Poder

Creche vai custar mais de R$ 1,2 milhão em Santo Amaro do Maranhão

00169

Prefeita Luziane

A construção de apenas uma creche no Município de Santo Amaro do Maranhão vai custar a gigantesca quantia de R$ 1.208.925,98 (hum milhão, duzentos e oito mil, novecentos e vinte
e cinco reais e noventa e oito centavos).

A empresa detentora do contrato milionário é Mega Serviços de Construção e Comércio. O acordo gordo foi firmado no dia 29 de fevereiro deste ano; e foi a prefeita do Município, Luziane Lopes Rodrigues Lisboa, quem assinou o documento.

De acordo com o extrato do contrato, publicado no Diário Oficial do Maranhão, o prazo para a execução da obra é de 240 dias. A creche vai ser construída no Bairro Alto Formoso, e deve seguir o padrão tipo 1 do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Esse tipo de projeto de educação infantil atende 188 alunos, em turno integral, e pode ser implantado em terreno com dimensões mínimas de 40m x 60m.

santo

1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de Mirador recebe verba, mas não entrega obra federal

Diversas crianças que vivem no município de Mirador, interior do Maranhão, aguardam ansiosos a conclusão da escola creche de educação infantil que deveriam ter sido engregue, depois da liberação de verba do Programa Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, do governo federal.

O sonho e desejo de ter acesso à educação virou pesadelo diante do atraso no que já deveriam estar concluídas, conforme mostra abaixo a placa do inicio e termino da obra que beneficiaria a população. A obra começou a ser construída em 2010 e o convênio nº702516/2010.

Na creche Proinfância tipo B, foi anunciado com capacidade para 250 crianças de 6 a 3 anos. Ocorre que já se passaram cinco anos e as autoridades competentes não dão nenhuma posição referente à data de entrega.

Os detalhes do convênio comprovam que 100 porcento dos recursos foram liberados para a construção. O que dá a entender que este não seria o motivo pela demora.

O Ministério Público Federal deve questionar a Prefeitura de Mirador para saber como foram gastos as verbas federais.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.