Poder

Delegacia de Trânsito investiga acidente que vitimou doméstica

O inquérito para apurar o atropelamento que vitimou Maria José Matos, de 56 anos, ocorrido no Renascença, na noite da última quarta-feira (6), está sendo investigado pela Delegacia de Acidentes de Trânsito (DAT). O caso está sob a responsabilidade da titular da DAT, delegada Ana Cláudia Campos.

Segundo informações do superintendente de Polícia Civil da Capital, delegado Sebastião Uchoa, o autor do atropelamento identificado como Hugo Coelho Mohana, de 19 anos, teria se apresentado no Plantão da Reffesa horas depois. Ele afirmou ainda que o jovem após o acidente teria permanecido no local. A polícia informou que populares ainda tentaram linchá-lo.

“Inicialmente, o autor vai responder pelo crime de homicídio culposo, mas pode vir a se tornar doloso. Tudo dependerá dos resultados das investigações. A CNH e os documentos da moto foram apreendidos e estão em poder da polícia”, contou o delegado.

Após o acidente, peritos do Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local e realizaram a perícia na área do acidente. O jovem pilotava uma Suzuki JTA – GSXR1000, de cor branca, com placas NWU-6242. A moto foi encaminhada pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) para o pátio do Detran. A delegada intimará Hugo para depor nos próximos dias e aguardará a conclusão do laudo pericial.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.