Poder

Idoso vive abandonado em casebre insalubre e cercado de mato em São Luís

Um idoso vive abandonado em um barraco, em condições insalubres, no bairro do São Francisco, na capital. Genésio de Souza, de 82 anos, mora sozinho, há seis anos, em um casebre sem energia elétrica

O local é uma construção improvisada tomada por mato e entulho; o acesso é bastante estreito. Seu Genésio sobrevive com um salário mínimo por mês, sendo R$ 200 somente para o aluguel.

Após uma vistoria das policias Civil e Militar, a Justiça foi acionada e, agora, seu Genésio aguarda decisão para ser realocado.

Do Imirante


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Acusado de agredir mãe idosa, homem irá continuar preso em Pedrinhas

1

O bacharel em Direito, Roberto Elísio Coutinho de Freitas, acusado de agredir física e psicologicamente a própria mãe, a professora universitária aposentada J.C.M.F., de 84 anos, vai continuar preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Nessa terça-feira (8), durante audiência de instrução e julgamento, a juíza Oriana Gomes, titular da 8ª Vara Criminal, negou pedido da defesa para que ele fosse assistido em uma clínica de internação pelo período de 90 dias, deixando para examinar o caso, quando da prolação da sentença. O Ministério Público se manifestara pelo indeferimento do pedido, por entender que o réu tem plena consciência dos atos praticados.

Das sete testemunhas de acusação e defesa, arroladas para a audiência de terça-feira (08), apenas Danielle de Sousa Matos (companheira do acusado) não compareceu, e por isso deixou de prestar depoimento. Entre as testemunhas ouvidas estavam Roberto Elísio Coutinho de Freitas Filho (filho do acusado), o gerente de Relacionamento da Agência Estilo- Calhau, do Banco do Brasil, Istélio Sousa Campos, e o psiquiatra Hamilton Raposo de Miranda Filho. O acusado também foi interrogado na audiência.

m_09082017_1053

Terminada a fase de instrução processual, será aberto prazo para as alegações finais da defesa e da acusação, após o qual a juíza proferirá a sentença. Pela acusação atua no caso o promotor José Augusto Cutrim Gomes, e pela defesa, o advogado Jânio Queiroz.

O CASO – José Elísio Coutinho de Freitas é acusado de agredir física e psicologicamente a própria mãe de 84 anos. No dia 26 de maio a justiça decretou a prisão preventiva dele e determinou medidas protetivas, incluindo o seu afastamento do lar, devendo manter distância de 1.000 metros da idosa, que passou a residir na companhia do neto dela, José Elísio Coutinho de Freitas Filho.

A decisão da juíza atendeu representação da Delegacia de Proteção ao Idoso, que prendeu o acusado em flagrante, a partir de denúncia fundamentada em vídeo. A autoridade policial pugnou pela prisão preventiva dele e a determinação de medidas protetivas, com vistas a preservar a integridade física, moral e psicológica da ofendida.

No dia 13 de junho 2017, a justiça manteve a prisão de José Elísio Coutinho Freitas, após receber a peça acusatória ofertada pelo promotor de Justiça José Augusto Cutrim Gomes, tendo por por base o inquérito policial. A defesa do acusado requereu a sua internação em clínica ou hospital, sob a alegação de transtorno de natureza mental, conforme laudo pericial anexado aos autos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Filho é preso por suspeita de agredir a mãe de 92 anos em São Luís

filho

Uma senhora de 92 anos, identificada como Genarina Alves, foi resgatada na tarde desta terça-feira (25), no bairro Sol e Mar em São Luís, após denúncias de vizinhos de que ela estaria sendo maltratada pelo seu filho. Josafa Alves, filho da idosa, foi preso por suspeita de maus-tratos.

Para prestar socorro a idosa, as equipes da Promotoria do Idoso e Defensoria Pública tiveram que arrombar a porta da sua residência que estava trancada. Ao entrarem no local, Genarina Alves foi encontrada em estado de abandono e subnutrida deitada em uma cama com um colchão de plástico.

Uma equipe do Serviço Móvel de Urgência e Emergência (Samu) foi chamado ao local e prestou os primeiros socorros a idosa. “O caso da idosa aqui é que se ela passasse mais um dia ela não ia resistir.

samu

Nós junto com o promotor chamamos a SAMU que prontamente chegou a tempo de socorrer essa senhora”, contou Izabel Lopizic, assistente social.

Alguns minutos após o resgate, Josafa Alves filho da idosa, chegou ao local e negou as autoridades de que estava maltratando a mãe. O suspeito ainda afirmou que além da mãe, moravam na casa seus dois filhos menores de idade.
José Augusto Cutrim, promotor de Justiça do idoso, disse que o caso é um típico de cárcere privado, do qual as vítimas são mantidas pelos próprios filhos.

“Esse é um típico caso de cárcere privado, mantido pelos filhos. (…) isso está encorajando as pessoas a denunciar, não só as próprias famílias, mas como os vizinhos que é o caso desse aqui, e está nos fazendo vir in loco para ver realmente a situação”, disse.

Do G1,MA


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Filho que agrediu mãe vai para audiência em fórum de São Luís

filho

Nesta segunda feira (29), o bacharel em Direito, Roberto Elísio Coutinho, foi visto chegando para uma audiência no Fórum desembargador Sarney Costa, localizado no Calhau, em São Luís. Ele estava acompanhado de um agente do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Elísio está preso desde sexta-feira (26), quando foram divulgados vários vídeos nos quais ele é flagrado agredindo a própria mãe de 84 anos.

O caso ganhou ampla repercussão nas redes sociais, na imprensa local e nacional.


Entenda o caso

Roberto Elísio Coutinho foi preso, na manhã desta sexta-feira (26), na cidade de Raposa, por força de um mandado de prisão preventiva, expedido pela juíza Oriana Gomes, titular da 8ª Vara Criminal da capital – unidade judicial competente para julgar ações que envolvem idosos.

Ele foi flagrado agredindo a mãe, de 84 anos. Roberto confirmou as agressões, e alegou que sofre de problemas mentais e por isso maltratou a própria mãe.

Os vídeos foram gravados pela companheira do agressor que não teve o seu nome revelado. A idosa foi encaminhada nesta sexta ao Instituto Médico Legal (IML), onde realizou exames.

O bacharel em Direito foi apresentado na sede da Secretaria de Segurança Pública e, em seguida, recambiado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Segundo o promotor José Augusto, se condenado, Roberto pode pegar até 20 anos de prisão pelos crimes de tortura, ameaça, e agressão verbal e física.

Leia também

Preso em Pedrinhas filho que agrediu mãe idosa

Idosa agredida pelo filho recebe R$ 38 mil em aposentadoria

Filho que agrediu mãe idosa pode pegar até 20 anos de prisão, diz promotor

Polícia prende filho que agrediu mãe idosa, em São Luís

Filho que agrediu mãe idosa diz que vídeo é montagem; ouça a entrevista

Delegada pede prisão de filho que agrediu a mãe idosa, em São Luís


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Homem é detido com CNH falsa no Detran

????????????????????????????????????

Um homem de 60 anos foi detido, nesta sexta-feira (07), no setor de atendimento do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran\MA), em São Luís. Antonio Bernardo Almeida tentou renovar a Carteira Nacional de Habilitação, categoria AB, com dados falsos.

No procedimento de consulta ao Sistema RENACH foi identificado que o número da CNH pertencia a outro usuário, cujo prontuário de habilitação já havia sido transferido para outro estado. Ao detectar a fraude, a diretoria da instituição comunicou a polícia para que as providências legais sobre o caso fossem tomadas.

Segundo a Diretora Operacional do Detran-MA, Adriana França, servidores que trabalham no atendimento geral e da vistoria são capacitados para identificar as tentativas de fraudes. “No momento em que detectamos as irregularidades, a polícia e o Instituto de Criminalística do Maranhão (Icrim-MA) são acionados e os suspeitos são detidos”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.