Poder

“Oposição não pretende fazer CPI política”, diz deputado

Deputado Marcelo Tavares

Deputado Marcelo Tavares

O líder da Oposição, deputado Marcelo Tavares (PSB), declarou, que não faz sentido a afirmação de que parlamentares oposicionistas estão querendo criar uma CPI política para apurar casos de crimes de pistolagem praticados no Estado.

“Não existe na Oposição a intenção de fazer uma CPI política, até porque é impossível fazer uma CPI política nesta Casa, pela Oposição, porque nosso regimento não permite isso. A Oposição aqui na Assembleia Legislativa não tem condições de sozinha fazer uma CPI política”, afirmou Marcelo Tavares.

Ele explicou que a bancada oposicionista é formada por apenas 10 deputados e, no caso de formação de uma CPI, constituída de sete membros, caberia à Oposição indicar apenas dois nomes: um pelo Bloco formado pelo PSB, PPS e PCdoB, e outro membro pelo Bloco constituído pelo PDT e PSDB.

“Então se a Casa entende que não deve fazer uma CPI contra a pistolagem, o argumento não pode ser de que seria uma CPI política, porque nós não temos número para fazer uma CPI política. A partir do momento que a CPI fosse instalada, o presidente e o relator a serem eleitos com certeza seriam do governo, não seriam da oposição, porque nós só teríamos dois membros. Então é impossível para a bancada de oposição nesta Casa fazer uma CPI política”, argumentou.

Para Marcelo Tavares, as CPIs são importantes e precisam ter o apoio de parlamentares governistas e da oposição. Ele lembrou que, durante sua gestão como presidente da Assembleia, há dois anos, foram criadas duas CPIs, que obtiveram desempenho exitoso: a CPI do Combate à Pedofilia e a CPI do Caso Euromar.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Deputado Roberto Costa é apoiado após denunciar sumiço de R$ 73 milhões

Costa pede explicações da Prefeitura de São Luís

Costa pede explicações da Prefeitura de São Luís

Na sessão, vários deputados manifestaram apoio ao deputado Roberto Costa (PMDB), que denunciou na semana passada o sumiço de R$ 73 milhões das contas da Prefeitura de São Luís, provenientes de um convênio entre governo do Maranhão e o município — dinheiro esse que, por decisão judicial, deveria ser devolvido ao governo estadual.

O deputado Marcelo Tavares (PSB), conhecido por ser ferrenho opositor à atual gestão do governo Roseana, abraçou a causa e deu razão a Roberto Costa, afirmando que o colega está correto em cobrar esclarecimentos do prefeito João Castelo (PSDB).

Raimundo Cutrim (DEM) também deu razão ao colega Roberto Costa e, inclusive, cobrou providências por parte da Assembleia Legislativa para saber do destino dos R$ 73 milhões. O parlamentar sugeriu que fosse criada uma comissão para investigar o caso e justificou que o assunto deve ser debatido na casa, já que não se trata somente de um assunto da esfera municipal.

Roberto Costa lamentou o posicionamento do prefeito João Castelo. “Ninguém consegue dar uma explicação para dizer aonde foi parar os R$ 73 milhões.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Marcos Silva vira X9 dos Tavares

Marcos Silva e Marcelo Tavares

Marcos Silva e Marcelo Tavares

“A luta muda a vida”, realmente muda mesmo!!! O dono do PSTU sempre esteve a disposição daqueles que se dizem “oposição” no Maranhão, isso desde o ano de 2002. Marco Silva já se submeteu a ser laranja, em várias oportunidades eleitorais.

Hoje (29), o dono do PSTU no Maranhão, Marcos Silva, esteve na Assembléia Legislativa para municiar o líder da oposição Marcelo Tavares – sobrinho do ex-governador José Reinaldo, que responde processo por formação de quadrilha -, sobre o acontecimentos internos da Caema, visto que o mesmo é funcionário daquela Companhia.

Aí está o porquê dos debates na Assembléia Legislativa serem sempre dentro da politicalha hipocrita e sem embasamento algum, pois ser municiado por alguém que não tem acesso aos verdadeiros fatos é no mínimo irresponsabilidade, pois se basear em comentários de rádio corredor é completamente fora de proposito.

A conspiração de Silva na Assembleia Legislativa

A conspiração de Silva na Assembleia Legislativa

Com certeza, as informações do X9 foram em relação a transferência da vinda do presidente da Caema, que estaria hoje na Casa, e sobre as conversas de aumento da taxa dos serviços prestados pela companhia.   

O que esperar de um partido que se diz ético e moralista, que diz diferenciado das “oposições tradicionais” servir de X9 dos Tavares, que mamaram por mais de 40 anos nas tetas dos governos do grupo Sarne?

Que vergonha!!! Principalmente porque X9 significa alcaguete, dedo duro, fofoqueiro, delator, linguarudo. Esta expressão foi cunhada no extinto presídio do Carandiru onde  no Pavilhão X9 eram encarcerados os responsáveis por crimes hediondos, como sequestro, estupro, entre outros, como delação premiada.

Se prestar a esse papel é ridiculo, principalmente para um cara como Marco Silva, que tenta passar para coletividade que o pensamento do PSTU se afasta das hipocrisias da burguesia.

Com toda sinceridade, o que podemos esperar de alguém que se prestou a ser laranja e agora X9 de uma “oposição burguesa”, que não tem proposta nenhuma de mudança, cuja luta é apenas o poder? Essa é a luta que muda a vida, Marco Silva?

Do blog Caio Hostilio e Gilberto Leda


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Marcelo Tavares critica duramente Dulce Brito

Marcelo Taraves criticou duramente a diretora Dulce Brito

Marcelo Taraves criticou duramente a diretora Dulce Brito

O ex-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Tavares (PSB), voltou a criticar duramente a Diretoria de Comunicação da Casa. Por três vezes na sessão de ontem (22), Tavares criticou a Comunicação do parlamento maranhense.

Depois de utilizar o pequeno expediente, Tavares voltou a Tribuna da Casa e iniciou seu segundo discurso do dia alfinetando a Comunicação da Assembleia.

“Peço à Diretoria da Comunicação que não corte o meu som desta vez, como cortou o meu pronunciamento no Pequeno Expediente a respeito dos helicópteros”, afirmou.

Continue lendo no blog do Jorge Aragão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.