Brasil

Gretchen diz que trabalho de garçonete nos EUA foi 'pegadinha'

A cantora e dançarina Gretchen

A cantora e dançarina Gretchen

Gretchen, 52, falou com exclusividade ao sobre a “pegadinha” que a fez voltar aos holofotes no Brasil.

A notícia de que ela havia virado garçonete nos Estados Unidos chamou a atenção do público.

“A gente estava fazendo uma pegadinha para o pessoal de Orlando e o pessoal acabou tirando a foto, colocando na internet e dizendo que eu estava trabalhando”, explicou.

“Me encheram tanto o saco por causa dessa história que eu falei: ‘Tô, e aí, o que que tem?”, contou. O meu sangue é quente, né? A hora que eu me irrito eu faço qualquer coisa.”

“Eu nunca imaginei que as pessoas iam ficar tão chocadas assim”, disse. “Quer dizer que eu tenho que rebolar o resto da vida? Eu estou com 52 anos. Chega! Não preciso ficar rebolando, tem outras coisas para eu fazer. E se fosse garçonete, qual o problema?”

A cantora e dançarina afirmou que está nos Estados Unidos fazendo uma turnê.

“Não sei se volto, depende do meu empresário”, afirmou.

Da Folha


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

Gretchen vira garçonete em Orlando nos Estados Unidos

Cantora está trabalhando em café americano e diz que está curtindo uma vida que nunca teve

Gretchen agira é garçonete Foto: Reprodução/Facebook

Gretchen agira é garçonete Foto: Reprodução/Facebook

Em seu segundo dia de trabalho como garçonete em um café em Orlando, nos estados Unidos, Gretchen viu suas fotos em seu novo trabalho virarem notícia no Brasil. Pelo telefone, ao programa “TV Fama”, da RedeTV!, a cantora falou sobre sua nova profissão na noite desta quinta-feira (29). “Essa é uma das coisas que estou fazendo aqui. Não acho problema nenhum fazer isso. Não é indigno. Seria indigno se eu fosse prostituta, mas até isso, se tivesse que fazer para dar comida aos meus filhos, eu faria”.

Mudança profissional- Ao deixar o pais há dois meses, Gretchen afirmou que estava deixando a carreira artística para trás e que estava na hora de cuidar da vida e da família. Já em Orlando, recebeu o convite de uma amiga para trabalhar no café e mostrou-se bastante animada com a novidade. “Achei ótimo. Estou curtindo muito e achando o máximo trabalhar com o público de uma forma diferente”.

Solteira, após o fim de seu 14º casamento, Gretchen afirmou que não está preocupada em encontrar um novo namorado. “Estou curtindo uma vida que nunca tive. Tenho orgulho de trabalhar como garçonete. Ser garçonete não é vergonha para ninguém”.

Gretchen em seu novo trabalho em orlando, o Netto's Cafe, restaurante direcionado ao público brasileiro

Gretchen em seu novo trabalho em orlando, o Netto's Cafe, restaurante direcionado ao público brasileiro


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.