Poder

Promotor e advogado vão aos tapas em sessão; veja o vídeo

Um caso inusitado aconteceu durante a realização da sessão que iria julgar o réu acusado de homicídio.

O advogado e o promotor do caso, foram aos tapas durante a sessão, no 3º Tribunal do Júri de São Paulo. As agressões físicas e verbais chegaram a durar quase dois minutos. Clique e Veja abaixo o escândalo:

Na gravação, feita no dia, 22, deste mês, não é possível ver se o defensor Cláudio Márcio de Oliveira também bateu no promotor Fernando Albuquerque Soares de Souza porque as imagens estão focadas apenas no réu.

A juíza Patrícia Inigo Funes e Silva suspendeu a sessão alegando agressões físicas e verbais.

O defensor respondeu dizendo que não estava ali para agradá-lo, mas para defender seu cliente, o réu Andrade.

A partir de então, começou a troca de xingamentos:

“O senhor é um bandido. O senhor defende o PCC”, afirmou o promotor. Ao que o advogado rebateu: “O senhor que é um bandido”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.