Poder

Transporte escolar de Sítio Novo é feito por motoristas sem habilitação, diz CGU

joaopiquiaprefeitocapa

Relatório da Controladoria Geral da União feito no município de Sítio Novo, que é comandado pelo prefeito João Piquiá (PRB), revelou um fato preocupante: grande parte dos motoristas que trabalham no transporte escolar do município não possui carteira de habilitação. E os habilitados, por sua vez, não comprovaram qualificação profissional específica para o transporte escolar — o que é exigido pelo Códio de Trânsito Brasileiro.

O relatório da CGU foi realizado, inicialmente, abordando o período de janeiro de 2014 a outubro de 2015. Posteriormente, após comprovada a situação caótica do transporte escolar de Sítio Novo, também foram analisados os anos de 2011, 2012 e 2013.

O documento da CGU, que foi obtido pelo Blog do Neto Ferreira, também revela outro ponto preocupante: a prefeitura de Sítio Novo contrata os motoristas e aluga os seus respectivos veículos para servirem ao transporte escolar. O problema é que nenhum dos veículos alugados atende aos critérios de qualidade e segurança exigidos pelo Código de Trânsito Brasileiro. Desta forma, a prefeitura de Sítio Novo põe em risco, mais uma  vez, as crianças e jovens que precisam do serviço. Procurada pela CGU, a prefeitura de Sítio Novo não apresentou qualquer esclarecimento quanto aos fatos expostos acima.

Veja, abaixo, em um trecho do relatório da CGU.

cgusitionovo

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.