Poder

Falta de equipamentos do SAMU compromete atendimento em São Luís

A Controladoria-Geral da União (CGU), por meio de auditoria, identificou a ausência de materiais e equipamentos no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de São Luís; o que compromete a prestação de serviços às vítimas que dependem do atendimento realizado por meio das ambulâncias e motolâncias.

Durante a vistoria nos veículos,não foram localizados: fitas para isolamento de áreas e frasco do aspirador portátil. A equipe da CGU também verificou a não utilização de duas motolâncias por falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Um verdadeiro absurdo e prejuízo à população que precisa da prestação de serviço de urgência.

Os trabalhos de campo foram realizados no período compreendido entre 1º e 12 de setembro de 2014. As análises só confirmam a má gerência do prefeito Edivaldo Holanda Júnior e da secretária Municipal de Saúde, Helena Duailibe.

a


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.