Judiciário

Desembargador Bayma também se recusa a prender envolvidos em corrupção

Desembargador Bayma desiste de julgar processo de envolvidos em corrupção em Anajatuba

Desembargador Bayma desiste de julgar processo de envolvidos em corrupção em Anajatuba

O desembargador da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão, Antônio Fernando Bayma Araújo, também se recusou a julgar o inquérito que pede a prisão dos membros de uma organização criminosa, acusada de desviar quase R$ 14 milhões dos cofres públicos em Anajatuba.

Tudo indicava que o processo seria julgado assim que chegasse às mãos de Bayma, dado o afastamento do também desembargador Raimundo Nonato Magalhães Melo, que ficou sob a suspeita do Ministério Público do Maranhão (MPMA).

Na última semana o Ministério Público divulgou o nome dos 27 envolvidos no esquema de corrupção, que envolvem o atual prefeito da cidade, Helder Aragão, vereadores e empresários, além do ex-presidente da Assembleia, Carlos Braide.

As investigações sobre as fraudes em licitações e o uso de empresas fantasmas para os desvios de verba, tiveram início em setembro do ano passado e agora andam a passos de tartaruga…


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Bomba! Nota fiscal fria mostra “elo” do primo de Edivaldo Holanda no esquema de prefeituras

A nota fiscal que o Blog do Neto Ferreira revela abaixo é da empresa RR Empreendimentos e Serviços Ltda., de propriedade de Rafael Holanda, que vem a ser primo legitimo de Edivaldo Holanda Júnior, prefeito de São Luís.

O documento é frio e foi usado para pagamento de prestação de serviço de limpeza pública, coleta, afastamento de lixo e operação do destino final, pela Prefeitura de Anajatuba e a empresa coletora de resíduos sólidos.

A investigação da Polícia Federal descobriu, através de depoimentos colhidos, a participação de uma segunda pessoa de nome Fabiano Bezerra operando ilicitamente com a RR – sede na cidade da Raposa -, para ganhar contratos com prefeituras, além de outras empresas que ele possui tentáculos.

A nota fiscal exibida refere-se ao contrato estratosférico de R$ 1.572,000,00 (um milhão, quinhentos e setenta e dois mil reais), firmado no dia 14 de março e estaria sendo utilizado para sustentando um esquema criminoso.

O blog do Neto Ferreira tomou conhecimento de contratos da empresa RR Empreendimentos e Serviços com outras prefeituras, a exemplo de Trizidela do Vale. Aguardem a próxima publicação.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.