Crime

Quadrilha que desviou milhões do Univima deixa a cadeia

Os cinco presos por desvio de R$ 34 milhões do Univima foram soltos pela polícia. Segundo informações, o prazo dos dois pedidos de prisão temporárias expirou.

Fontes revelam que os investigadores do esquema aguardam as ordens de pagamento para saber se existem assinaturas falsas.

A megaoperação batizada “Cayenne” realizada pela Polícia Civil prendeu no fim de maio ex-ordenadores de despesas do Univima. Eles são empresários e ex-ordenadores de despesas que operavam no esquema montado pela organização criminosa.

Os ordenadores realizavam pagamentos a empresas fantasmas. Uma das empresas não possuía nenhum contrato com a Univima.

Há três dias, uma foto do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alves, abraçando a família junto com o empresário preso na operação, Francisco José Silva Ferreira, o Chico Tricolor, gerou estardalhaço. A foto revelou que o coronel possui um certo grau de intimidade com o investigado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.