Política

Flávio Dino deixa Embratur

Flávio Dino.

Flávio Dino.

O Diário Oficial da União publicou na manhã desta sexta-feira (14), a saída de Flávio Dino da presidência da Embratur, atendendo pedido feito à Presidência da República para se dedicar a campanha eleitoral.

Dino esteve com o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, quando solicitou sua saída para se dedicar ao debate político e programático para o seu estado de origem.

Cerca de 2 anos e nove meses após sua posse, Dino deixa o órgão do Governo Federal responsável pela promoção turística do Brasil no exterior.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

PF investiga golpe em nome da Embratur

O presidente da Embratur, Flávio Dino,

O presidente da Embratur, Flávio Dino,

A Polícia Federal abriu inquérito para investigar suposta tentativa de estelionato envolvendo o nome do presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), Flávio Dino. O alerta ocorreu no final de março quando a direção da Brava Linhas Aéreas entrou em contato com a presidência da Embratur para confirmar endereço eletrônico e os telefones de Flávio Dino e relatou uma suposta solicitação de dinheiro para pagar dois ônibus que sairiam do Maranhão para um evento com a participação do Papa Francisco.

O pedido foi feito em nome de Flávio Dino, que é maranhense. O homem que se identificava como o próprio presidente da Embratur também telefonou pedindo ajuda financeira aos presidente das associações de hotelaria do Rio Grande do Sul, Paraná e Bahia. Até agora a PF não tem pista do suspeito. (Coluna Felipe Patury/Leonel Rocha)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

‘Embratur está largada às baratas’, diz Escórcio sobre Flávio Dino

Deputado Chiquinho Escórcio.

Deputado Chiquinho Escórcio.

Ao mencionar reportagem da Globo sobre o déficit no turismo brasileiro, em discurso no Plenário da Câmara dos Deputados, o deputado federal Francisco Escórcio (PMDB-MA) vem alertando que o presidente da Embratur,
Flávio Dino, em vez de cuidar do turismo no Brasil, fica fazendo política no Maranhão.

“Ele sai daqui na quarta, na quinta, na sexta, no sábado e abandona a Embratur. É preciso que o Palácio do Planalto saiba disso. Ou o Brasil todo não sabe que a Embratur está largada às baratas? Este é o Chiquinho, tem que dizer, colocar a boca no trombone. O Brasil está carente de um administrador para a Embratur. É maranhense? É. Está errado? Está. Pega pau*”, disse Chiquinho. Confira abaixo o discurso de Chiquinho Escórcio:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Flávio Dino faz balanço das ações da Embratur

Flávio Dino.

Flávio Dino.

Na ocasião dos 500 dias para a abertura dos jogos da Copa do Mundo em 2014, o presidente da Embratur, Flávio Dino, fez um balanço das ações promovidas para a divulgação do Brasil no exterior e ressaltou o planejamento feito pelo instituto para fortalecer a vinda de estrangeiros para o país. A entrevista foi concedida ao Portal da Copa.

Os números e as expectativas para os grandes eventos que acontecerão no Brasil a partir de 2013 trazem grandes oportunidades de manutenção de grande quantidade de turistas para o Brasil. Em 2013, a Jornada Mundial da Juventude (evento que reúne milhões jovens cristãos de todo o mundo) e a Copa das Confederações serão o ponto de partida para solidificar uma imagem positiva do Brasil nos turistas vindos de outros países.

Segundo Flávio Dino, o momento é de garantir o sucesso de todos esses eventos para que os turistas que vierem pela primeira vez ao Brasil levem boas referências do país para seus locais de origem.

“A nossa preocupação principal é garantir que a Copa do Mundo seja um sucesso do ponto de vista turístico. Isso significa não apenas garantir a presença dos 600 mil turistas estrangeiros projetados, como também garantir que este ciclo de crescimento do turismo internacional no Brasil vá além da Copa. O investimento que estamos fazendo é para mostrar os preparativos do Brasil e demonstrar que estamos aptos a sediar a Copa do Mundo com êxito. Ao mesmo tempo, buscamos dialogar com os operadores de turismo, mostrando as oportunidades de negócios que a Copa traz e apresentando os atrativos turísticos do Brasil,” disse Flávio Dino.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Por qual motivo a política afetaria o trabalho de Flávio Dino na Embratur?

Flávio Dino, presidente da Embratur

Flávio Dino, presidente da Embratur

É de fato as discordâncias políticas do ex-deputado federal e atual presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB). Dino um dos principais adversário ferrenhos da família Sarney na política maranhense, simplesmente deu uma alfinetada em Sarney e no novo substituto do ex-ministro do Turismo Pedro Novais (PMDB), Gastão Vieira (PMDB).

O presidente da Embratur, Flavio Dino, comentou após a realização da posse de Gastão Vieira, novo ministro do Turismo, que “as especificidades da política no Maranhão não irão de forma alguma atrapalhar ao trabalho desenvolvido entre o órgão e Gastão Vieira. Será ?

O novo ministro do Turismo, Gastão Vieira, que tem um histórico político e pessoal de total ligação ao presidente do Senado Federal, José Sarney (PMDB), Fernando Sarney além da governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), que é declaradamente rival política do presidente da Embratur, Flávio Dino.

Flávio Dino chegou a afirmar coisas de tal forma como se isso fosse algo pessoal, ou melhor, indicação de Sarney. “sou de fato adversário político do grupo Sarney. Porém, temos uma base de apoio a presidente Dilma Rousseff e o Partido do Movimento Democrático Brasileiro, PMDB, também tem participação nessa base”.

Ao analisar todo o contexto, se percebe o desgosto do presidente da Embratur, Flávio Dino, e receio de represálias por parte do ministro. De fato, a Pasta do Turismo ainda pertence a Famiglia Sarney.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.