Judiciário

STJ debocha de José Dirceu

O Supremo Tribunal de Justiça usou a conta do Twitter oficial da instituição para provocar o ex-ministro José Dirceu. Na mensagem, o STJ ironiza o fato de Dirceu passar o réveillon na prisão por causa do recesso do Judiciário, que só acaba em fevereiro.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Lava Jato: José Dirceu é indiciado por quatro crimes

Ex-ministro, José Dirceu

Ex-ministro, José Dirceu

Do G1

A Polícia Federal (PF) concluiu nesta terça-feira (1º) dois inquéritos da Operação Lava Jato e indiciou 14 pessoas, entre elas, o ex-ministro José Dirceu, que está preso na carceragem da corporação, em Curitiba, há quase um mês. O ex-ministro foi indiciado pelos crimes de formação de quadrilha, falsidade ideológica, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Na conclusão dos inquéritos, o delegado da PF Márcio Anselmo afirmou que há “fartos indícios de que Jose Dirceu de Oliveira e Silva e outras pessoas a ele relacionadas foram beneficiários diretos de valores objeto de desvios no âmbito da Petrobras, apurados na Operação Lava Jato”. A filha de José Dirceu, e o irmão dele, estão na lista de indiciados.

Veja a lista de indiciados pela PF nesta terça (1º):

– José Dirceu de Oliveira e Silva – formação de quadrilha, falsidade ideológica, corrupção passiva e lavagem de dinheiro

– Luiz Eduardo de Oliveira e Silva – formação de quadrilha, falsidade ideológica, corrupção passiva e lavagem de dinheiro

– Roberto Marques – formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de dinheiro

– Julio Cesar dos Santos – falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha

– Camila Ramos de Oliveira e Silva – lavagem de dinheiro

– Milton Pascowitch – formação de quadrilha, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa

– José Adolfo Pascowitch – formação de quadrilha, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa

– Fernando Horneaux de Moura – formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de dinheiro

– Olavo Horneaux de Moura – formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de dinheiro

– Renato Duque – formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de dinheiro

– João Vaccari Neto – formação de quadrilha, falsidade ideológica, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa

– Gerson Almada – corrupção ativa e formação de quadrilha

– Cristiano Kok – corrupção ativa e formação de quadrilha

– José Antunes Sobrinho – corrupção ativa e formação de quadrilha


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Silêncio foi predominante em depoimentos na CPI da Petrobras

José Dirceu é suspeito de praticar crimes como corrupção e lavagem de dinheiro

José Dirceu é suspeito de praticar crimes como corrupção e lavagem de dinheiro

A partir de hoje (31), até a próxima quinta-feira (03), integrantes da CPI da Petrobras ouvirão os presos e farão acareações entre eles durante sessões no prédio da Justiça Federal, no Paraná.

Os deputados ouviram Jorge Luiz Zelada, ex-diretor da Área Internacional da Petrobras; Otávio Marques de Azevedo e Elton Negrão de Azevedo, executivos da Andrade Gutierrez; e João Antônio Bernardi, funcionário da empresa Saipem.

Além destes, o ex-ministro José Dirceu, que é suspeito de praticar crimes como corrupção e lavagem de dinheiro. Todos os presos que participaram da CPI nesta manhã ficaram calados.

Por recomendação da defesa, Dirceu permaneceu calado tanto na CPI durante a manhã, quanto perante a Polícia Federal (PF) na tarde desta segunda-feira. Dirceu foi preso no dia 3 de agosto, quando a 17ª fase da Operação Lava Jato foi deflagrada. Desde então, ele está detido na carceragem da PF.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Polícia Federal prende novamente José Dirceu por corrupção

Ex-chefe da Casa Civil

Ex-chefe da Casa Civil

A Operação Lava Jato chegou a sua 17ª fase com novos mandatos de prisão e velhos conhecidos da justiça. José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil, já envolvido no escândalo do mensalão, teve mandato de prisão decretada na manhã desta segunda-feira (03), acusado de participar da instituição do esquema de corrupção da Petrobras.

As investigações do Ministério público Ferderal (MPF), mostram que Dirceu indicou Renato Duque para a diretoria de Serviços da Petrobras e, a partir disso, organizou o esquema de pagamento de propinas. O nome de Duque teria sido sugerido pelo lobista Fernando Moura, também preso nesta segunda.

A empresa de Dirceu e de seu irmão, Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, preso temporariamente, – a JD Consultoria é suspeita de receber R$ 39 milhões por serviços que não teriam sido realizados.

No mandado de prisão para Dirceu, o juiz Sérgio Moro, que julga ações da Lava Jato na primeira instância, diz que o ex-ministro “teria insistido” em receber dinheiro de propina em contratos da Petrobras mesmo após ter deixado o governo, em 2005. Dirceu foi um dos líderes e beneficiários do esquema, mesmo durante e após o julgamento do mensalão.

Batizada de operação “Pixuleco”, a 17ª fase da Lava Jato cumpriu 40 mandados judiciais, sendo três de prisão preventiva, cinco de prisão temporária, 26 de busca e apreensão e seis de condução coercitiva, quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

‘Estamos juntos’, diz Lula a Dirceu e Genoino em solidariedade a prisões

ze-dirceu-lula-dilma-607x387

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva telefonou na sexta-feira para o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, presos ontem com mais oito condenados no processo do mensalão. De acordo com o jornal O Estado de S.Paulo, ele teria dito “estamos juntos” a ambos.

De acordo com a publicação, Lula passou o feriado em sua chácara, no interior de São Paulo, e de onde ligou para Dirceu e Genoino. Segundo o jornal, apesar da ligação, Lula e a presidente Dilma Rousseff não se pronunciarão sobre as prisões, para não prolongar o desgaste por conta do processo. A estratégia do silêncio foi confirmada pelo ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho.

Lula e Dilma avaliam que, por não haver mais possibilidade de a sentença dos réus ser revertida, a execução imediata das penas é o desfecho mais favorável para o PT, para evitar o desgaste eleitoral na disputa pela Presidência em 2014. (Terra)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

PT adere a campanha contra "revista Veja"

Reprodução/Site Linha Direta, do PT-SP

Cinco dias após aprovar em seu Congresso Nacional moção a favor da regulamentação dos meios de comunicação, o PT aderiu a uma campanha anti-Veja.

A investida contra a revista que veiculou notícia contra José Dirceu foi ao ar no site ‘Linha Direta’. A página é administrada pelo diretório do PT em São Paulo.

Acomodou-se no topo do site a imagem acima, odornada com os dizeres: “Você quer um jornalismo de mentira e falta de ética? Não seja manipulado. Não leia a Veja.”

O visitante que pressiona o mouse sobre o banner é conduzido a um convite para “mobilização contra a revista Veja”, às 14h do dia 17 de setembro, defronte do Masp.

Ao dar curso à convocação, o PT como que terceiriza a empreitada. Anota:

“De acordo com o convite, postado no Facebook, ‘Veja caminha longe da Ética e da democracia, não leva o jornalismo a sério e engana a população’.”

Mais adiante: “Segundo Adolfo Pinheiro, um dos organizadores da atividade, trata-se de um protesto em favor da verdade, ética e cidadania.”

Na notícia que irritou o PT e inspirou a ressurreição da tese do controle da imprensa, Veja apresentou José Dirceu como o “poderoso chefão” da República.

Revelou que o réu do mensalão e deputado cassado, hoje consultor de empresas, mantém em Brasília uma suíte de hotel que lhe serve de “residência” na Capital.

Com diárias custeadas por um escritório de advocacia, Dirceu recebe a visita de personalidades do Legisaltivo e do Executivo.

A revista expôs o rosto dos visitantes que percorreram o corredor que leva à suite. Entre eles parlamentares governistas e da oposição.

Entre eles também um ministro –Fernando Pimentel (Desenvolvimento)— e o presidente da Petrobrás, Sérgio Gabrieli.

No Congresso do PT, Dirceu mereceu da platéia uma recepção mais calorosa do que a dispensada a Lula e Dilma Rousseff.

(Blog do Josias de Souza)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.