Maranhão

Trem de pouso e parte da asa de ultraleve são localizados

Sem título

Uma operação iniciada ontem, culminou na madrugada desta sexta-feira, na localização de mais uma parte do ultraleve PU-VCL utilizado pelos advogados José do Vale Filho e Júlio César de Moraes, que estão desaparecidos desde terça-feira, dia 09.

Por volta das 3h de hoje, uma equipe do Corpo de Bombeiros, formada por dez homens, localizou o trem de pouso dianteiro da aeronave em uma região de mangue, entre Estiva e o município de Bacabeira, onde estão sendo realizadas as buscas.

De acordo com o major Israel Lopes, o local é de difícil acesso, a área é alagada e com fortes correntezas. No momento, em que foi encontrado o trem de pouso, parte de uma das asa da aeronave também foi vista presa na vegetação de mangue. Entretanto, por causa das condições da região, não pode ser resgatada. Ainda não há sinal dos advogados desaparecidos. Uma nova incursão será feita na região a partir do meio-dia.

A peça encontrada foi levada para o grupamento do Corpo de Bombeiros e será encaminhada para a Aeronáutica onde será periciada por técnicos do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) do Pará, responsável pela investigação.

Na quarta-feira, dia 10, uma equipe da Força Aérea Brasileira (FAB), com apoio do CTA, conseguiu encontrar parte da cauda, entre Estiva e Bacabeira. As buscas estão sendo coordenadas pela FAB com o apoio do Corpo de Bombeiros, Capitania dos Portos do Maranhão, Centro Tático Aéreo (CTA), Polícia Militar e Polícia Civil.

Do Imparcial


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.