Política

Sarney tenta evitar crise com Mauro Fecury

Mauro, Sarney e Clóvis Fecury.

Mauro, Sarney e Clóvis Fecury.

O ex-senador José Sarney (PMDB), anda preocupado com o posicionamento do dono do império Uniceuma, Mauro Fecury. Tudo isso devido o filho de Mauro, o suplente de senador Clóvis Fecury (sem partido), ter sido destituído da presidência do partido dos Democratas.

Segundo fontes, Sarney teria ajudado o ex-secretário de Roseana Sarney, Fernando Fialho, e o deputado federal Juscelino Filho (PRP), na trama para tomar a sigla da família Fecury.

Para tentar amenizar uma possível crise, ex-senador ligou para o Mauro Fecury pelo menos três vezes se justificando e garantiu não ter participação na conspiração. Sarney ainda pediu que o empresário recebesse em sua residencia, que fica na Península da Ponta da Areia, os novos patronos do DEM no Maranhão.

No encontro, que teve a participação dos deputados Juscelino Filho, Stenio Rezende e do novo presidente do DEM, o advogado Augusto Herbert Lima Serra, parente do senador João Alberto, ficou claro pelo semblante de Fecury o descontentamento.

A conspiração que tem como coadjuvante Sarney é reflexo da aliança do DEM com o PCdoB do governador Flávio Dino.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

João Alberto pede licença do Senado e abre vaga para Clóvis Fecury

João Alberto mostra que é homem de palavra e deixa o Senado abrindo a vaga para Clovis Fecury

João Alberto mostra que é homem de palavra e deixa o Senado abrindo a vaga para Clovis Fecury

Como já era previsto, o senador João Alberto (PMDB) pediu licença do Senado Federal, para cumprir com o seu acordo político firmado na época com os democratas Clóvis Fecury e Mauro Fecury.

Além do acordo, a saída de João Alberto é motivada também por interesses políticos em Bacabal, um dos sonhos do todo poderoso, é se eleger a prefeito da cidade pacata de Bacabal.

Em seu lugar, assume o primeiro suplente Clóvis Fecury (DEM), ex-deputado federal. Ele é o 15º suplente no exercício do mandato.

João Alberto foi convidado para compor o governo oligarca, na Secretaria de Assessoria de Programas Especiais da Casa Civil do Maranhão.
Clóvis Fecuri será empossado ainda hoje como senador.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Bomba! Mauro Fecury e Clóvis Fecury repassaram verba para empresa-fantasma

Da Folha

Mauro Fecury ao lado do filho Clovis Fecury

Mauro Fecury ao lado do filho Clovis Fecury

Dois ex-congressistas do Maranhão repassaram parte da verba de custeio da atividade parlamentar para uma empresa-fantasma.

O ex-senador Mauro Fecury (PMDB) e o ex-deputado Clóvis Fecury (DEM-MA), seu filho, repassaram juntos R$ 189.129,66 à Discovery Transporte a título de ressarcimento de gastos com o fretamento de táxi aéreo.

A Discovery Transporte não tem avião, sede ou funcionários e não está registrada na Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), condição necessária para voar.

No endereço informado pela empresa à Receita Federal, há uma casa em um conjunto habitacional simples.

Recursos da cota dos Fecury foram repassados à Discovery entre junho de 2009 e novembro de 2010.

A empresa também recebeu dinheiro da cota do deputado José Vieira (PR-MA).

O ex-senador Mauro Fecury foi eleito suplente da ex-senadora Roseana Sarney (PMDB) em 2002.

Ele assumiu a vaga definitivamente em abril de 2009, quando ela renunciou ao cargo para assumir o governo do Maranhão. Em agosto e novembro de 2001, Mauro Fecury destinou R$ 47.650 à Discovery Transporte.

Na eleição de 2010, o ex-senador foi eleito segundo suplente do senador João Alberto de Souza (PMDB-MA).

Após dois mandatos como deputado federal, Clóvis Fecury foi eleito, em 2010, primeiro suplente do senador João Alberto.

Segundo o site da Câmara dos Deputados, Clóvis destinou um total de R$ 141.479,66 à empresa. A última suposta viagem do ex-deputado custou R$ 24.400, em novembro de 2010.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.