Poder

Agora lascou: Anselmo Raposo quer climatizar a Rua Grande

O ex-secretário de Educação do Estado Anselmo Raposo (PT) passou dos limites. Após comentário em sua página de relacionamento, no Facebook, propôs a criação da climatização em torno da “Rua Grande”.

No outro comentário Raposo da sugestão ao prefeito que crie também os Jogos Escolares Municipais para descobrir talentos. Tudo bem, até que passa!

Agora climatizar a rua grande. Com qual recurso? Se a prefeitura de São Luís nunca construiu o então sonhado hospital que só serve como maquete, mal consegue asfaltar as ruas e avenidas da capital.
Ao invés de, “Acorda Castelo”. Será, “Acorda Anselmo”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Por qual motivo, João Castelo deu licença indevida a Taguatur?

Como é possível um prefeito ficar sempre contra seus eleitores? Como é possível uma cidade crescer e se desenvolver com uma população totalmente carente, que insiste em colocar gestores incompetentes, que trata o povo como se fosse gado em seu curral?

Fácil é falar e reclamar que o transporte público não “suporta” a quantidade de gente, ou que os hospitais estão lotados, ou que não tem asfalto, que não tem polícia na rua, ninguém faz nada para mudar isso.

No dia ,5, deste mês a prefeitura de São Luís entregou 32 ónibus usados

No dia ,5, deste mês a prefeitura de São Luís entregou 32 ônibus usados

Transporte público aqui não existe. Exemplo disso é na área Itaqui-Bacanga, onde apenas há uma dita “empresa de transporte” (que na verdade está mais pra Transportadora de Bovinos).

A qualquer hora do dia ou da noite, pode-se ver uma quantidade expressiva de pessoas esperando o (mal) dito coletivo. Não existe mais “horário de pico”, mas “dia de pico”.

São ônibus velhos, inoperantes, deficientes, que circulam impunes na cidade colocando em risco a vida da população que, involuntariamente, depende desta famigerada empresa!

Ilusão de  quem pensa que os veículos expostos em praça pública como troféu à população são novos, quanta burrice! São veículos usados da mesma empresa, provenientes de outros estados que possuem uma legislação mais rígida em relação ao transporte público, ou nunca repararam na quantidade de ônibus da Taguatur com placas de Brasília? São veículos antigos de outras frotas, de outros estados, que após uma maquiagem, são colocados nas ruas, fazendo a população arriscar à própria sorte.

No dia, 17, de março deste ano, João Castelo e Clodomir Paz entregaram 50 ónibus usados

No dia, 17, de março deste ano, João Castelo e Clodomir Paz entregaram 50 ônibus usados

Para que uma empresa tenha a autorização para circular, é necessário uma licitação pública, em que a vencedora obtenha a “Licença de Exploração da Linha”. Licença essa expedida pela prefeitura.

Licença que a Taguatur não possui, tem somente uma autorização de circulação a qual ela renova constantemente através de jogo político com a prefeitura, para que não seja feita uma nova licitação. A referida licença da Taguatur, perdeu sua validade em 2006.

Este mês, foi divulgado que a prefeitura “comprou” novas viaturas para a SMTT,simplesmente pelo fato da Taguatur obter uma parceria com a prefeitura.

A Taguatur, dona também da concessionária Fiat, vendeu mais de 70 ônibus, 40 viaturas modelo Palio e 4 caminhões guincho.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Qual é a senha para se reeleger prefeito de São Luís?

Blog do Caio Hostilio

Sabe-se que um governo é de quatro anos, mas em São Luís se resume há apenas um ano, ou seja, aos meses que antecede as eleições. Sempre foi assim, com Jackson Lago, Conceição Andrade, Jackson Lago, Tadeu Palácio e agora Castelo.

Simplesmente a prefeitura fica três anos sem oferecer nada que melhore o bem-estar e a qualidade de vida dos ludovicenses, mas quando chega o último ano é visto máquinas espalhadas por todos os cantos e recantos da cidade… É asfaltamento dia e noite, capina, limpeza, pintura de meios-fios… O Povo adora!!!

A população já se acostumou a ter prefeito somente no último ano e fica a esperar por três anos para que as obrigações do poder público possam acontecer.

Entra ano, sai ano e a reclamação é a mesma nos três primeiros anos: ruas sem asfalto e calçamento, passeios sem capina, lotes abandonados, buraqueira nas Avenidas… Tudo que não presta, mas quando chega o último ano, a população muda da água pro vinho e passa a dizer: “Poxa, esse prefeito está trabalhando”… Essa é a senha para qualquer um reelegerem São Luís. Quandoserá que isso vai mudar?

Nos três anos perdidos a história é a mesma: o executivo reconhece os problemas apresentados, mas pede um pouco mais de paciência à população.

Como podemos ver, o Prefeito João Castelo aprendeu rapidinho a senha e não fala mais das promessas não cumpridas… O negócio é asfaltar, capinar e pintar meio-fio… Os ludovicenses adoram!!!


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

João Castelo dá “calote” na Gráfica Aquarela

João Castelo

João Castelo

O prefeito de São Luís, João Caostelo (PSDB), como é conhecido nas redes sociais. Aplicou um verdadeiro calote na Gráfica e Editora Aquarela.

No inicio deste ano, a Gráfica e Editora Aquarela prestou serviço de impressão gráfica a prefeitura de São Luís ao valor de R$ 300 mil.

Só que até hoje João Castelo nunca efetuou o pagamento que seria previsto em fevereiro deste ano.

O proprietário da Gráfica Aquarela, Roberto Carlos Moreira anda se queixando da falta de vontade ou de má-fé do gestor em não cumprir com seu acordo.

Porém, na eleição de 2008 a Gráfica Aquarela atuou durante toda a campanha de Castelo para prefeito de São Luís, chegando a fazer serviços de impressão sem custo algum, no intuito de obter contratos com a prefeitura. Se arrependimento matasse!


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

"Movimento São Luís" ganha força na capital

Os participantes do “Movimento São Luís Melhor”, reuniram-se no dia, 13, deste mês no Sindicato dos Bancários do Maranhão, para discutir á Administração Municipal em São Luís.

Durante a reunião foram abordados temas como: Via Expressa, áreas irregulares que estão sendo ocupadas por empresas da construção civil, condições dos Bairros na capital, aumento de pessoas envolvidas com drogas além da falta de investimento no Sistema de agua e esgoto que abastece a cidade.

O “Movimento São Luís” começou via internet e ganhou força nas redes sociais, hoje se encontra com 6.129 membros, um número expressivo de participantes.

O próximo encontro será realizado no sábado, 20, ás 14h no Sindicato dos Bancários na rua do Rua do Sol N° 413/417 Centro, Antes do Museu e Próximo da Igreja São João.

É de grande importância a participação de todos os membros do “Movimento São Luís” para reivindicará os direitos da população ludovicense.

Todos estão convidados para participar deste encontro.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

'A construção da Via Expressa continua' diz Max Barros

O secretário de Estado de Infraestrutura, Max Barros, confirmou, ontem (5), que a Sinfra vai manter a construção da Via Expressa, no Jaracati, em ritmo normal, apesar do embargo da Prefeitura de São Luís.

Segundo o secretário, toda a documentação exigida para a liberação da licença de uso e ocupação do solo e do alvará da obra já foi encaminhada desde o dia 13 de julho.

Max Barros expõe detalhes da Via Expressa ao deputado Roberto Costa

Max Barros expõe detalhes da Via Expressa ao deputado Roberto Costa

APrefeitura de São Luís ainda não se posicionou sobre o assunto, apesar do que diz a Lei Federal 9.051/95, que dá prazo de 15 dias para a emissão desse tipo de documento.

“A Sinfra já enviou todos os documentos necessários para a liberação da licença de uso e ocupação do solo, desde o dia 13 de julho, e não houve resposta da Prefeitura. Nós temos um cronograma a cumprir. Qualquer documentação que a Prefeitura solicite, nós estamos prontos para entregar, mas nós desconsideramos o embargo, achamos que isso é um atrapalho e poderia ser resolvido administrativamente.

Funcionários da Blitz Urbana, da Secretaria Municipal de Habitação e Urbanismo e da Guarda Municipal da Prefeitura de São Luís destruíram o canteiro de obras. Eles ainda ameaçaram apreender as máquinas da empresa responsável pelos serviços, mesmo sem qualquer decisão judicial.

“Essa foi uma atitude arbitrária da Prefeitura. Em nenhum momento passamos por cima da autoridade do prefeito. Pedimos as licenças e não recebemos nenhuma resposta. Como maranhense, como ludovicense, fico muito triste de ver uma atitude dessas, que só prejudica o cidadão comum”, disse.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

João Castelo engana servidores aposentados e pensionistas

A Associação dos Servidores Ativos e Inativos do Serviço Público Municipal (ASISMU), ingressará na Vara da Fazenda Pública, com Ação Ordinária solicitando o pagamento imediato do acordo firmado por parte da prefeitura de São Luís com o sindicato.

O prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), e sua secretária administrativa, Maria Margaret Reis até hoje, nunca efetuaram o pagamento do acordou firmado em abril/2010, com o sindicato dos servidores municipais (Asismu), ou se quer deram explicações a respeito da pendência financeira referente ao Plano de Cargos e Carreiras dos aposentados e pensionistas municipais.

João Castelo assumiu o cargo em 2009, e foi levada uma proposta nesse sentido, e a Procuradoria Geral do Município deu parecer favorável a proposta de pagamento deste acordo de forma parcelada que deveria ter sido concluída em dezembro de 2010, mas até agora nada foi cumprido.

O presidente da (Asismu) relatou ao titular do blog, que precisamente em julho de 2009, através de trabalho conjunto com a SEMAD/SEPLAN/IPAM, foi providenciado a inclusão do valor total estimado em R$ 7.216.093,90 milhões que seria pago em 08 parcelas iguais e sucessivas conforme o demonstrativo abaixo:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

‘Castelo não cumpriu acordo e Flávio Dino não será candidato’, diz Ribamar Alves

O deputado federal Ribamar Alves, dessa vez passou dos limites, em evento realizado ontem (28), para filiação de Roberto Rocha no (PSB), segundo o parlamentar, o prefeito de São Luís João Castelo não chegou a cumprir com nenhum tipo de acordo firmado entre a cúpula do PSB estadual. Mentira!

João Castelo nomeou no dia (05), deste mês o professor e ex-reitor da UFMA, Othon Bastos (PSB), na secretaria de Educação da prefeitura de São Luís.

Na época, Othon Bastos ocupou o lugar de Suely Tonial, que foi muito criticada desde que assumiu a Pasta.

Assista ao vídeo em que o parlamentar critica João Castelo (PSDB), e diz que Flávio Dino não será candidato a prefeito, devido o cargo que ocupa no governo federal.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.