Poder

Escândalo: construtora de noiva de prefeito fatura R$ 837 mil em Nova Olinda

Delmar Sobrinho e sua esposa, a agraciada.

Delmar Sobrinho e sua esposa, a agraciada.

A Procuradoria do Estado do Maranhão deve abrir investigação para apurar um escândalo com recursos público de convênios celebrados entra o governo Roseana Sarney e a Prefeitura de Nova Olinda do Maranhão.

Documentos obtidos pelo Blog do Neto Ferreira, mostram quem o prefeito Delmar Sobrinho desafiou o Ministério Público do Maranhão e contratou no mínimo duas vezes com recurso do estado a construtora Noelia Cutrim Pereira – ME, de propriedade de sua noiva.

De acordo com dados da Receita Federal, a empresa foi criada no dia 13 de novembro de 2013 a véspera de realizar grandes obras no município. Em menos de dois meses, foi contratada por duas vezes no dia 26 de dezembro do mesmo ano para serviço de implantação de infraestrutura em estradas vicinais na zona rural do município pelo valor de 708.779,66.

No segundo contrato, a empresa da esposa de Sobrinho também foi novamente agraciada no esquema para realizar serviços de recuperação de estradas vicinais do povoado Inganzal à sede, na zona rural do município, sob o valor de 128.617,00. O prazo para executar as obras são de 90 dias.

O escândalo envolvendo o prefeito e sua noiva, Noelia Cutrim Pereira, afronta a legalidade, moralidade e impessoalidade da gestão pública.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.