Poder

Maranhão fica fora do pacote para agricultura do governo Bolsonaro

O governo Bolsonaro deixou o Maranhão de fora do pacote de ações de fomento à agricultura destinado ao Nordeste. As informações foram publicadas na “Coluna do Estadão”, de O Estado de S. Paulo.

Os municípios beneficiados pelo programa são Euclides da Cunha (BA), Araripina (PE), Batalha (AL) e Canindé do São Francisco (SE) Também devem ser incluídas cidades das regiões do Vale do Açu (RN), Cariri (PB), Baixo Jaguaribe (CE) e sul do Piauí. Não há um do Maranhão.

A ausência do estado maranhense no pacote é uma possível retaliação ao governo Flávio Dino (PCdoB), que destinou críticas severas ao presidente Jair Bolsonaro durante as eleições.

No entanto, na publicação o motivo pelo o Maranhão foi incluído no programa deveu-se pelo fato de não fazer parte do semiárido nordestino.

O pacote vai ter foco na irrigação e no fomento às cooperativas e ficará sob orientação da orientação da Casa Civil e do Ministério da Agricultura.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.