Maranhão

Escolas estão abandonadas em Governador Nunes Freire

Prefeito de Governador Nunes Freire, Marcel Everton Dantas Silva

Prefeito de Governador Nunes Freire, Marcel Everton Dantas Silva

É corriqueiro os problemas com a educação no estado. Quando não falta a merenda, falta o transporte, professores e até mesmo uma estrutura adequada para manter alunos em salas de aula, principalmente no interior do estado.

Na cidade de Governador Nunes Freire, o Ministério Público do Maranhão (MPMA), recomendou ao prefeito, Marcel Dantas Silva e ao secretário de Educação, João Marinho, que fizessem modificações e interdições em dez escolas de ensino fundamental do município.

Entre as irregularidades encontradas nas escolas foi constatado que algumas salas de aula funcionam separadamente dos prédios. E outras em edificações cedidas ou alugadas. Inclusiva, a sala de uma escola que funciona no prédio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STTR) do município. Há outro cômodo que serve para local como classe e secretaria ao mesmo tempo.

Em outros casos algumas salas funcionam sem janela e os sanitários são inadequados para uso.

As escolas que se encontram em situação de abandono são – São José I, Faixa do Clóvis, Reginaldo Lima dos Santos, Severo Soares dos Santos, Antonio Torres, Governador Nunes Freire, Hamilton Werneck, Vila União, Povoado Macaxeira 2 e Pequeno Príncipe.

A recomendação da promotora de justiça Laura Amélia Barbosa requer a construção de prédios próprios, a regularização do fornecimento de merenda escolar e a compra de equipamentos, entre carteiras e ventiladores.

As solicitações devem ser cumpridas no prazo de 30 dias, com exceção das que requerem prazo específico.

Veja foto da situação de algumas escolas:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.