Crime

Diretor de escola sofre tentativa de homicídio em São Luís

O diretor adjunto da UEB Gomes de Souza foi vítima de uma tentativa de homicídio no início da tarde desta terça-feira (31). O diretor chama Luciano Farias de Jesus e a escola municipal fica no bairro Vila Maranhão, em São Luís.

De acordo com a polícia militar, Luciano estava chegando na escola quando um homem o atacou e desferiu vários golpes de facão que atingiram o braço e a cabeça. O diretor adjunto foi levado para o hospital Socorrão 1, mas não estaria correndo risco de vida.

A escola não estava funcionando no momento do crime, mas seria reaberto a partir desta quarta (31). A polícia procura pelo autor da tentativa de homicídio, que seria o marido de uma funcionária que trabalha para uma empresa terceirizada na escola.

“Foi o marido de uma funcionária que estava com ciúmes do diretor, que brincava muito com ela. Como todos os dias ele deixava ela na escola e hoje se encontrou com o diretor, pegou um facão e cometeu o crime. O acusado já responde por um homicídio e está em uma condicional. Estamos diligenciando para capturar ele”, informou o major Cláudio André, comandante do batalhão de polícia responsável pela região.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

11 alunos ficaram feridos durante acidente em escola, em São Luís

O secretário de Educação de São Luís, Moacir Feitosa, falou sobre o acidente registrado na tarde dessa quarta-feira (22), na UEB Santa Clara, no bairro Santa Clara, em São Luís, na área da quadra poliesportiva da escola. Segundo o gestor, 11 crianças se feriram, mas nenhuma com gravidade.

Quatro crianças foram para o Hospital Clementino Moura (Socorrão II) e outros sete foram encaminhadas para o Hospital Djalma Marques (Socorrão I) e Hospital da Criança.

“Somente uma criança teve uma contusão maior, que foi um corte na cabeça. Ela recebeu pontos na área atingida, foi medicada e já está em casa. As demais, passaram por exames e nelas apenas escoriações leves foram constatadas”, disse Moacir Feitosa.

O secretário disse que a estrutura que cedeu foi uma proteção colocada próximo à quadra para evitar, no período chuvoso, que a quadra fique molhada.

“A quadra na lateral tem uma proteção, e esse material cedeu no momento que as crianças estavam brincando no pátio da escola. Não foi nem o alambrado da quadra, foi uma proteção que tinha para proteger contra chuva”, concluiu.
A área ficará isolada, mas o secretário confirmou que isso não afetará as aulas, segundo Feitosa.

Na tarde dessa quarta, logo após o acidente, pais e alunos reclamaram bastante da estrutura da escola, que em 2015 foi alvo de bandidos que atacaram o prédio e incendiaram três salas. A Prefeitura de São Luís informou que fez reformas na parte interna do prédio.

G1,MA


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Escola recém-inaugurada com verba federal desaba em Barreirinhas

Escola desabou por péssimas condições de infraestrutura.

Escola desabou por péssimas condições de infraestrutura.

A Polícia Federal do Maranhão deve instaurar inquérito para investigar a utilização da verba pública usada para construção de uma escola que beneficiaria dezenas de crianças do povoado Axixá, localizado em Barreirinhas.

O prefeito da cidade turística, Léo Costa (PDT), inaugurou a escola no dia 11 do mês passado. Ocorre que o centro educacional desabou neste sábado (01), em menos de um 1 mês que foi erguida e apresentada para população como um bem feito.

De acordo com levantamento feito pelo Blog do Neto Ferreira, a obra foi financiamento através de emenda parlamentar, mas não se sabe de qual deputado.

A irresponsabilidade do gestão foi tão grande que poderia levar várias crianças à óbito. Felizmente não havia aula quando desabou a escola.

Prefeito Léo Costa discursando no dia da inauguração.

Prefeito Léo Costa discursando no dia da inauguração.

Escola no dia da inauguração.

Escola no dia da inauguração.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.