Geral

Morre Nauro Machado

O Maranhão perdeu na madrugada deste sábado (28), em São Luís, o poeta e escritor Nauro Machado, um dos mais talentosos, fecundos e importantes de sua época.

Nauro Machado teve mais de 30 títulos publicados, com obras traduzidas para outros idiomas como alemão e francês. Exerceu com competência e honradez cargos públicos em órgãos estaduais como a Secretaria de Estado da Cultura e o Departamento Estadual de Trânsito.

O Governo do Maranhão manifestou profundo pesar pela morte de Nauro Machado e solidariza-se com a família, amigos e admiradores, ao tempo em que reafirma a importância do legado deixado para a sociedade, especialmente a maranhense, com a imortalidade de suas obras e seu exemplo de vida.

A Assembleia Legislativa do Maranhão também lamentou o falecimento do poeta e escritor maranhense Nauro Machado, ocorrido na madrugada deste sábado (28), no Hospital UDI, em São Luís, onde se encontrava internado desde a última terça-feira (24).

Considerado o maior poeta do Maranhão da atualidade, Nauro Machado tinha 80 anos e deixa uma obra literária insuperável que vai ficar eternizada na história da literatura maranhense e da literatura brasileira.

A Assembleia Legislativa, neste momento de grande dor, presta a sua solidariedade à escritora Arlete Machado, esposa de Nauro Machado, ao seu filho, o cineasta Frederico Machado, aos familiares, amigos e à legião de admiradores do grande poeta maranhense.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.