Poder

Senador acusa Sarney de tramar contra o Rio de Janeiro

O Globo

Senador culpa José Sarney (PMDB-AP) Foto: Domingos Peixoto /O Globo

Senador culpa José Sarney (PMDB-AP) Foto: Domingos Peixoto /O Globo

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) mandou na sexta-feira, 30, um aviso à praça: não recuará da posição contrária à redistribuição dos royalties do petróleo, apesar da pressão do governo Dilma.

Lindberg Farias atribui as notas publicadas na imprensa, dando conta de que estaria queimado com a presidente por brigar contra o projeto, à ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, que estaria tentando enquadrá-lo. Presente ao protesto organizado pela família Garotinho, semana passada, em Campos, diz que fará todas as alianças necessárias para rejeitar o projeto.

O senador afirmou que. “E culpa do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), pelo movimento para tirar recursos dos estados produtores de petróleo, como o Rio de Janeiro”, disparou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.