Poder

Pré-candidatos fora do páreo em São Luís

A corrida eleitoral deste ano para a Prefeitura de São Luís já começou a mudar de cenário e ganhar mais consistência.

No início, vários pré-candidatos estavam entusiasmados com a possibilidade de se tornar prefeito da capital maranhense, no entanto alianças e apoios políticos não se consolidaram e as coisas tiveram que se acalmar.

Entre eles estão os vereadores Rose Sales (PMB) e Fábio Câmara (PMDB), o deputado federal João Castelo (PSDB), o secretário de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista (PSDB) e o deputado estadual, Bira do Pindaré (PSB).

Todos já são considerados fora do páreo.

Rose Sales tentou viabilizar a sua candidatura pelo PT, mas não deu certo. Se filiou ao PV, e em seguida foi para o Partido da Mulher Brasileira, o que de fato inviabilizou de vez a entrada da vereadora na disputa eleitoral.

O deputado federal João Castelo preferiu abdicar da sua pré-candidatura, a ter que fazer uma coalizão com o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, e desse modo apoiará a deputada federal Eliziane Gama com o intuito de colocar a sua filha como vice da chapa.

O secretário de Desenvolvimento Social foi rifado pelo PSDB, pois não tinha nem 5% dos votos dos eleitores da capital maranhense, segundo pesquisas eleitorais.

Já o deputado Bira do Pindaré está enfrentando uma crise política dentro do PSB, uma vez que o ex-presidente do diretório estadual, Roberto Rocha, resiste à sua candidatura a prefeito de São Luís.

E o vereador Fábio Câmara, que entrou com todo gás na disputa, não conseguiu nem 8% das intenções de votos nas pesquisas, o que é um fator preponderante para confirmar a sua candidatura.

Porém, outros se sobressaíram e estão ganhando, cada vez mais, espaços dentro do ambiente político municipal e tem grandes chances de conseguir ganhar a disputa, como o deputado estadual, Wellington do Curso (PP), a deputada federal, Eliziane Gama (PPS), e o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que seguem firmes.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Edvaldo Holanda Júnior e as obras alheias

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

O ano de 2016 chegou e os ânimos políticos começam a se alterar, em especial na capital maranhense. A corrida eleitoral para a Prefeitura de São Luís já está se desenrolando e sendo desenhada passo a passo.

É notório o frisson causado nos bastidores da política em São Luís. De um lado, Edivaldo Holanda Júnior, o atual gestor, preocupado e desesperado com o rumo que a sua gestão tomou. Não se vê melhorias realizadas somente com recursos da administração municipal em São Luís.

As obras de infraestrutura divulgadas na mídia são comandadas pelo Governo do Estado, onde Edivaldo Holanda Júnior pega uma “carona”. A saúde está um caos, a educação nem se fala. Falta segurança, alunos e professores estão vulneráveis à violência que se alastrou pela capital; faltam escolas com estruturas físicas em condições adequadas para os estudantes e funcionários; faltam professores capacitados.

Até o momento, o atual prefeito de São Luís não disse para que veio, talvez está apenas a passeio ou se perdeu completamente no processo de administração da cidade.

Por outro lado, a vereadora Rose Sales e a deputada federal Eliziane Gama vêm com força total para essa disputa municipal. Alianças e parcerias políticas já estão sendo realizadas. As duas candidaturas ganham, cada vez mais, força e apoio no cenário ludovicense.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.