Crime

Justiça decreta prisão de jovens acusados de estupro

Foi decretado pela Justiça do Maranhão a prisão preventiva dos acusados de estuprar a jovem de apenas 15 anos que saia do Colégio Paulo VI, no bairro Cidade Operária em São Luís.

Segundo informações, a Polícia Civil já está na busca para prender os acusados de cometer o crime de abuso sexual contra a menor.

Os participantes do ato criminoso residem no bairro Ipem São Cristóvão, um dos jovens é conhecido por Tayrone.

Entenda o Caso

A família da jovem de 15 anos estudante da 6ª Série do Colégio Paulo VI, na Cidade Operária, denunciaram na Delegacia Especial da Cidade Operária (Decop), e ao Ministério Público após a estudante ser estuprada.

O estupro foi filmado e divulgado na internet por três jovens que são os mesmos acusados de cometer o crime.

Segundo relatos, o ato sexual ocorreu no dia 4 de setembro. A jovem abusada detalhou que foi sequestrada na porta da escola Paulo 6º, levada para casa de um dos jovens conhecido por Tayrone. Após ingerir bebida alcoólica, a de menor ficou inconsciente e foi estuprada por três rapazes.

A  menor de idade  foi abordada na porta da escola e levada em Corsa Classic, que segundo informações é de propriedade de Tayrone, morador do bairro Ipem São Cristóvão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.