Poder

Em entrevista Gastão Vieira diz que 'Sarney nunca lhe impôs nada'

O Globo – Por Demétrio Weber

Ministro do Turismo Gastão Vieira

Ministro do Turismo Gastão Vieira

Político maranhense ligado ao clâ Sarney, o ministro do Turismo, Gastão Vieira, diz que o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), nunca lhe impôs nada. Veja abaixo a entrevista:

O que significa ser do clã Sarney?
GASTÃO VIEIRA: Significa que o grupo político a que eu pertenço, no Maranhão, é o grupo político do Sarney. Eu me elegi deputado estadual a primeira vez em 1986, dentro do grupo. Fiz minha carreira na Câmara (está no quinto mandato de deputado federal). E nunca permiti que qualquer conveniência partidária fizesse com que o meu eleitor não se orgulhasse do meu trabalho. O Sarney… Ele nunca me impôs nada.

— Como é a sua relação com José Sarney?
VIEIRA: Não adianta eu querer explicar, porque ninguém quer, parece, acreditar. Mas é uma relação muito cordial, uma relação de muito respeito. Ele me respeita muito, minhas posições, sabe?

— Ele pega o telefone para dizer: ‘Faça isto, faça aquilo’?
VIEIRA: Nunca, nunca, nunca fez isso comigo. Nunca pegou telefone para me dar ordem: ‘Você tem que fazer ou deixar de fazer isso, aquilo, aquilo outro.’

— O que ele lhe disse em relação ao Ministério do Turismo?
VIEIRA: Que ele tem absoluta convicção, pela minha história que eu construí no Maranhão, que eu vou me sair bem aqui.

— O sr. tem um genro que exercia cargo comissionado na Câmara e pediu demissão esta semana, após o caso ser revelado pelo GLOBO. O sr. considera que houve nepotismo?
VIEIRA: Se nós olharmos a interpretação de uma portaria que a Câmara baixou, não há dúvida que sim. Mas, se você olhar a súmula do Supremo (Tribunal Federal), evidentemente ali não está contido. Mas, na dúvida e diante dos holofotes, ele tomou a atitude de se sacrificar, pedir demissão. É um bom profissional. Tenho certeza que voltará ao mercado rapidamente.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.