Poder

Subsecretário de educação de Timon usa estrutura da prefeitura irregularmente

Henrique Jr Ulysses

Henrique Jr e Ulysses Waquim

A padronização e a regulamentação do serviço de mototáxi em qualquer cidade do país fica a cargo sempre do Departamento Municipal de Trânsito, em Timon não, é de responsabilidade do subsecretário de Educação, Henrique Júnior, e do secretário de Esporte, Ulysses Waquim, filho da prefeita Socorro.

Uma matéria veiculada no site da prefeitura com o título, “Mototaxistas de Timon agora estão padronizados”, mostra que a impunidade em Timon ocupa a cabeça de quase todos os ocupantes de cargo público municipal. Consta na cidade que Henrique Júnior é pré-candidato a vereador pelo PMDB com o apoio do filho da prefeita, Ulysses Waquim, que move céus e terra para divulgá-lo, prova maior é a matéria veiculada no portal da prefeitura.

Henrique Jr Ulysses e Mototaxistas na porta de casa

Henrique Jr Ulysses e Mototaxistas na porta de casa

Até agora muitos se questionam, o porquê de Henrique Júnior ter feito uma em sua própria residência, no centro de Timon, como mostra na foto postada no site da prefeitura onde ele aparece com Ulysses Waquim e os mototaxistas, a comemoração. E o que tem haver a padronização e a regulamentação do serviço de mototáxi com a secretária de Educação e a do Esporte. É de conhecimento de todos que Timon possui Departamento Municipal de Trânsito, tendo como diretor Robert Gualter, pelo menos consta no site da prefeitura.

O pior – Na matéria publicada cita que o “elo entre o poder público e os mototaxistas está sendo feito pelo secretário Ulysses e subsecretário Henrique Júnior”, além de fazeram a festa na casa do subsecretário de Educação de Timon, Henrique Júnior, contando com a presença e apoio do secretário de Esporte, Ulysses Waquim, fica constatado que os dois serão o “elo” entre mototaxistas e a prefeitura de Timon, algo estranho? E como é estranho, ou então o diretor do Departamento Municipal de Trânsito, Robert Gualter não desempenha bem sua função?

Com a palavra o Ministério Público em Timon, que cabe investigar e processar os culpados, porque a única cidade no país, quiçá no mundo, que o trânsito é de responsabilidade da Educação e/ou do Esporte é Timon, terra do pode tudo. A prefeita Socorro Waquim, como chefe do executivo municipal, Henrique Júnior e Ulysses Waquim organizadores do evento e o diretor do DMTRANS, Robert Gulter, devem dá explicações e serem chamados pela promotora de Improbidade Administrativa, Selma Martins para serem responbilizado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.