Poder

Hernando Macedo realiza mais uma ação contra Catarata em Dom Pedro

Médico Francisco Junior em atendimento.

Médico Francisco Junior em atendimento.

A Secretaria de Saúde do Município de Dom Pedro tem intensificado as ações contra as doenças da visão, a mais comum delas, a catarata, que é a maior causa de cegueira tratável no mundo. A Doença afeta milhões de brasileiros e consiste na opacificação do cristalino, a lente natural do olho, o cristalino que normalmente é incolor perde a transparência com o passar dos anos e pode levar a completa cegueira se não tratada a tempo.

Levando em conta os riscos e a gravidade da doença a Secretaria de Saúde realizou na última quarta feira mais um mutirão para atender a população que sofre com doenças da visão. Foram atendidos cerca de 100 pacientes e identificados 10 novos casos da doença.

Para o Médico oftalmologista Francisco Junior, a ação do município é de estrema importância, “quanto antes identificarmos os casos, mais sucesso no tratamento teremos, atendemos hoje pessoas de todas as idades, os casos mais críticos estão nos idosos que se recusam a tratar a doença já algum tempo, achando que podem resolver com uso diário de medicamentos.” Relata o Médico Francisco Junior, responsável clinico pelo evento.

Para o Secretário de Saúde Sandro Monteiro, ações como essa possibilitam acesso a informação e tratamento, “recebemos pacientes que necessitam do uso de lentes corretivas e nunca se atentaram para isso, eventos como esse são também preventivos, quando o médico indica ao paciente ações simples como evitar exposição ao sol e uso de lentes corretivas para leitura ele evita problemas graves no futuro” Destaca Sandro Monteiro.

Outras ações informativas, preventivas e de tratamento estão sendo desenvolvidas pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde de Dom Pedro, segundo o Prefeito Hernando Macedo, mesmo com recursos escassos a saúde é prioridade em nossa cidade, “temos feito esforços diários para manter em bom funcionamento não só o Hospital Municipal, mas também, a Farmácia Básica, Ceo, Caps e outros órgãos de fundamental importância para a saúde da nossa população”. Disse Hernando Macedo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Imperdível! Chiclete com Banana em Dom Pedro

A Cidade de Dom Pedro a 300km de São Luis, se prepara para receber a maior banda de axé do país, dias 21 e 22 de Dezembro acontece na cidade o tradicional Dom Pedro Folia, tendo como principal atração a banda Chiclete com Banana, além do sucesso já consagrado a expectativa da apresentação gira em torno da estrela do grupo, o vocalista Bell Marques, que anunciou a alguns meses sua saída da banda após o carnaval de 2014 e destacou que sua última apresentação no Maranhão será na cidade de Dom Pedro.

O Evento será realizado por uma empresa especializada em grandes festas e tem o apoio da Prefeitura do Município que garante que a cidade só tem a ganhar com o evento, “acreditamos no evento, nossa região desenvolveu sua estrutura com o movimento do gás natural, temos condições de receber um grande numero de foliões de outras cidades e regiões, o vento vai atrair renda e oportunidades temporárias de trabalho, o que queremos é mostrar que nossa cidade sabe e vai receber bem, fazendo uma grande festa, com segurança e a qualidade que os nossos turistas e os dom-pedrenses merecem.” Destaca o prefeito Hernando Macedo.

Além da Banda Chiclete com Banana a festa vai contar ainda com as Eletricaz, Oito7Nove4, grupo formado pelos filhos do cantor Bell Marques e ainda as atrações locais PP e Sambauê, Stanley e Cristian e ainda The Vish. Os abadás e camarotes podem ser adquiridos nas sedes do bloco Curtição em Dom Pedro e Teresina.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

De novo! Ex-prefeita de Dom Pedro é acionada na Justiça e pode perder direitos políticos

A ex-prefeita Maria Arlene Barros Costa

A ex-prefeita Maria Arlene Barros Costa

As irregularidades na prestação de contas e execução de um convênio firmado, em 2010, pela Prefeitura de Dom Pedro com a Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento (Secid) para construção de 100 casas populares motivou o Ministério Público a acionar judicialmente, no dia 6 de setembro, a ex-prefeita Maria Arlene Barros Costa por improbidade administrativa.

Na Ação Civil Pública, o promotor de justiça Luis Eduardo Souza e Silva denuncia que o Convênio nº 22/2010, no valor de R$ 655.813 mil, fazia parte do Programa Viva Casa do governo do Maranhão. As casas deveriam ser construídas de alvenaria e cobertas de telha para substituir as habitações de taipa e palha.

Ao investigar o convênio, o MPMA constatou que a prestação de contas está irregular, pois a ex-prefeita não apresentou os documentos necessários para análise do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Além disso, nenhuma casa foi construída.

Por conta das ilegalidades, o promotor pediu à Justiça que determine o ressarcimento integral do dano causado aos cofres públicos, no valor de  R$ 655.813 mil, a ser pago por Maria Arlene Costa. Também foi solicitada a indisponibilidade dos bens da ex-gestora para garantir o pagamento dos valores desviados; suspensão dos direitos políticos de oito a dez anos; proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios, incentivos fiscais ou creditícios, pelo prazo de dez anos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Ex-prefeita de Dom Pedro é acionada por irregularidades em prestações de contas

Maria Arlene Barros Costa.

Maria Arlene Barros Costa.

A Promotoria de Justiça da Comarca de Dom Pedro ingressou com ações civis públicas e denúncias contra dois ex-gestores do município, Maria Arlene Barros Costa e José de Ribamar da Costa Filho. Nos dois casos, as ações baseiam-se em irregularidades apontadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) nas prestações de contas do município.

Maria Arlene Barros Costa não apresentou ao TCE a prestação de contas do município referente ao exercício de 2012, obrigação prevista na Constituição Federal e na Constituição do Estado do Maranhão. Além disso, a prestação de contas também não foi disponibilizada à consulta pública, conforme determina a Lei de Responsabilidade Fiscal.

De acordo com o promotor de justiça Luis Eduardo Souza e Silva, os atos da ex-prefeita afrontam os princípios constitucionais da publicidade, eficiência e legalidade na administração pública, constituindo ato de improbidade administrativa. As penalidades possíveis são perda da função pública, suspensão de direitos políticos de três a cinco anos, pagamento de multa de até 100 vezes a remuneração recebida no cargo de prefeita, além da proibição de contratar ou receber qualquer benefício do poder público pelo prazo de três anos.

A falta de prestação de contas também configura crime de responsabilidade, cuja pena é de reclusão por três meses a três anos. No processo, o Ministério Público abre a possibilidade de suspensão do processo por dois anos caso Maria Arlene Barros Costa apresente, em 30 dias, as contas do Município no exercício 2012; se comprometa a comparecer mensalmente perante à Justiça de Dom Pedro para informar e justificar suas atividades pelo prazo de quatro anos; e preste serviços a entidade social no município. A suspensão do processo só será possível se a ex-gestora não estiver sendo processada ou tenha sido condenada por nenhum outro crime.

APROPRIAÇÃO INDÉBITA

O ex-prefeito José de Ribamar Costa Filho também é alvo de uma ação civil pública e uma denúncia por parte do Ministério Público. As irregularidades apontadas pelo TCE referem-se à prestação de contas do exercício financeiro de 2008. O tribunal verificou a ausência de vários documentos, impossibilitando a correta análise das contas e de possíveis desvios de recursos públicos.

Não foram prestadas contas, por exemplo, dos recursos recebidos para o Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS), no valor de R$ 364.345,50. O ex-gestor foi condenado pelo TCE a devolver o valor apropriado indevidamente aos cofres municipais e ao pagamento de multa de R$ 92.869,10 ao Estado do Maranhão.

Os valores estão sendo cobrados pelo Ministério Público na ação civil pública, na qual é pedida a imediata indisponibilidade dos bens de José de Ribamar Costa Filho. O Ministério Público também pede a condenação do ex-prefeito por improbidade administrativa, estando sujeito ao ressarcimento do dano causado ao erário, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos por três a cinco anos, pagamento de multa de até 100 vezes o valor do dano e proibição de contratar ou receber qualquer benefício público por três anos. Pelo crime de responsabilidade, com apropriação indevida de recursos públicos, a pena prevista é de reclusão de dois a doze anos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Ex- vereador é executado a tiros em Dom Pedro

vereador-de-dom-pedroFoi assassinado por volta das 06:00h da manhã desta sexta-feira (12). Diogo Gomes de Freitas de 54 anos. O ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Dom Pedro, que fica a 255 km de São Luís, foi alvejado por três tiros.

Segundo o Delegado Otavio Chaves, da Delegacia de Dom Pedro, o ex-parlamentar, foi atingido por três tiros disparados por dois homens que estavam em uma moto de cor preta, no momento em que chegava a um açougue localizado nas proximidades do Posto São Francisco na Avenida Gonçalves Dias. Diogo Freitas era casado com a vereadora Edilma Diogo-PMN de Dom Pedro.

Depois de praticarem o assassinato, pistoleiros cortaram e levaram um pedaço da orelha de Diogo. Em pouco tempo, uma multidão se formou em torno do corpo de ex-vereador que logo foi retirado do local do crime. A polícia ainda não tem pista dos assassinos, dos supostos mandantes e nem os motivos que levaram à morte de Diogo.

Com informações do Portal iDifusora.com


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Esportes

O Sucesso dos Jogos Escolares em Dom Pedro

Dom Pedro deu um show no esporte, os Jogos Escolares Dompredense foram uma verdadeira festa, milhares de pessoas entre alunos e comunidade acompanharam o desfile da tocha olímpica que abriu oficialmente o evento com o acendimento da Pira Olímpica pelo ex-atleta e professor Armando da Conceição, diretor da Escola Kolping.

Durante seis dias a cidade respirou esporte, a primeira edição dos jogos contou com as seguintes modalidades, futsal, atletismo e damas nas categorias infantil e infanto juvenil. Centenas de atletas das escolas municipais, estaduais e particulares participaram do evento com o objetivo de classificarem-se para a edição estadual, os JEMS.

Os alunos e equipes classificadas irão representar a cidade de Dom Pedro de 12 a 19.07 em Presidente Dutra na edição regional dos jogos, em setembro e outubro em São Luis na edição Estadual.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Prefeito de Dom Pedro faz a festa da criançada

O prefeito de Dom Pedro, Hernando Macedo (PCdoB), participou das comemorações da Páscoa nas escolas da rede municipal de ensino. Após percorrer várias unidades, ele se disse impressionado com a capacidade criativa dos alunos, que elaboraram peças alusivas à data.

“Fiquei impressionado com o que essas crianças conseguiram fazer em duas semanas. Os professores e todos que fazem a escola estão de parabéns, é essa educação que queremos. Fiquei feliz em ver a presença dos pais, é muito importante que a comunidade participe da escola”, disse.

As escolas prepararam uma programação com peças teatrais, brincadeiras e palestras. Vários pais estiveram presentes e também se disseram felizes em ver que as crianças estão desenvolvendo atividades que ultrapassam a sala de aula.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.