Poder

‘Eu nunca irei apoiar Aderoldo para prefeito de Barra do Corda’, diz Pedro Telis

Pedro Telis

Pedro Telis

Na tarde de ontem terça-feira, 09, o agiota e ex-secretário de Finanças de Barra do Corda, Pedro Alberto Telis de Sousa entrou em contato com o titular do blog para esclarecer os reais motivos de sua briga política entre seu pai, o prefeito Manoel Mariano de Sousa, e seu irmão o deputado estadual Rigo Telis.

Pedro Telis afirmou ao blog que se o grupo político guiado pelo prefeito lançar a pré-candidatura a prefeito de Barra do Corda qualquer outra nome, ele terá maior prazer em apoiar, porém, permanecendo o mesmo nome do segurança conhecido por Aderoldo, não participará deste grupo, assegurado pela sua expressão política.

“Eu apoio qualquer outra pessoa, menos o Aderoldo, se o prefeito colocar outro nome o meu grupo fará parte desta pré-candidatura” disse Pedro Telis.

Ao ser indagado pelo blog, se poderia acontecer de se juntar com a oposição para enfrentar o grupo do próprio pai, respondeu em tom de arrogância. “Eu não vou pra oposição, neste caso, a oposição que tem que ir comigo e não eu ir atrás deles”.

O agiota folou sobre sua demissão da secretaria de Finanças de Barra do Corda gerando um desgaste familiar e político e noticiado pelo blog (reveja).

“Na verdade Neto Ferreira, eu não fui exonerado como você havia colocado em seu blog, eu realmente tinha voltado para secretaria e estava resolvendo algumas coisas, quando o prefeito me demitiu, ou seja, eu nem cheguei a reassumir a secretaria, apenas fui demitido antes mesmo de ser nomeado”, disse.

Além disso, Pedro Telis afirmou que não está rompido com a parte paterna e principalmente com seu irmão, deputado estadual Rigo Teles. O empresário declarou que tem maior parte dos vereadores no grupo liderado por ele, e principalmente a sua esposa Nilda Barbalho, Presidente da Câmara de Vereadores de Barra do Corda.

Ao final, em tom de brincadeira, o agiota falou que gosta é que a mídia fale em seu nome, que não liga quando surgem ofensas ou duras criticas direcionadas a ele.

O que se compreende é que o agiota Pedro Telis, está disposto a tudo para não apoiar Aderoldo, mesmo se possível se unir com a oposição e pior: se aliar ao Avelar para derrotar o grupo político do próprio pai. Isso que é consideração…


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Promotor de Barra do Corda garante anulação de concurso fraudulento

O promotor de Justiça de Barra do Corda, Jorge Ribeiro, em resposta a perguntas no Grupo BDC, no facebook, garante que o concurso público realizado pela prefeitura barra-cordense em dezembro de 2009, “foi anulado administrativamente em abril de 2011, através de portaria devidamente publicada no Diário Oficial do Maranhão.”

Acrescentou o promotor, que atualmente corre na justiça comum, recurso que declara nulas as nomeações realizadas em cumprimento às decisões liminares da Justiça do Trabalho, porque não se poderiam nomear “candidatos a um concurso já anulado.”

Explicou o promotor que o Superior Tribunal de Justiça deverá apreciar, ainda este mês, “a incompetência absoluta da Justiça do Trabalho para apreciar questões relacionadas ao concurso público.”

Em Barra do Corda, os aprovados no concurso público da prefeitura reuniram-se na quinta-feira 3, no auditório da Academia Barra-Cordense Letras, e decidiram levar uma Comissão ao promotor Jorge Ribeiro para interceder pela não anulação do concurso público.

Da Turma da Barra


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Veja a realidade e o caos da educação de Barra do Corda

Em Barra do Corda, a realidade da educação na zona rural é exatamente essa, um município onde o prefeito Manoel Mariano de Sousa (PV) e o ex-secretário de Finanças, seu filho Pedro Alberto Teles de Sousa, desviaram mais de R$ 50 milhões de reais. Como se observa, os estudantes não tem uma estrutura escolar descente, merenda escolar e nem dignidade. Abaixo o vídeo:

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Processo de cassação do prefeito de Barra do Corda entra na pauta de hoje no TRE

Manoel Mariano de Sousa

Manoel Mariano de Sousa

O prefeito Manoel Mariano de Sousa (PV), o Nenzim, poderá perde os direitos políticos por atos de improbidade administrativa em decisão do Tribunal Regional Eleitoral.

O pleno apreciará o processo de cassação do prefeito de Barra do Corda, que está na pauta de hoje e será julgado.

Segundo informações, Nenzim corre grande risco de ser cassado ainda hoje, o processo não é nada favorável ao prefeito.

Na época o ex-prefeito Raimundo Avelar Sampaio Peixoto recorreu a Justiça Eleitoral pedindo a perda do mandato após o escândalo de corrupção que foi constatado o desvio de R$ 50 milhões, motivando a ‘Operação Astiages’ da Polícia Federal que Manoel Mariano de Sousa e seus filhos o ex-secretário de Finanças Pedro Alberto Teles de Sousa e Sandra Maria teles de Sousa tiveram suas prisões decretadas pela justiça federal. Daqui a pouco mais informações…


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Após denúncia, agiota é exonerado da secretaria de Finanças de Barra do Corda

Pedro Teles foi desmoralizado ao sair escorraçado da Prefeitura de Barra do Cora

Pedro Teles foi desmoralizado ao sair escorraçado da Prefeitura de Barra do Cora

No dia, 21 deste mês, o blog denunciou  que” O agiota Pedro Teles, preso pela Polícia Federal na Operação Astiages, reassumiu a secretaria de Finanças em Barra do Corda” (reveja).

Após a denúncia em que chama atenção do Ministério Público, os parentes e aliados políticos do prefeito Manoel Mariano de Sousa (PV), o Nenzim,  se reuniram e decidiram vetar a permanência do filho e agiota Pedro Teles, no cargo de secretário de Finanças do município.

Pedro Alberto Teles de Sousa se quer, chegou a passar (3) dias no cargo mais cobiçado do município, onde todos os recursos passam pela Pasta, só que o agiota foi escorraçado saindo desmoralizado da secretaria por meio de intervenção dos próprios familiares que rejeitam a sua permanência.

Segundo fonte que trabalha da prefeitura, as irmãs Sandra Maria Teles e Sandra Helena Teles de imediato queimou a permanência do agiota no posto, depois da “Operação Astiages” que resultou na prisão de filhos e parentes do prefeito,  Manoel Mariano de Sousa segue apenas as orientações das filhas e do deputado estadual Rigo Teles (PV) hoje desafeto de Pedro Teles.

A briga entre os irmãos por cargos na prefeitura, é de faca e foice, atualmente o ex-secretário de Finanças, vive isolado politicamente em Barra do Corda, onde voltará a atuar com força no ramo ilegal de agiotagem. Atenção Polícia Federa!!!


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Agiota preso pela Polícia Federal reassume secretaria de Finanças em Barra do Corda

Pedro Telis irmão do deputado estadual Rigo Telis

Pedro Telis irmão do deputado estadual Rigo Telis

Atenção Ministério Público, o prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano de Sousa (PV) o “Nenzin”, efetivou novamente no cargo de secretário de Finanças do Município, o filho e agiota Pedro Teles.

Pedro Alberto Teles de Sousa que reassumiu na segunda-feira, 19, a secretaria de Finanças da prefeitura de Barra do Corda, em meio ao clamor da população que contestou sua entrada na gestão, devido o escândalo motivado pela “Operação Astiages” da Polícia Federal no dia, 03, de fevereiro deste ano, que resultou na sua prisão e da irmã, Sandra Maria, mas ambos acabaram libertados por força de uma liminar do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O agiota foi acusado de ser o mentor de uma organização criminosa, com um núcleo de “laranjas”. Pedro Teles na época, secretário de Finanças e Manoel Mariano de Sousa, o “Nenzin” prefeito de Barra do Corda foram acusados de ser os principais integrantes da quadrilha, que de acordo com a Policia Federal, movimentaram irregularmente R$ 50 milhões entre 2005 e 2010.

É  incorreto e imoral que Teles reassuma a secretária, depois do escândalo protagonizado após a operação deflagrada pela Polícia Federal, além do nepotismo descarado que fere o princípio da impessoalidade e da moralidade pública cometido pelo gestor que conduz como se estivese fazendo da prefeitura uma empesa particular, onde se nomea filhos e parentes.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeito de Barra do Corda persegue 'funcionária pública'

Prefeito de Barra do Corda covardemente persegue funcionária concursada

Prefeito de Barra do Corda covardemente persegue funcionária concursada

Na cidade pacata de Barra do Corda no Maranhão, a população ainda vive na época do coronelismo que é praticado pelo prefeito Manoel Mariano de Sousa (PV) o “Nenzin”.

Simplesmente, “Nenzin” vem perseguindo diariamente uma funcionária de carreira da municipalidade, com mais de 10 anos de serviços prestados, Luciene Nascimento Matos que tem o cargo de Auxiliar de Serviços de Informática (Matrícula-2272-1) é concursada pela prefeitura desta cidade.

A confusão e perseguição por parte do prefeito começou depois, que a servidora participou do “Movimento Contra a Corrupção” idealizado no município de Barra do Corda no dia, 7, de setembro deste ano.

Requerimento

Requerimento

Dias após a marcha, a funcionária se deslocou até a prefeitura no intuito de requerer o período aquisitivo da licença para capacitação do dia, 22, de maio de, 2002, a, 22, de maio de, 2007.

Quando Luciene tentou obter o requerimento assinado pelo prefeito, simplesmente a secretária despreparada em tom de voz alta, disse: “Fique sabendo que o prefeito Manoel Mariano de Sousa, não vai assinar a seu requerimento”, disparou contra Luciene.

O pior. Depois de ter recebido um não como resposta, ela ainda foi transferida para a Vila Miguelzinho, já no final da cidade.

Atos iguais a este mostram o despreparo da atual gestão de Manoel Mariano de Sousa, que age com truculência contra a funcionária concursada, tratando o órgão público como se fosse algo privado.

Porém, “Nenzin” logo saberá que o fim do sono chegará com o barulho da sirene que anuncia a chegada do camburão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.