Poder

Governo vai construir prédio público em reserva ambiental

IMG-20170712-WA0033

O Governo do Maranhão irá construir a nova sede do Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão – INMEQ dentro da Reserva Ecológica do Sítio do Rangedor, que fica localizada entre os bairros do Cohaffuma e o Calhau, em São Luís.

Mais um vez o Estado cede um pedaço do terreno protegido por Lei para a construção de um prédio público.

Já foram construídos no local a Assembleia Legislativa do Maranhão e o Multicenter Sebrae – Centro de Convenções Gov. Pedro Neiva de Santana. E agora é a vez do INMEQ. Revoltante!

A construção da sede do órgão já vinha sendo cogitada desde o governo Roseana Sarney, mas não foi para frente. Desse modo, a gestão Flávio Dino resolveu dar andamento ao projeto.

A licença ambiental para a liberação da obra foi dada pela Secretaria do Meio Ambiente (SEMA), mas o Ministério Público Federal precisa tomar uma providencia.

A Estação Ecológica do Sítio Rangedor é uma Unidade de Conservação que tem como objetivo a preservação da natureza e a realização de pesquisas científicas. É proibida a visitação pública, exceto com objetivo educacional e a pesquisa científica depende de autorização prévia do órgão responsável.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

589 bombas de combustíveis são reprovadas no Maranhão

Inmeq-MA reprova 589 bombas de combustíveis no estado

Inmeq-MA reprova 589 bombas de combustíveis no estado

5.197 bombas medidoras de combustíveis já foram fiscalizadas pelo o Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq-MA), no Maranhão este ano.

No Maranhão 589 foram reprovadas – 35 delas se referem à bomba baixa, quando o instrumento entrega menos combustível do que o comprado pelo consumidor, apresentando, portanto, erro de medição.

Além desta, também foram encontradas irregularidades como vazamento e deformidades em mangueiras, vazamento nos bicos de descargas, instalação elétrica em mau estado de conservação, vazamento de óleo, plano de selagem incorreto, entre outros.

Em termos percentuais, o quantitativo de instrumentos reprovados no Maranhão equivale a 11,33 por cento, sendo 0,76 por cento referentes a erros de bomba baixa. A média nacional deste tipo de irregularidade é de 0,7 por cento.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Dois postos de combustíveis são interditados em São Luís

Inmeq-MA interdita bombas de combustível em São Luís

Inmeq-MA interdita bombas de combustível em São Luís

Duas bombas de com combustíveis foram interditadas pelo Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq-MA), órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

Os postos de combustíveis estão localizados nos bairros do São Raimundo, próximo ao Parque Independência e na Av. São Luís Rei de França – Turu, onde a bomba interditada apresentou oito irregularidades, entre as quais, dígitos danificados e vazamento interno de óleo.

No mesmo posto uma equipe do Corpo de Bombeiros constatou problemas em um hidrante ao verificar as condições de segurança contra incêndio no local.

Já a Agência Nacional de Petróleo (ANP), realizou teste de campo na gasolina para identificar se o percentual de álcool anidro estava de acordo com o que determina o órgão, o percentual de 27 por cento. Amostras das gasolinas tipo comum e aditivada e de óleo diesel também foram coletadas para análises em laboratório.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Inmeq intensifica fiscalizações no Maranhão

O número de processos jurídicos derivados de infrações constatadas pelo Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq/MA) aumentou cerca de 300% no ano de 2013, em relação a 2012.

Presidente do Inmeq discursando.

Presidente do Inmeq discursando.

Os resultados e ações do Inmeq/MA e de outros órgãos delegados do Inmetro em todo o país estão sendo apresentados durante reunião plenária da Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade (RBMLQ – Inmetro) realizada, esta semana, em São Luís. O encontro, aberto na noite de terça-feira (20), será encerrado nesta quinta-feira (22), no Hotel Luzeiros.

A cerimônia de abertura do evento, na noite de terça-feira (20), contou com as presenças do presidente nacional em exercício do Inmetro, Oscar Acselrad; do coordenador geral da (RBMLG – Inmetro) Omer Pohlmann Filho; dos secretários de Estado Mauricio Macedo (Indústria e Comércio) e Olga Simão (Cultura); do presidente do Inmeq/MA, Jones Braga; da promotora de Defesa dos Direitos do Consumidor, Lítia Cavalvante, além de diretores do Inmetro e dirigentes de órgãos delegados do Inmetro de todo o país. “Estamos reunidos aqui para discutir os avanços e dificuldades dos órgãos na área de metrologia e qualidade e as perspectivas que o Inmetro desenha para cada órgão delegado”, explicou Jones Braga.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Inmeq faz aferições de radares e barreiras eletrônicas

A equipe de metrologistas do Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq-MA) chega nesta quarta-feira (13) à cidade de Bacabal onde fará aferição de barreiras e radares eletrônicos que estão sendo instalados em rodovias no estado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DENIT).

Barreira eletrônica aferida pelo Inmeq MA, localizada na BR-315, Km 327, em Presidente Dutra.

Barreira eletrônica aferida pelo Inmeq MA, localizada na BR-315, Km 327, em Presidente Dutra.

Ao todo, 50 equipamentos de controle de velocidade estão sendo instalados nas rodovias federais que cortam o Maranhão. O objetivo é fazer com que o motorista reduza a velocidade nas estadas onde possuem povoados e cidades, e por consequência, diminua o número de acidentes.

As aferições são realizadas desde o último dia 5 e iniciou pelos municípios de Estreito, Imperatriz, Açailândia, Buriticupu, Presidente Dutra, Capinzal do Norte, Santo Antônio dos Lopes e Dom Pedro.

Depois de Bacabal, na próxima semana, a equipa de metrologistas segue para fazer aferições dos equipamentos em Codó, Caxias e Timon. “O trabalho do Inmeq-MA está sendo feito em duas etapas. Nesta primeira etapa estamos aferindo equipamentos em 25 cidades”, explica o presidente do Inmeq-MA, Jones Braga.

As aferições dos 50 equipamentos serão realizadas em 20 dias. O motorista deve ficar atento ao limite de velocidade permitido que, dependendo do trecho, pode variar de 50 a 60 km/h. Quem ultrapassar, será multado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.