Poder

Obra inacabada no Bequimão vira abrigo de usuários de drogas e assaltantes

Uma obra inacabada de um condomínio no Bequimão, em São Luís, está causando diversos transtornos aos moradores do bairro. É que, além da infestação de ratos e insetos, o local começou a atrair usuários de drogas e assaltantes. A denúncia foi feita por um leitor do Blog do Neto Ferreira que, por medo de represálias, preferiu não ser identificado.

“Essa situação já está assim há muito tempo, e agora começou a ficar mais grave. À noite os vagabundos, os usuários de drogas e os assaltantes se amontoam aí. É um perigo para os moradores do bairro, os assaltos já aumentaram consideravelmente por aqui. Os órgãos competentes precisam tomar uma providência”, reclamou o morador.

Ainda segundo o morador, a obra é de responsabilidade do governo federal. Ele também afirmou que um suposto corretor de imóveis está dando golpes em diversas pessoas, ‘vendendo’ os apartamentos inacabados, que deveriam atender pessoas de baixa renda da região. Veja, abaixo, as imagens.

condoiminio1

condominio2

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de Mirador recebe verba, mas não entrega obra federal

Diversas crianças que vivem no município de Mirador, interior do Maranhão, aguardam ansiosos a conclusão da escola creche de educação infantil que deveriam ter sido engregue, depois da liberação de verba do Programa Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, do governo federal.

O sonho e desejo de ter acesso à educação virou pesadelo diante do atraso no que já deveriam estar concluídas, conforme mostra abaixo a placa do inicio e termino da obra que beneficiaria a população. A obra começou a ser construída em 2010 e o convênio nº702516/2010.

Na creche Proinfância tipo B, foi anunciado com capacidade para 250 crianças de 6 a 3 anos. Ocorre que já se passaram cinco anos e as autoridades competentes não dão nenhuma posição referente à data de entrega.

Os detalhes do convênio comprovam que 100 porcento dos recursos foram liberados para a construção. O que dá a entender que este não seria o motivo pela demora.

O Ministério Público Federal deve questionar a Prefeitura de Mirador para saber como foram gastos as verbas federais.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Obra paga e abandonada pelo governo Roseana Sarney; veja o vídeo

Foi realizado um empenho para a construção de uma ponte no povoado Balandro próximo ao município de Bequimão, no dia 7 de julho de 2010, ao valor de R$ 594.791 mil.

O primeiro pagamento foi efetuado no dia, 17, de setembro de 2010 para a empresa Makete Construções e Terraplenagem Ltda., no valor de R$ 254.502, para inicialização da construção da ponte.

Só que a empresa Makete Cosntruções de fato, abandonou a obra deixando mais de cinco mil pessoas em estado de calamidade pública ao atravessar em ponte de madeira.

Por falta da ponte, acaba dificultando o acesso de populares de 12 povoados que Liga ao município de Bequimão: Balandro, Santa Vitória, Iribuí, Juraraitá, Calhau, Ponta dos Soares, Barroso, Floresta, Santana, Centrinho, Suassui e Beirada.

Porém, até hoje a obra nunca foi concluída para o desespero da população, como se observa nas imagens chocantes abaixo:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.