Política

Falta de gestão afeta população de Bom Jardim

images

Prefeita Malrinete

A prefeita de Bom Jardim, Malrinete dos Santos Matos, parece não se importar nem um pouco com os problemas do municipio, muito menos com as críticas e os comentários negativos da sua gestão.

Enquanto a situação no município piora dia após dia, o dinheiro continua a cair regularmente nas contas da prefeitura, mas falta gestão pública.

Só o Governo do Estado, repassou R$ 334.569,34  ao Fundo Municipal de Saúde, nos meses de fevereiro de abril deste ano. Os recursos foram destinados para a assistência de média e alta complexidade, farmácia básica, e financiamento do Centro de Atenção Psicossocial. Os valores pagos variaram entre R$ 15.786,04 e R$ 97.982,15.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Imperatriz recebe mais de R$ 2,2 milhões do Estado, mas saúde continua precária

Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão, é um Município privilegiado e muito bem abastecido por verbas estaduais e federais. No entanto, a população padece com a precariedade dos setores básicos, principalmente na área da saúde; o que revolta ainda mais, pois o prefeito Sebastião Madeira e a secretária de Saúde, primeira-dama do Município, Conceição Andrade, são médicos.

As condições precárias dos serviços médicos são totalmente neglicenciados pelo casal, o que prejudica o atendimento nas unidades de saúde, comprometendo o estado clínico dos pacientes. A população que depende dos serviços públicos está à mercê da própria sorte. Sebastião e Conceição Madeira agem em prol dos seus próprios interesses.

Para abastecer, ainda mais, as contas da prefeitura, o Governo do Estado transferiu a rica quantia de R$ 2.265.502,39 ao Fundo Municipal de Saúde de Imperatriz, para atender o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e a Farmácia Básica.

Os valores, que variaram entre R$ 148.367,11 e R$ 1.199.571,75, foram pagos nos meses de março e abril deste ano. Só no último dia 22, foram repassados R$ 1.446.848,60. Infelizmente, é muito dinheiro nas mãos de quem não o sabe administrar em prol da população.

No mês passado, o Blog divulgou uma matéria sobre as irregularidades na pasta da Saúde de Imperatriz, constatadas pela Controladoria-Geral da União (Reveja). O órgão apontou um rombo superior a R$ 11 milhões, em decorrência das fraudes contratuais.

1

2


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Matões e apenas R$ 44 mil…

presidente-da-embratur-flavio-dino-e-a-prefeita-suely-pereira-76210

Flávio Dino e Suely Pereira

A prefeita de Matões, Suely Pereira, aliada do governador Flávio Dino, foi agraciada com verbas estaduais extras. No entanto, ela foi enxergada com miopia por duas vezes nesse mês, nos repasses do Fundo Estadual.

Suley, ou melhor, o Fundo Municipal de Saúde de Matões recebeu apenas R$ 44.803,64 em 2016.

A primeira parcela,R$ 12.801,04, foi paga no dia 8 de abril e a segunda, R$ 32.002,60, no dia 22. A princípio, os recursos foram destinados à assistência farmacêutica básica, referentes aos meses de agosto a dezembro de 2015 e janeiro a março de 2016.

Enquanto Caxias e Dom Pedro receberam cifras milionárias, a cidade de Matões, do deputado federal Rubens Júnior (PCdoB), não passou de apenas R$ 44 mil…

1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.