Poder

Juiz de Timon será denunciado ao CNJ

Blog do Luis Cardoso

O blogueiro Luís Pablo postou um gato comprovado pela Cemar na residência onde mora o empresário de posto de combustível em Teresina, Jefferson Alves Sampaio Ferreira Júnior, genro da prefeita de Timon, Socorro Waquim, e do deputado federal Sétimo Waquim.

Irritado com a informação, Jefferson Sampaio, que é ex-funcionário do Tribunal de Justiça do Maranhão, ingressou na justiça contra o blogueiro. E pediu por danos morais e lesão à sua imagem o valor de cerca de R$ 20 mil.

Juíz de Timon, Hélio de Araújo Carvalho Filho

Juíz de Timon, Hélio de Araújo Carvalho Filho

Luís Pablo participou da audiência no município de Timon, onde foi agredido por Jefferson Sampaio, na presença de um juíz de Timon Hélio de Araújo Carvalho Filho.

Na ocasião, o metido a valentão que chegou a ameaçar de morte o titular deste blog, garantiu que Luis Pablo seria condenado. Ou seja: antecipou a decisão judicial.

O advogado do blogueiro pediu que fosse anexado ao processo o laudo técnico da Cemar. O laudo foi remetido, comprovando a existência do gato encontrado por técnicos da Companhia de Energia.

Mas o juíz Hélio de Araújo Carvalho Filho, que julgou a questão, parece não ter a menor consideração pelo lauo técnico da Cemar. Talvez, nem tenha visto o parecer da empresa de Energia (veja o laudo).

Ainda sim, estranhamente, condenou o blogueiro ao pagamento de R$ 3 mil. Uma prova de que o magistrado tem lado.

Luís Pablo, atráves do seu advogado, entrou com o pedido de embargo da decisão. Mais estranho ainda, o juíz Hélio Carvalho desconsiderou.

Para não ter que pagar custas processuais ao valor de R$ 1.200, o blogueiro entrou com pedido de asistência jurídica, visto que é funcionário municipal e percebe apenas R$ 850,00 com que arca para pagamento de sua faculdade.

O juíz Hélio Carvalho alegou que Luís Pablo tem condições financeiras de pagar as custas pelo fato de ter contratado um advogado particular. Ora, quantos advogados não defendem causas por uma amizade? Mas isto não prevalece para o juíz de Timon.

Lamentável que o juíz Hélio Carvalho relaxe uma prova técnica e documental, para condenar e censurar os blogueiros livres e independentes do Maranhão. E olha que o Doutor tem um pé na transferência para jurisdição de São Luís. Os jornalistas daqui que fiquem atentos. E o Conselho Nacional de Justiça, a quem este fato vai ser denunciado, que investigue as ações estranhas do juíz Hélio de Araújo Carvalho Filho.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.