Poder

Em Barra do Corda, manifestantes participam da Marcha contra a Corrupção

população expressando sua revolta

população expressando sua revolta

Em Barra do Corda, a coisa não está cheirando nada bem! Na manhã de hoje, 07,  jovens decidiram ir às ruas, com intuito de chamar a atenção das autoridades

O desfile teve como assunto principal a manifestação contra a corrupção na cidade.

Os manifestantes foram cercados por seguranças “capangas” do prefeito com a tentativa de intimida-los.

O prefeito Manoel Mariano Sousa, o “Nenzin”, ainda tentou mudar o local do desfile, com medo de represálias por parte dos manifestantes.

Nenzin assistiu ao manifesto de camarote, onde faixas e cartazes foram erguidas contra a sua má administração.

Já é visível que boa parte da população não irá apoia-lo na sua reeleição em 2012.

CENSURA – O povo de Barra do Corda luta pela liberdade de expressão, já não bastasse tantos escândalos protagonizados pela familia Teles que gerou a “Operação Astiages”, que motivou na prisão de nove pessoas (reveja). Agora o prefeito tenta censurar a  unica rádio da cidade que mostra as mazelas cometidas pelo seu governo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Folha repercute denúncia do blog

A placa descriminando o valor da ponte do Rio Corda

A placa detalhando o valor da ponte do Rio Corda

Conforme publicado neste blog no dia ,17 , o esquema feito na prefeitura de Barra do Corda junto com o Minstério do Turismo envolvendo obras e empreiteiras fantasmas (reveja). A Folha.com repercute hoje as informações denúnciadas no blog em primeira mão envolvendo a empresa “Planmetas”.

Veja abaixo na integra

Da Folha.com

Recursos assegurados pelo ministro do Turismo, Pedro Novais, para uma obra no Maranhão beneficiaram uma cidade sem nenhuma vocação turística e uma empreiteira fantasma, cuja sede fica em um conjunto habitacional na periferia de São Luís, a capital do Estado, informa reportagem de Dimmi Amora, Andreza Matais e Felipe Seligman, publicada na Folha deste sábado (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

No ano passado, quando exercia o mandato de deputado federal, Novais apresentou emenda ao Orçamento da União para destinar R$ 1 milhão do Ministério do Turismo à construção de uma ponte em Barra do Corda (450 km ao sul de São Luís).

O ministério comandado por Novais foi alvo na semana passada da Operação Voucher, da Polícia Federal. A operação investiga suspeitas desvios de recurso em um convênio de R$ 4,5 milhões do ministério com uma entidade privada sem fins lucrativos, o Ibrasi (Instituto Brasileiro de Desenvolvimento de Infraestrutura Sustentável).

As investigações, que começaram em abril deste ano, aponta que dinheiro do Ministério do Turismo que deveriam treinar pessoas no Amapá foram desviados por meio de todo o tipo de fraude, incluindo ONG de fachada, notas fiscais falsas e a conivência de funcionários públicos.

OUTRO LADO

O ministro Pedro Novais informou que direcionou recursos de emenda para Barra do Corda quando era deputado por avaliar que o turismo pode ajudar a cidade a garantir mais qualidade de vida à população local.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Barra do Corda recebeu mais de R$ 7 milhões em repasses do Ministério do

O prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano de Sousa, o Nenzin (PV), recebeu mais de R$ 7,5 milhões em convênios realizados, só neste ano, com o Ministério do Turismo.

Todos os recursos foram destinados para construção de ponte sobre o Rio Mearim, urbanização e iluminação de ruas, pavimentação asfáltica em alguns bairros, construção da ponte que fica sobre o Rio Corda, urbanização do Balneário Guajajaras.

Manoel Mariano Sousa recebeu os recursos federais e nunca concluiu as ações que foram firmadas junto ao Ministério do Turismo.

Percebe-se o desinteresse do prefeito em não realizar as obras que foram elaboradas e mostradas ao ministro Pedro Novais.

INVESTIGAÇÕES – Novas prisões da Polícia Federal podem ser efetuadas por esses dias. O Tribunal de Contas da União (TCU) está investigando as irregularidades nos repasses feitos pelo Ministério do Turismo a prefeitura de Barra do Corda e outros municípios do Maranhão.

Confira abaixo a relação dos repasses feitos pelo Ministério do Turismo para a prefeitura de Barra do Corda e mais 21 prefeituras do Maranhão:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.