Poder

Helena Duailibe mantém precariedade em hospitais de São Luís

Helena Duailibe

O atendimento médico em São Luis é muito desorganizado, o que gera demora e mal estar aos pacientes; esses são os recursos que os hospitais públicos oferecem na gestão de Helena Duailibe como secretária de Saúde. Outros problemas que perseguem a população é a demora para marcar uma consulta e enfrentar logo após a superlotação dos hospitais.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Conselho Federal de Medicina, as pessoas que possuem planos de saúde têm a disposição de 4x mais médicos de quem busca atendimento em hospitais públicos que hoje há falta de profissionais, medicamentos e infraestrutura.

Por decorrência de todos esses problemas oferecidos, a promotoria especializada em saúde tomou uma decisão cabível. No dia 18 de junho, a justiça determinou a interdição do hospital Clementino Moura, o Socorrão II, após várias irregularidades encontradas pelo Ministério Público em uma vistoria. Foram realizadas três vistorias entre 2010 (maio e agosto) e 2011 (fevereiro), onde ficou concluído que o estabelecimento se encontra totalmente sucateado, com funcionamento precário e deficitário em diversos setores.

No entanto, no dia da interdição, a direção do hospital informou que desde o mês de março não há mais pacientes no corredor. Com isso, no dia 24 de junho, o Tribunal de Justiça do Maranhão (TRT-MA) suspendeu a liminar de interdição parcial da unidade.

Os graves problemas que fazem parte dessa situação de precariedades mantido por Helena Dualibe, deve afetar diretamente na reeleição do marido deputado Afonso Manoel.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.