Poder

Secretário crítica saída temporária de presos

O secretário de Segurança Pública do Maranhão, Marcos Affonso foi entrevistado nesta segunda-feira (29), no Bom Dia Mirante. Na entrevista, ele falou sobre as ações da polícia para conter o aumento da violência no Estado. De acordo com ele, os crimes, em sua maioria, estão ligados ao tráfico de drogas e à fragilidade da legislação. “A principal causa é o tráfico de drogas. É triste, não exime nossa responsabilidade, mas é uma realidade. É um absurdo que você tenha no final do ano mais de 250 presos na rua. Pessoas que cometeram crimes violentos estão nas ruas e em muitos casos são reincidentes. A culpa não é da polícia, é da legislação fraca. Como cidadão e como secretário eu defendo o fim da saída temporária para crimes violentos”, ressaltou.

Neste fim de semana, nove homicídios foram registrados na Região Metropolitana de São Luís. De acordo com o Observatório da Violência, um grupo criado por representantes da Justiça, das policias, advogados e da sociedade civil, a violência no Maranhão aumentou cerca de 400%, entre 2000 e 2012.

Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, de janeiro até novembro, já foram registrados 824 assassinatos, na região metropolitana de São Luís. O levantamento aponta, ainda, que foram registrados 112 assassinatos em novembro, considerado o mês mais violento de 2014.

“Tivemos uma redução significativa de crimes este mês, se comparados aos números do mês passado e, também, ao mês de dezembro do ano passado. Vamos manter a operação de segurança para o fim de ano até o dia 4, para que o novo governo possa assumir com tranquilidade”, declarou o secretário. Ainda de acordo com ele, os crimes, em sua maioria, estão ligados ao tráfico de drogas e à fragilidade da legislação. (Do G1).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mundo

Rigo Teles destaca posse de Marcos Affonso na Segurança

O deputado Rigo Teles (PV) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (14), para destacar a posse do delegado Marcos Affonso Júnior como novo secretário de Segurança Pública do Estado do Maranhão. O cargo foi transmitido pelo ex-secretário Ricardo Murad, na terça-feira (13), em solenidade realizada no gabinete do SSP, no Outeiro da Cruz.

O parlamentar disse que Marcos Affonso conhece muito bem o Sistema de Segurança Pública do Estado do Maranhão, pois foi titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos, da Delegacia de Entorpecentes, da Delegacia Regional de Açailândia e presidente da comissão de delegados, criada na década de 90 pela Assembleia Legislativa para combater o crime organizado.

Para Rigo Teles, o secretário Marcos Affonso também foi brilhante em seus 16 anos de carreira quando ocupou as superintendências de Polícia Civil da Capital e do Interior, por duas vezes consecutivas, a Presidência da Associação dos Delegados de Polícia (Adepol), a Superintendência Estadual de Investigação Criminal (SEIC) e a Superintendência da Sub-Delegacia Geral.

Na avaliação do deputado Rigo Teles, a governadora Roseana Sarney soube muito bem escolher o novo secretário de Seguraça Pública. “Ao longo de 16 anos de carreira como delegado da Polícia Civil, o secretário Marcos Affonso Júnior sempre se destacou e foi elogiado, pelo competente e dedicado trabalho para garantir a segurança do povo do Maranhão”, reconhece.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Marcos Affonso é empossado na Secretaria de Segurança Pública

Delegado Marcos Affonso.

Delegado Marcos Affonso.

O delegado Marcos José de Moraes Affonso Júnior assumiu na manhã desta terça-feira, (3), como novo secretário de Estado de Segurança Pública. O cargo foi transmitido pelo secretário Ricardo Murad, em solenidade no gabinete do órgão, no Outeiro da Cruz.

Marcos Affonso Júnior está há 16 anos como delegado de carreira da Polícia Civil do Maranhão. Com perfil operacional, ele assume a pasta afirmando que sua gestão será pautada na integração das forças policiais e num firme combate à violência. Antes, Marcos Affonso exercia a função de delegado geral adjunto da Polícia Civil.

Uma das medidas anunciadas em seu discurso de posse será a reativação do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), que reúne polícias estaduais e federais, para traçar ações conjuntas de combate às facções criminosas. Qualificar os policiais civis e militares e do Corpo de Bombeiros e buscar maior valorização do servidor, também foram medidas anunciadas pelo novo secretário.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.