Crime

Prefeito contrata falso médico para atender em São José dos Basílios

Receita dada pelo falso médico.

Receita dada pelo falso médico.

Encaminhamento do falso médico.

Encaminhamento do falso médico.

O prefeito do município de São João dos Basílios está sendo acusado através da Câmara de Vereadores juntamente com
membros de entidades do Movimento Popular local, de contratar uma pessoa que se faz passar por médico, a serviço do município.

O homem conhecido apenas como Camilo, de sotaque castelhano ou espanhol, não teria registro no Conselho Regional de Medicina. O mesmo estaria atendendo no Hospital ou Posto avançado do município e comandando uma equipe de PSF.

A denúncia foi protocolada na Promotoria de Presidente Dutra, da qual Dra. Ilma Paiva responde pela comarca. O falso médico passa as receitas, conforme imagens publicadas acima.

Aao ser questionada sobre o caso, a secretária de Saúde, Sidileila Riograndense, alegou que Camilo é médico, porém, não está legalizado ainda, mas atua no município desde o início da gestão de seu pai, Chico Riograndense.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Preso falso médico no município de Mirinzal

Sandro Alex Mendonça Belford: o falso medico

Sandro Alex Mendonça Belford: o falso medico

Policiais militares da 4ª Companhia de Policiamento Militar de Mirinzal, sob o comando do capitão Benilton Menezes, prenderam em flagrante delito, na última quinta-feira (24), Sandro Alex Mendonça Belford, suspeito de cometer crime de estelionato na cidade de Cururupu, a 431 Km de São Luís.

De acordo com informações policiais, Sandro Alex foi preso em um ponto de ônibus, no município de Mirinzal, tentando evadir-se para a cidade de Viana, de onde é natural. Segundo o capitão Benilton, a prisão do estelionatário somente foi possível após uma denúncia, repassada via rádio pela delegacia de Polícia Civil de Cururupu, informando que o indivíduo havia praticado vários golpes se passando por um médico recém-formado.

Conforme explicou Benilton, o criminoso chegou à cidade e se instalou em um hotel afirmando que teria a formação de médico. Logo de início, pediu emprestado à recepcionista do estabelecimento a quantia de R$ 40,00. Saiu após três dias, depois de consumir produtos, sem pagar a conta equivalente a R$ 250,00.

O fato motivou o proprietário do hotel a denunciá-lo à polícia. No momento da abordagem policial, foi encontrada com o acusado a quantia de R$ 412,00.

Ao ser encontrado, Sandro Alex Mendonça negou a autoria dos golpes, porém, após ser reconhecido pela vitima, confessou o golpe no hotel Arco-Íris, e disse que, além deste, havia aplicado outros em um moto-taxista, um taxista e em uma dona de lanchonete na rodoviária da cidade de Cururupu. Também pegou dinheiro de outras pessoas não identificadas que contribuíram com a falsa formatura.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.