. Com eles, a Polícia Militar encontrou pelo menos um galão para combustível. Todos foram encaminhados ao Plantão Central do bairro do Cohatrac.

O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, garantiu que todo o efetivo foi acionado para garantir a segurança da população e que os esforços são para identificar os mandantes dos ataques. As ordens, que de acordo com Portela, partiram do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

No ponto final do bairro da Liberdade, a SSP-MA inicia uma grande ação de reforço à segurança pública e investigação sobrre os ataques. “Todo o sistema policial está mobilizado, Polícia Militar e Civil. Passamos a madrugada e vamos atravessar a manhã. (…) A força do Estado vai prevalecer”, disse o secretário.

As investigações serão comandadas pelo Departamento de Combate ao Crime Organizado da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), segundo informou Portela.

flaviodino

Na madrugada, a cúpula da Segurança Pública se reuniu com o governador do Maranhão, Flávio Dino, que determinou as medidas necessárias e cabíveis para garantia da paz.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado da Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) afirmou que as ações podem ser reação à retomada da ‘autoridade sobre o sistema penitenciário’; que os executores ‘sofrerão as penas previstas em lei’ e condenou ‘a disseminação de pânico por mensagens falsas via WhatsApp’.

Veja a nota da SSP-MA na íntegra:

Os episódios de incêndios criminosos a ônibus estavam há mais de 17 meses sem ocorrer. Neste período, foi feita a opção clara de enfrentar as facções criminosas, resultando em sucessivas apreensões de grande quantidade de armas e drogas. Além disso, o Estado recuperou sua autoridade sobre o sistema penitenciário.


Tais medidas geram reações de vários tipos, entre os quais eventos como os de ontem.
Informamos que os bandidos que determinaram e executaram tais ações já foram localizados e sofrerão as penas previstas em lei.

Além disso, tranquilizamos a todos em face de grande mobilização das forças de segurança realizada desde ontem e que continuará hoje, inclusive no período noturno.

Alertamos que uma das técnicas dos bandidos envolve a disseminação de pânico por mensagens falsas via WhatsApp, exatamente para tentar mostrar força diante da firme ação do Estado.


Pedimos que as pessoas de bem não espalhem tais mensagens, baseando-se apenas nas informações e orientações emanadas das autoridades policiais.

O Governo do Estado tem investido muito no fortalecimento das nossas Polícias, com mais policiais, armas e viaturas. Esse processo é contínuo e progressivamente vai resultar no fim dessas ações de grupos de crime organizado que, infelizmente, atuam há muitos anos no Maranhão.

A força da lei, das pessoas de bem e da Polícia vai vencer.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Empresas de ônibus entram na Justiça para suspender licitação

29/07/2013. Crédito: Honório Moreira/OIMP/D.A Press. Brasil. São Luis - MA. Número de assaltos a ônibus este ano já supera todo o ano passado na capital, diz Sindicato dos Rodoviários de São Luis

O Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de São Luis (SET) ingressou com um pedido de tutela antecipada na Justiça para suspender imediatamente a licitação do transporte público da capital maranhense por possuir supostas irregularidades. O processo de licitação do transporte público da capital está marcado para as 9h do dia 12 de maio.

A ação foi encaminhada para a 4ª Vara da Fazenda Pública de São Luís no dia 9 de maio. A petição levada à Justiça pelo SET diz que não há detalhamento dos custos da operação, conservação, segurança, reformas prediais e manutenção dos terminais de integração, no projeto básico.

O sindicato afirma que foi esgotado o prazo concedido ao município para instituir o Plano Municipal de Mobilidade Urbana, o que constitui pressuposto da própria concorrência para a prestação dos serviços, sendo que, dessa forma, não se sabe como serão atendidas, por exemplo, as exigências constantes no artigo 10, da Lei 12.587/12.

“A contratação dos serviços de transporte público coletivo será precedida de licitação e deverá observar as seguintes diretrizes: I – fixação de metas de qualidade e desempenho a serem atingidas e seus instrumentos de controle e avaliação; II – definição dos incentivos e das penalidades aplicáveis vinculadas à consecução ou não das metas; III – alocação dos riscos econômicos e financeiros entre os contratados e o poder concedente; IV – estabelecimento das condições e meios para a prestação de informações operacionais, contábeis e financeiras ao poder concedente; V – identificação de eventuais fontes de receitas alternativas, complementares, acessórias ou de projetos associados, bem como da parcela destinada à modicidade tarifária.”

A falta da planilha que comprove a tarifa de equilíbrio do sistema proposto no início da operação e na implantação do sistema integrado também foi apontada no documento, assim como o prazo de uma semana concedido para adequação da idade mínima da frota convencional e de um mês para a disponibilização de veículo articulado, a ilegal disposição sobre os consórcios e outros pontos.

A petição quer ainda que seja imposta multa diária equivalente a R$ 20.000,00 para a prefeitura de São Luís e para todos os integrantes da Comissão Licitante, segundo previsto no artigo 536 e do Código de Processo Civil.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade / Poder

Desperdícios das publicidades do Governo do Maranhão

O Governo do Maranhão tem investido bastante em publicidade. Na capital, por exemplo, podem ser vistos vários outdoors em pontos estratégicos, divulgando ações e projetos da administração pública estadual.

Não é a primeira vez que a agência comete erros com as peças publicitárias. O blog trouxe pela primeira vez um erro publicitário em matéria veicula sob o título “Agência comete erro com propaganda do Governo“.

A publicidade em ônibus também tem sido uma das ferramentas de mídia usada pelo Governo. Com relação a esse tipo de publicidade, conhecida como busdoor, o Blog recebeu uma imagem intrigante. Na peça publicitária é notório um grande desperdício na parte inferior, contendo apenas a logomarca do Governo do Maranhão e um grande espaço em branco.  Enquanto, na parte superior aparece a imagem incompleta, comprometendo o texto informativo.

Pelo visto, os investimentos feitos com as peças de publicidades parecem mais desperdício, conforme mostra a imagem abaixo:

e807eddae7cc2b16d36723f61615fd70


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Greve dos rodoviários é suspensa em São Luís

1_paralisacao_onibus-227042

A pedido do procurador do município de São Luís, advogado Marcos Braide, a desembargadora Ilka Esdra, do Tribunal Regional do Trabalho no Maranhão (TRT-MA) decretou, na tarde desta terça-feira (23), que 70% da frota de ônibus volte a circular pela capital maranhense.

No despacho, a magistrado afirmou que  se for descumprida a decisão judicial será aplicada multa de R$ 50 mil por dia.

“Sindicatos requeridos garantam a prestação de serviços essenciais da comunidade, disponibilizando para este fim u mínimo de 70% da frota de ônibus em funcionamento, em todas as linhas e itinerários e em todos os horários, com os respectivos motoristas e cobradores para o atendimento mínimo necessário à população e todos os horário” determinou a desembargadora.

O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário no Maranhão (Sttrema) entrou em acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) e Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte Público (SMTT) para suspender a greve que iniciou desde a manhã desta terça-feira em toda a São Luís.

Uma nova rodada de negociações que acontece desde o início da tarde na sede do órgão, terminou agora e ficou decidido que a greve será suspensa até sexta-feira, caso o acordo não seja cumprido os rodoviários voltarão a fazer greve.
Em reunião que ocorreu na manhã desta terça-feira, a SMTT apresentou uma proposta em que os empresários teriam de efetuar o pagamento de 40%, referente ao adiantamento de salário dos motoristas, na quarta-feira o de cobradores e fiscais até no máximo, sexta-feira.

IMG-20160223-WA0054


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.